– Capacite-se! Ótima iniciativa com o Sebrae / IBS Américas.

Adoro lecionar, e hoje estou preparando algo prazeroso: aulas do curso de Gestão Empreendedora para a parceria Sebrae / IBS Américas / Governo de SP (nesta semana, estarei com mais uma turma, dessa feita em Jundiaí).

Um curso para pequenos empreendedores que querem se capacitar, entrar para formalidade e conseguir linhas de crédito baratas (que podem ser obtidas a partir da formalização e participação do curso)! Chama-se: Descomplique: Primeiros Passos (em 5 módulos).

Ações assim devem ser aplaudidas. Muito orgulho de fazer parte desse projeto!

Imagem

– O sol se indo…

🇺🇸 5 pm – A very beautiful sunset in Itatiba. A small cloud crosses the sun, which is already saying goodbye.

🇧🇷 17h00 – Um entardecer muitíssimo bonito em Itatiba. Uma pequena nuvem atravessa o sol, que já vai dizendo adeus.

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby

– Como se relacionar com gente de personalidade difícil!

Um artigo bacana publicado no Caderno “Inteligência”, na Época Negócios: como se relacionar com gente de personalidade forte, instável ou antissocial. Dicas que extrapolam a Administração de Empresas e vão ao cotidiano da sociedade.

Abaixo, extraído de: http://epocanegocios.globo.com/Inteligencia/noticia/2012/06/gente-e-problema.html

GENTE É PROBLEMA

E você tem que saber lidar com os tipos.

O primeiro é o colega “Mel Gibson”, o tipo hostil, que leva tudo para o lado pessoal quando é contrariado; o segundo é o colega “Marilyn Monroe”, suscetível à rejeição, preocupado com a desaprovação alheia, real ou imaginária; o terceiro é o “Woody Allen”, neurótico, que faz uma tempestade diante de qualquer conflito; por fim, há o colega “Paris Hilton”, o egoísta que só enxerga o próprio umbigo. Sim, são estereótipos. Mas cada vez mais encontrados no mundo do trabalho, segundo a revista Psychology Today.

Lidar com eles é uma habilidade necessária. Para fazer isso, mantenha as interações curtas e objetivas. A comunicação deve ser lógica, pois é infrutífero – e perigoso – tentar fazer uma comunicação emocional com o interlocutor emblemático. Outra dica: mantenha o foco na conversa nele, não em você. É a forma mais segura para que, mais tarde, suas palavras não acabem distorcidas. Não tente convencê-los de seu ponto de vista. Também pare de sonhar que algum dia essas pessoas poderão ser tratadas normalmente. Aceite-as como são!

Com um colega difícil, é salutar evitar assuntos espinhosos. Quando isso for necessário, faça-o a portas fechadas (…).

COMO-LIDAR-COM-PESSOAS-POSSESSIVAS.jpg

– Jô, do Corinthians, na balada? O “bumbum” na janela…

, atacante do Corinthians, que na semana passada foi vítima de um excesso de cobranças por conta da sua chuteira azul turquesa (onde se cobrou dele por supostamente ser verde, vide em: https://wp.me/p4RTuC-vBr), se envolveu novamente em uma confusão. Dessa vez, foi a uma balada clandestina, flagrado pelo jornalista Caíque Silva da Rádio Jovem Pan (que agiu de maneira correta e profissional na apuração da informação e confirmando os fatos para a publicação).

Obviamente o atleta desmentiu a ida à festa. Mas faria diferente? Óbvio que não. E disse ter ido ao treino do Corinthians hoje cedo… Ops: e os protocolos sanitários, são de mentirinha?

A propósito de tudo isso, me preocupo com o seguinte: assim como escrevi no episódio de Patrick de Paula, torcedor não tem poder de polícia! E isso me deixa assustado, pois, pela passionalidade, o temor é de agressões (vide em: https://wp.me/p4RTuC-vC3). 

Nada disso estaria acontecendo se o time estivesse ganhando, se não estivéssemos em pandemia e… se o atleta “não colocasse o ‘bumbum’ na janela”, como diz o dito popular.

Veja as imagens abaixo:

– “O que faz sucesso hoje é música sem futuro”, diz Fagner

O cantor cearense Fágner deu uma interessante declaração sobre as músicas sem futuro. Disse que:

Eu e os da minha geração continuamos cultuados pela qualidade do que a gente fez e faz. Mas a inutilidade das novas canções de sucesso me preocupa. É uma música que não tem futuro. O que essa moçada vai ouvir daqui a alguns anos, para lembrar de passagens de suas vidas? É tudo descartável, não vai ficar.”

De fato, há muitos cantores com sucesso de uma canção só. E que depois de alguns anos nem mais são lembrados.

A boa música, sem dúvida, ultrapassa gerações.

bomba.jpg

– E prenderam o Lázaro. Até que enfim!

Arre que a Polícia prendeu, após 20 dias, o bandido Lázaro Barbosa. Ela conseguiu chegar a ele após prender um ex-patrão que cuidou do meliante, e que ajudou nas investigações. Nesta manhã, conseguiu localizá-lo na região e após cerco, ele se rendeu.

O detalhe é: o cara havia criado perfis falsos nas Redes Sociais e acompanhava a repercussão sobre sua fuga, sabendo as informações do que a Polícia fazia ou não.

Para mim, uma surpresa o criminoso ser capturado vivo. Afinal, parece que ele “matava por aluguel” (ele poderia – hipoteticamente – estar aterrorizando a mando de especuladores fundiários, que queriam comprar terras baratas). Aguardemos mais detalhes dos motivos que o levaram a cometer tantas barbaridades.

IMPORTANTE: Após o anúncio da prisão, surgiu a informação na TV Record de que ele foi morto durante a prisão. Esperemos atualizações!

ATUALIZANDO, 10h20: Segundo a Rádio Bandeirantes, Lázaro foi baleado em combate e morreu (“Após troca de tiros, Lázaro chegou ao hospital com 3 perfurações na cabeça e outras no restante do corpo, segundo autoridades.”).

Crédito: Divulgação/ PCGO

– Viver com o acolhimento necessário.

Trabalhar, cuidar da casa, estar pronto para a família e às atividades comunitárias… tudo isso faz parte da rotina de qualquer cidadão comum.

Cá entre nós: é bom, mas também existem muitos contratempos. E aprendi esse dito:

“A vida, em si, não é fácil. Sem uma família, é muito difícil. Não confiando em Deus, praticamente impossível de ser vivida”.

Tem razão ou não tal afirmação? 

O que somos sem força interior, sem aconchego do lardas pessoas queridas, e, principalmente, sem ter esperança em Deus?

Jesus é Deus? Por que crer nisso? · Servo Livre

– Gérman Cano, bandeira LGBTQIA+ e Vasco da Gama: o ato cidadão (mas que não pode ficar na demagogia).

Ontem, o atacante Cano comemorou seu gol ostentando a bandeira de escanteio, que estava pintada nas cores do arco-íris para lembrar a luta contra a homofobia (neste dia 28, é dia do Orgulho Gay, e vários clubes promoveram ações para lembrar a data).

O Vasco da Gama foi marcante na história por ser o primeiro grande clube de futebol a incluir os negros oficialmente em sua equipe no Rio de Janeiro (o racismo da época promovia até episódios patéticos, como o de passar pó-de-arroz no rosto para clarear a pele dos negros). O Estádio Sao Januário, ao longo do século XX, foi palco de manifestações públicas em defesa da democracia e dos direitos dos trabalhadores. Agora, na questão da inclusão de gênero e seus direitos, novo fato relevante para a sua grandiosa história.

Porém…

Sem desabonar o que foi feito, é necessário que ações sociais não sejam apenas jogadas promocionais e de marketing. Que a causa defendida seja trabalhada internamente também – não apenas para o mundo ver e aplaudir. E, o ponto mais delicado: não só a defesa de uma causa para mostrar cidadania, mas: pagar seus funcionários em dia, recolher os impostos sociais, estar em ordem perante os colaboradores é também ato cidadão.

Louvemos as boas iniciativas, mas que elas não sejam causas demagogas encobrindo ações ruins e que vão ao contrário do que uma empresa cidadã deve fazer.

Ops: a Regra do Jogo diz que, neste caso, por ter tirado o mastro, o jogador deve repô-lo e receber o cartão Amarelo (mesmo com a causa defendida sendo nobre). As leis, sabidamente, são frias e podem ser antipáticas…

– Serra do Japi e seus encantos.

Somente para marcar presença na timeline e deixar o dia ainda mais bonito: um registro da Serra do Japi, no bairro do Paiol Velho, em Jundiaí-SP.

O verde e o azul são minhas cores preferidas, pela sua beleza incontestável. Combinam bem e animam a alma!

Veja só:

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby

– O que é Cringe?

Na semana passada, o termo da “moda” foi: falar que alguém é Cringe!

E você sabe o que é isso?

Extraído de: https://exame.com/casual/cringe-o-que-e/

CRINGE: O QUE É E POR QUE SÓ SE FALA SOBRE ISSO NOS ÚLTIMOS DIAS

Cafona para uns, descolado para outros. Enquanto gerações millennial e z têm embate sobre gostos, marcas se apropriam do termo cringe para lucrar

Por Julia Storch

“O que é cringe?”, foi a pergunta mais feita no Google nesta semana. O termo utilizado pela geração Z, para definir atitudes cafonas dos millennials, caiu na graça da geração com mais de 25 anos, ao descobrir que tomar café, vestir calça skinny e sapatilhas, gostar de Harry Potter e Friends, é cafona. Usar o termo cafona também é cringe, inclusive.

O termo de língua inglesa, que na verdade é um verbo, virou adjetivo e gíria por aqui, e define o que a geração Z (nascidos entre 1995 e 2010) pensam dos millennials (nascidos entre 1980 e 1994).

A polêmica sobre as “atitudes cringes” começou no Twitter na semana passada. Na rede social, uma influenciadora millennial questionou o que a geração Z achava vergonhoso sobre a geração acima.

Dentre as mais de 36 mil curtidas e 3 mil respostas, usuários definiram que gostar de café, Sandy & Junior, Harry Potter e Friends, tomar cerveja “litrão”, ir para a Disney, pagar boletos e usar emojis, traz o sentimento de vergonha alheia.

Surpresos ao saber que seus gostos “descolados”, são considerados cafonas, a geração com mais de 25 anos se apropriou do termo, lançando diversos memes nas redes sociais sobre uma geração inteira.

E não foi apenas a busca por “cringe”, que cresceu. “Geração Z” e “Geração Y” também dispararam na semana, com aumento de 700% e 740% no Google.

Enquanto as gerações debatiam nas redes, e os millennials faziam graça da autodepreciação, marcas, como a Reserva, lançaram uma coleção batizada, é claro, de “Cringe”. Uma série de três camisetas em diferentes cores, traz estampas com uma garrafa (fazendo alusão ao litrão), uma mão segurando um boleto e uma xícara de café, e outras mais explícitas, com a frase “camiseta cringe da Reserva” e um emoji.

Dica para deixar o look no maior estilo cringe possível: use a camiseta com uma calça skinny e sapatilhas, e poste nas redes sociais com hashtags e emojis na legenda.

– Kalanchoês laranjas.

A “flor do papai” (ou kalanchoê) é delicada e bonita. Requer um pouco de sombra, mas sempre está com as pétalas abertas.

Aqui, um exemplar bacana para embelezar nossa tela. Afinal, jardinagem é um passatempo barato e que inspira.

bomba.jpg

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby

– Alvorada com cores.

Agora: 06h30 – as cores do céu bragantino estão vibrante!

Prenúncio de uma ótima semana?

Penso que sim. Assim seja.

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#natureza #photo #landscape #amanhecer #morning #BragançaPaulista #inspiração #paisagem

– Bom dia, 2ª feira.

👊🏻 Olá amigos. Comecemos uma nova #semana!
Tudo pronto para suar mais uma vez em busca de #saúde. Vamos correr a fim de produzir e curtir a tão necessária #endorfina?
🏃🏻👟 #Fui #RunningForHealth #run #cooper #training #corrida #sport #esporte #running #mizuno #nike #adidas
Clique 1:

🙏🏻 Correndo e Meditando:
Ó #NossaSenhoraAparecida, rogai por nós que recorremos a vós. #Amém.
⛪😇 #Fé #Santidade #Catolicismo #Jesus #Cristo #Maria #NossaSenhora #Aparecida #PorUmMundoDePaz #Peace #Tolerância #Fraternidade
Clique 2:

🌺 Fim de #cooper!
Suado, cansado e feliz, alongando e curtindo a beleza da #natureza.
Hoje, com esse canteiro de #AmorPerfeito.
🏁 🙆‍♂️ #corrida #treino #flor #flower #flowers #pétalas #pétala #jardim #jardinagem #flores #garden #flora #run #running #esporte #alongamento
Clique 3:

🌅 05h55 – Desperte, #BragançaPaulista.
Que a #SegundaFeira possa valer a pena!
🍃🙌🏻 #sol #sun #sky #céu #photo #nature #morning #alvorada #natureza #horizonte #fotografia #pictureoftheday #paisagem #inspiração #amanhecer #mobgraphy #mobgrafia
Clique 4:

Ótima jornada para todos!

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby