– Os primeiros efeitos em represália à Superliga da Europa.

A ECA (Associação dos Clubes Europeus, formada por 234 clubes), reuniu o conselho da entidade e destituiu seu próprio presidente, Andrea Agnelli (Juventus) pelo episódio da Superliga. No seu lugar assumirá Tamim bin Hamad al Thani Al-Khelaifi (PSG). O alemão Rummenigge (Bayern) entrará no lugar de Florentino Perez (Real Madrid) na cadeira de membro da ECA na UEFA.

Como se vê, quem ficou do lado da UEFA, ganhou em importância na instituição (embora, convenhamos, uma entidade mais representativa do que influente na prática de ações concretas). E os que promoveram a cizânia, foram afastados por seus pares.

Fonte: a própria instituição, em: https://www.ecaeurope.com/about-eca/membership/

ECA to Hold Special General Assembly - Football Legal

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.