– Que estreia sem graça para um momento histórico: sobre Edina no Derby, em meio a pandemia.

“Dona Edina Alves” (uma forma carinhosa de chamá-la) apitará nesta 4a feira Corinthians x Palmeiras, e será a primeira vez que um Derby masculino terá arbitragem feminina.

Merecida escala! Depois da volta do Mundial de Clubes (onde fez um ótimo trabalho) e de jogos muito bem apitados no Brasileirão, ficou “deixada de lado” nos jogos decisivos do Campeonato Brasileiro na reta final. No Paulistão, trabalhou 2a feira como VAR no Guarani x Ituano, e nesta 4a vai estar na Arena Itaquera como árbitra central.

A nota triste é: o Derby, marcante, estará esvaziado pois o Timão está com um surto de Covid e o Verdão entrará em campo com time reserva, devido à maratona de jogos e a partida de volta da Copa do Brasil.

Estou morando em Bragança Paulista (cidade na qual o Corinthians jogou domingo), e aqui o prefeito fechou literalmente a cidade devido à explosão de casos de Covid (abordamos o “semi-lockdown” em: https://professorrafaelporcari.com/2021/03/02/e-braganca-paulista-fechou-devido-a-covid-tomara-que-de-certo/). Teria alguma relação com o ocorrido? Talvez sim (pois o time esteve aqui), talvez não (pois atletas do Red Bull Bragantino estão saudáveis).

O certo é: o gostinho de jogão se perde pelo esvaziamento das equipes titulares, mas ainda assim será um jogo histórico. 

Fico com a indagação: com tantos casos de contaminação por Coronavírus entre esportistas, e estando na Zona Vermelha em muitas cidades, sabendo que os protocolos não transmitem mais tamanha confiança, vale a pena fazer futebol nesse momento?

No último Dérbi, o Palmeiras goleou o Corinthians, por 4 a 0, no Allianz Parque  - Ettore Chiereguini/AGIF

– Reflexos para Reflexões.

Reflections of the tree, the sky, nature … under the farm’s small lake. Help the reflection of life! / Reflexos da árvore, do céu, da natureza… sob o pequeno lago da fazenda. Ajuda à reflexão da vida!

Minha foto preferida:

Imagem

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby

– Cuidado com o Golpe do Cadastro Positivo

Aconteceu o ano passado, mas de novo ele ressurgiu. Repost:

bandidos e estelionatários de grande criatividade. Digo isso pois essa aqui é incrível: mal o Cadastro Positivo se fez conhecido, já existe um golpe na praça (com formulário bem vigarista).

Abaixo, extraído de: https://dcomercio.com.br/categoria/leis-e-tributos/cuidado-com-golpe-envolvendo-o-cadastro-positivo

CUIDADO COM O GOLPE DO CADASTRO POSITIVO

*com informações da Receita Federal

A Receita Federal identificou uma nova modalidade de golpe aplicado com uso do nome da Instituição. Trata-se de notificação postal falsa por meio da qual se exige pagamento de um suposto Imposto Verificador de Score Concretizado.

Como é o golpe:

A falsa carta indica que o contribuinte estaria com uma pendência em seu CPF e que, para regularizar a situação, precisaria quitar o chamado Imposto Verificador de Score Concretizado, tributo inexistente.

A mensagem atinge principalmente pessoas interessadas em aumentar a pontuação em “cadastros de bons pagadores”.

Na tentativa de dar ilusão de veracidade ao documento, os golpistas utilizam indevidamente o logotipo da Receita Federal e o nome de um auditor-fiscal, cuja assinatura é falsificada.

Para se proteger:

A Receita Federal informa que não fornece dados bancários para o recolhimento de tributos federais via depósito ou transferência.

O recolhimento de tributos é feito via Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf).

Via de regra, os golpistas cometem erros que possibilitam identificar que trata-se de um golpe. Fique atento a erros de português, informações confusas ou incorretas e orientações desencontradas. Esses são alguns dos indícios de que a correspondência pode ser falsa.

Em caso de dúvidas, os contribuintes que forem vítimas deste golpe podem comparecer a uma unidade de atendimento da Receita Federal, pessoalmente, ou enviar denúncia à Ouvidoria-Geral do Ministério da Economia, pela internet, no site da Receita.

Os indivíduos que aplicam o golpe – fazendo-se passar por servidores da Receita Federal – poderão responder pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica e falsa identidade, podendo responder, ainda, pelos danos causados à imagem da Instituição e do próprio servidor indevidamente envolvido.

Veja abaixo a imagem da notificação postal falsa:

carta-golpe

– E Bragança Paulista fechou devido à Covid. Tomara que dê certo!

Começou nesta 3a feira (dia 02/03), por determinação do prefeito Jesus Chedid, um “semi-lockdown” em Bragança Paulista, que durará até dia 08. A cidade entrou em Zona Vermelha e literalmente fechou (exceto mercados, farmácias e outras atividades essenciais). Escolas públicas e privadas não estão tendo aulas presenciais, Missas e Cultos foram proibidos, idem a passeios em parques e cercanias. 

Por exemplo: logo cedo, o Lago do Taboão, conhecido ponto turístico, estava com cavaletes e faixas proibindo a caminhada matutina (mesmo com máscaras e com pessoas distanciadas). A Guarda Municipal pedia para que os cidadãos retornasse às suas casas (semana passada, 18 bragantinos foram multados em mais de R$ 520,00 por estarem na rua sem máscaras!).

E o que fazer, nesta altura da situação periclitante? TODOS os hospitais estão sem vagas em quartos ou UTIs. Mesmo com as medidas protocolares de higiene e cuidados sanitários, o número de infectados disparou, sendo o pior momento desde a pandemia (que já dura 1 ano).

Torçamos que essa semana de recolhimento ajude a liberar leitos nos hospitais. É sabido que a Economia está quebrada, mas ainda pior ficou a questão da Saúde. Cumpramos os cuidados necessários para que tente se voltar logo ao normal.

– Multas para pedestres que usam telefone celular enquanto caminham!

Ôpa: multa para quem atravessar a rua com celular?

Calma, é lá na Califórnia… e foi uma ideia de anos atrás.

Mas e se fosse aqui no Brasil?

Extraído de: https://t.co/uP22jhYZJA

CIDADE NA CALIFÓRNIA VAI MULTAR QUEM ATRAVESSAR RUA TECLANDO OU FALANDO AO CELULAR

Multa, que começa a ser cobrada em agosto, pode chegar a R$ 1.622.

Uma cidade da Califórnia, nos EUA, proibiu os cidadãos de teclarem enquanto atravessam a rua.

A cidade de Montclair informou que a proibição está valendo desde 3 de janeiro.

Também fica proibido falar ao celular ou usar fones de ouvido durante a travessia.

O administrador Edward Starr disse que copiou a lei de uma semelhante aprovada ano passado em Honolulu, Havaí.

Por enquanto, quem desobedecer a lei levará apenas uma advertência, mas a partir de agosto haverá multas: US$ 100 (R$ 324) para a primeira vez, US$ 200 (R$ 649) para a segunda dentro de 12 meses e US$ 500 (R$ 1.622) para as demais.

bomba.jpg

 

– O que o Povo espera de um Padre?

Boa observação de Dom José Roberto Palau, em pregação ao clero paulistano (retirei da postagem do Pe Tarcísio Marques de Mesquita), sobre a disponibilidade dos sacerdotes:

O povo espera de um padre que ele conheça sua vida, sua realidade; que seja alguém que o escute com gosto”.

Perfeito! A exigência aos padres é que ele seja como Jesus à frente do fiel, inclusive oniciente dos problemas dele. E, para isso, o sacerdote deve ter toda a paciência e iluminação possível e impossível do Espírito Santo para que se dedique a escutar ao que a pessoa quer lhe contar.

É claro que os padres, nos dias de hoje, têm inúmeras atribuições. Entretanto o povo é sedento, carente… e ter a atenção daquele que está a frente da Igreja já é motivo de consolo.

bomba.jpg

– Ranking Nacional de Clubes 2021.

Divulgado o Ranking de Clubes da CBF 2021, elencando os 236 times que constam na tabela de pontos da entidade, que lembrou um importante detalhe em seu site:

“O Ranking Nacional de Clubes estabelece uma classificação técnica entre 236 clubes do futebol brasileiro, com base no recente desempenho das equipes nas competições nacionais e internacionais. Campeão do Brasileirão Assaí pelo segundo ano consecutivo, o Flamengo tomou a frente do ranking contra o Palmeiras, que, mesmo em caso de título da Copa do Brasil, não somará os pontos para ultrapassar o Rubro-negro. No ranking, não consta a pontuação adicional aplicada para o campeão da Copa do Brasil, já que a competição ainda não se encerrou. Assim que forem definidos campeão e vice, será publicada uma versão atualizada do ranking com as pontuações definitivas. As posições dos clubes e de suas respectivas federações não sofrerão alterações por conta dos pontos atribuídos”.

Os 25 mais importantes (de acordo com os critérios da entidade, que podem ser acessados na página oficial, disponível em: https://conteudo.cbf.com.br/cdn/202103/20210301193508_847.pdf), são:

1 – Flamengo (16.768)
2 – Palmeiras (16.110)
3 – Grêmio (15.180)
4 – Internacional (13.310)
5 – Athletico (12.968)
6 – Santos (12.776)
7 – Corinthians (12.032)
8 – São Paulo (11.870)
9 – Atlético-MG (11.789)
10 – Cruzeiro (11.768)
11 – Bahia
12 – Fluminense
13 – Botafogo
14 – Ceará
15 – Chapecoense
16 – Vasco da Gama
17 – América-MG
18 – Fortaleza
19 – Atlético-GO
20 – Sport
21 – Goiás
22 – Red Bull Bragantino
23 – Vitória
24 – Ponte Preta
25 – Coritiba
*** Outros Paulistas:
40 – Guarani
44 – Botafogo
46 – São Bento
66 – Ituano
75 – Ferroviária
85 – Novorizontino
98 – Mirassol
110 – São Caetano
113 – Mogi Mirim
144 – Portuguesa
151 – Linense
167 – XV de Piracicaba
180 – Audax
198 – Santo André
206 – São Bernardo
207 – Red Bull Brasil
211 – Guaratinguetá
218 – Inter de Limeira
222 – Votuporanguense

Me impressiona a posição do Athlético Paranaense, bem a frente de outros grandões. A subida do Red Bull Bragantino também é destaque, bem como outras situações discutíveis. O Santo André, campeão da Copa do Brasil 2004, está em 198º lugar e o Paulista de Jundiaí, o vencedor da edição 2005, nem figura entre os 236 clubes. Porém, equipes que nada ganharam nacionalmente nos últimos 5 anos (período que contempla a lista) como Guaratinguetá ou Mogi Mirim – até mesmo inativos há algum tempo, estão relacionados

Como explicar?

A lista completa em: https://conteudo.cbf.com.br/cdn/202103/20210301193314_149.pdf

Corinthians sobe uma posição no Ranking Nacional de Clubes da CBF

– Diferenciando Concorrência e Rivalidade no Mundo das Empresas

Que interessante: Robson Viturino e Álvaro Oppermann (Revista Época Negócios, Ed fevereiro – 22, pg 60) trouxeram uma importante matéria sobre como a concorrência ajuda a vender mais, além de alguns malefícios que ela traz, de forma leve e interessante.

Abaixo:

JÁ VIU O QUE SEU RIVAL FEZ HOJE?

Estudo desvenda os mecanismos psicológicos que motivam o espírito de rivalidade entre empresas concorrentes.

No dia a dia dos negócios, as palavras “rival” e “concorrente” são usadas de forma indistinta. Uma nova pesquisa, porém, evidencia que existem diferenças claras entre as duas na relação de pessoas e empresas. E não é só uma questão semântica. “A primeira coisa a notar é que as pessoas são mais aguerridas na competição quando existe rivalidade entre elas”, dizem os autores do estudo, Gavin Kilduff, Hillary Elfenbein e Barry Staw. O trio de pesquisadores, professores de administração nas universidades de Nova York, Saint Louis e Berkeley, estudou a psicologia da rivalidade e da concorrência entre jogadores e times de basquete dos Estados Unidos. Segundo eles, as conclusões podem ser estendidas aos negócios.

A literatura de negócios usava as duas palavras como sinônimos de competição”, dizem os pesquisadores em um artigo publicado no Academy of Management Journal. “No entanto, a concorrência é algo racional. A rivalidade é passional”, afirma o trio. Esta última nasceria do envolvimento psicológico entre os protagonistas. Ou seja, surge quando existe uma relação íntima, ou um histórico comum, às partes envolvidas, gerando implicações profundas na maneira como jogadores e equipes se relacionam. “O mesmo ocorre nos negócios”, dizem eles.

Se a concorrência é o motor do desempenho, a rivalidade é o seu “afrodisíaco”. Um bom exemplo disso está no basquete norte-americano dos anos 80, que foi polarizado por Larry Bird, do Boston Celtics, e Earvin “Magic” Johnson, do Los Angeles Lakers. Os dois iniciaram a carreira profissional em 1979. Antes eles eram estrelas dos principais times universitários dos Estados Unidos e acompanhavam com afinco a carreira um do outro. “Quando a tabela de jogos da temporada era publicada, os jogos do Celtics eram a primeira coisa que eu marcava”, diz Magic Johnson. “Eu começava a ler o jornal pela seção de esportes, para ver como estavam as estatísticas de Magic”, diz Bird. A rivalidade – ou quase obsessão – acabou servindo de combustível ao brilhantismo de ambos nas quadras. Concorrentes se esforçam e dão o sangue. Rivais fazem das tripas coração. Eis a diferença.

Nos negócios, a rivalidade também pode gerar um ciclo virtuoso. No Japão, os rivais Toyota e Nissan protagonizam um duelo de inovação desde os anos 70. Quando a Toyota invadiu o mercado americano com o Corolla, em 1972, a Nissan respondeu em seguida com o Bluebird. Em 2001, a Nissan redesenhou totalmente o Altima para enfrentar o Toyota Camry. Em 2010, diante do Leaf, carro elétrico mundial a ser produzido pela Renault-Nissan, a Toyota respondeu comprando uma fatia da Tesla Motors. Segundo a autora Evelyn Anderson, embora a Toyota seja altamente competitiva em relação a Ford e GM, a competição acirrada com a Nissan e a Honda sempre teve um gostinho especial.

A rivalidade também tem uma face sombria, dizem os pesquisadores. É comum rivais engalfinharem-se em lutas do tipo “custe o que custar”. O Boston Scientific Group, por exemplo, se dispôs a pagar US$ 24,7 bilhões pela fabricante de marca-passos Guidant, para não permitir que o eterno rival Johnson & Johnson abocanhasse a empresa. Esta é considerada pelos analistas a segunda pior aquisição da história, atrás somente da compra da Time Warner pela AOL. Já a Adidas e a Puma (criadas por dois irmãos que se detestavam) estavam tão preocupadas em espionar uma à outra, nos anos 70, que não viram a Nike chegar. “A rivalidade é uma faca de dois gumes”, concluem os autores. Moral: saiba diferenciar concorrência de rivalidade.

bomba.jpg

– Saudade da Praia.

Há mais de um ano que não tenho o prazer de ver o mar – que sempre me fez bem…

A pandemia nos obriga a mudar hábitos, transformando nossa rotina e trazendo alguns problemas. A falta de sociabilização das crianças, a proibição do descanso em ambientes diferentes, e, claro, o mais grave (e bem mais difícil): as mortes e internações.

Enquanto isso, curtamos o oceano à distância. Que falta você me faz, Santos!

– Bom dia, 3a feira.

👊🏻 Olá amigos!
Bem cedinho, já de pé para fazer o dia (que será um #BomDia) render.
Vamos correr um bom #cooper a fim de produzir e curtir a tão necessária #endorfina?
🏃🏻👟 #Fui #RunningForHealth #run #cooper #training #corrida #sport #esporte #running #adidas #asics
Clique 1:

🙏🏻 Correndo e Meditando:
Ó #NossaSenhoraDaSaúde, rogai por nós que recorremos a vós. #Amém.
⛪😇 #Fé #Santidade #Catolicismo #Jesus #Cristo #Maria #NossaSenhora #Saúde #PorUmMundoDePaz #Peace #Tolerância #Fraternidade
Clique 2:

🌺 Fim de #cooper!
Suado, cansado e feliz, alongando e curtindo a beleza da #natureza.
Hoje, com #beijinhos vermelhos.
🏁 🙆‍♂️ #corrida #treino #flor #flower #flowers #pétalas #pétala #jardim #jardinagem #flores #garden #flora #run #running #esporte #alongamento
Clique 3:

🌅 Desperte, #BragançaPaulista.
Que a #TerçaFeira possa valer a pena!
🍃🙌🏻 #sol #sun #sky #céu #photo #nature #morning #alvorada #natureza #horizonte #fotografia #pictureoftheday #paisagem #inspiração #amanhecer #mobgraphy #mobgrafia
Clique 4:

Ótima jornada para todos!

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby