– Análise Pré-Jogo da Arbitragem para Brasil x Suíça (Rodada 02 da Copa do Mundo Catar 2022).

Para o confronto entre o Escrete Canarinho e a Nationalmannschaft, arbitrará o seguinte octeto:

Árbitro: Iván Barto (El Salvador)
Bandeira 1: David Moran (El Salvador)
Bandeira 2: Zachari Zeegelaar (Suriname)
4º árbitro: Said Martinez (El Salvador)

VAR (árbitro de vídeo): Drew Fisher (Canadá)
AVAR 1 (bandeira de vídeo): Armando Villareal (EUA)
AVAR 2 (bandeira para impedimento no vídeo): Kathryn Nesbitt (EUA)
AVAR 3 (assistente p/ suporte): Fernando Guerreiro (México)

Iván Arcides Barton Cisneros, 31 anos, está há apenas 4 anos no quadro da FIFA. Na sua estreia na Copa do Mundo, apitou (muito bem) Alemanha 1×2 Japão. Foi o árbitro da Final da Liga dos Campeões da Concacaf (Pumas-MEX x Seatlle Sounders-EUA), e já apitou um jogo do Brasil nas Olimpíadas: no ano passado, na vitória por 4×2 contra a Alemanha (3 gols de Richarlison).

Dois detalhes:

1- o bandeira do Suriname, que certamente estará em seu “maior jogo da vida”.

2- o VAR canadense Drew Fisher, que no sábado não chamou Wilton Sampaio em Polônia x Arábia Saudita a fim de expulsar Cash, em um erro crasso (vide aqui: https://pergunteaoarbitro.wordpress.com/2022/11/26/que-sorte-cash/).

Imagem extraída de: Kai Pfaffenbach/Reuters

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.