– E novas mudanças ocorreram na Arbitragem Brasileira! Boa, Seneme, que não pipocou.

Depois da entrada de Wilson Luís Seneme na chefia da Comissão de Árbitros da CBF, novas mudanças: Ednaldo Rodrigues, o presidente da entidade, demitiu mais gente. Entre eles, 3 nomes que há muito tempo estavam por lá:

1. Sérgio Corrêia da Silva, que foi presidente do Sindicato dos Árbitros de São Paulo, era funcionário da CBF desde os tempos de Ricardo Teixeira (passou por Marin, Cel Nunes e Caboclo), quando foi levado para trabalhar com Armando Marques. O substituiu depois do escândalo da Máfia do Apito, assumindo a presidência da CA. Quando foi demitido desse cargo, acabou permanecendo como empregado na Diretoria de Arbitragem, um cargo novo criado à epóca. Depois voltou a presidência da CBF, e acabou remanejado como chefe do VAR.

2. Coronel Marcos Marinho foi levado para a Comissão de Arbitragem por Del Nero. Foi presidente da CA, depois Diretor de Novos Talentos e transitou em diversas outras funções por lá.

3. Manoel Serapião era Diretor de Análise dos Árbitros, e me recordo muito bem que foi um dos homens ditos “responsáveis pelo VAR no mundo”. Quando começou a se falar de VAR, várias matérias da CBF o apontavam como o homem que viajou para Suíça e convenceu a entidade a usar o modelo brasileiro de árbitro de vídeo (nunca a FIFA confirmou isso). Porém, a FIFA implantou o VAR e o Brasil demorou anos para implantar o seu… fizemos até uma cronologia dos adiamentos e falhas: https://pergunteaoarbitro.wordpress.com/2017/08/18/a-insistente-mentira-do-arbitro-de-video-no-futebol-brasileiro-mudou-para-2019/

Enfim: especula-se que Seneme queria carta-branca para trabalhar, e via algumas coisas que não lhe agradavam (caso contrário, poderia até deixar a entidade). Aliás, após tantas queixas de arbitragem do último final de semana, pareceu-me que, de fato, o novo chefe quer gente da sua confiança e que seja subordinada a ele (e não ao contrário) dentro da entidade. Venceu algumas resistências e oxigenou a casa.

PARABÉNS, Seneme. Mudar de mentirinha, como tantas vezes vimos, não dá.

Sérgio Corrêa, era responsável pelo VAR e chegou a ser presidente da Comissão Nacional de Arbitragem — Foto: Reprodução SporTV

Imagem extraída de: https://ge.globo.com/futebol/noticia/2022/04/25/cbf-demite-nove-pessoas-da-comissao-de-arbitragem-entre-elas-responsavel-pelo-var.ghtml (Foto: Reprodução SporTV).

Um comentário sobre “– E novas mudanças ocorreram na Arbitragem Brasileira! Boa, Seneme, que não pipocou.

  1. Achei ótimo, aquilo era um cabide de emprego com
    gente que nunca entrou em um campo de futebol, esse coronel, esse acho que nem sabe o que é um apito. Beleza

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.