– O sofrimento cristão e o Socorro Divino.

Quem serve com alegria a Deus, muitas vezes é tentado a desanimar. Qual o “por quê”?

Porquê somos muito carentes e não percebemos Deus agindo na nossa vida. Ou não?

Talvez sim.

Às vezes, lamentamos que “fazemos as coisas para levar o Evangelho ao próximo” e parece que nossa vida é difícil e não recompensada. Mas quem disse que a “recompensa é agora”?

Duas coisas:

1 – Para o católico, a prosperidade nesse plano terreno não deve ser cobrada, pois o que vale é a Eternidade! Estamos aqui de passagem, não nos esqueçamos. Louvemos ao Senhor também pelas adversidades que enfrentamos, pois elas nos ajudam a “ganhar pontos para o Céu”.

2- Muitas vezes, Deus não está nos convidado a trabalhar para Ele e para os outros, mas sem nos darmos conta, as obras são para nós mesmos – para aprendermos, refletirmos e crescermos. Estamos atentos ou sensíveis a essa graça?

Não percamos a esperança, pois como dizia São Tomás de Aquino, Doutor da Igreja, “a esperança nos liga a Deus”. E a esperança é ânimo – ânimo vem de “anima”, animar, viver, ter a alma em elevação e.. buscar as coisas do Alto.

Entreguemos tudo nas mãos da Trindade Santa, pedindo a intercessão de Maria e confiemos. Lembrando: tudo passa, e Deus sempre provê.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.