– A estreia do Impedimento Semi-Automático na Copa do Mundo: como foi?

Com boa arbitragem de Daniele Orsato (ITA), o Equador venceu o Catar por 2×0.

O jogo?

Pela inocência dos anfitriões, fraquinho. Com um número excessivo de faltas (a maior parte por ingenuidade, e não maldade / intenção), tivemos 6 cartões amarelos (CAT 4X2 EQU). Mas o destaque foi o debute do Impedimento por IA, a “vedete” de Pierluigi Colina e Massimo Bussaca, os “homens-fortes” da FIFA para o apito (sobre o funcionamento dele, já abordamos em: https://wp.me/p4RTuC-I3p).

Logo no começo da partida, houve um gol anulado de Valência, após falha do goleiro Saad Alsheeb. Num primeiro momento, gol legal, com o assistente Alessandro Giallatini dando condição ao equatoriano. Com uma certa demora para a validação, chegou-se até a pensar em falta de Felix Torres, mas não foi nada disso: a precisão do sistema eletrônico percebeu o bico da chuteira de Estrada à frente da linha da bola e do penúltimo marcador, no lance anterior.

O problema foi: a demora para a confirmação por parte do VAR, fugindo dos 25 segundos desejados para a transmissão em 3D, no vídeo gerado pelo sistema eletrônico.

Entretanto, existiram outros lances de impedimento na partida e outras duas situações checadas pelo VAR, sem demora alguma (nem divulgação das imagens).

Creiamos que essa demora do gol anulado tenha sido exceção e que tudo transcorra bem. Torçamos por mais boas arbitragens.

Copa do Mundo: impedimento semiautomático anula gol do Equador contra o  Qatar; entenda a tecnologia

Foto: Divulgação/Fifa

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.