– Acabou o dia.

O entardecer desse domingo nos trouxe essas cores no céu. Nas brincadeiras tão bacanas de “o que parece essa nuvem”, qual forma você responderia?

Para mim, um… cachorro?

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#paisagem #landscapes #sky #natureza

– Obedecer a Deus.

Na Liturgia da Santa Missa deste domingo, temos a belíssima leitura abaixo:

(Hb 5,7-9)
“Cristo, nos dias de sua vida terrestre, dirigiu preces e súplicas, com forte clamor e lágrimas, àquele que era capaz de salvá-lo da morte. E foi atendido por causa de sua entrega a Deus.
Mesmo sendo Filho, aprendeu o que significa a obediência a Deus por aquilo que ele sofreu. Mas, na consumação de sua vida, tornou-se causa de salvação eterna para todos os que lhe obedecem.”

Temos nós também obedecido a Deus?

(Cruz da Paróquia Santa Luzia, em Bragança Paulista).

– A superação de quem tem Síndrome de Down e os universitários especiais!

Hoje é Dia internacional da Síndrome de Down. E sabe que os downs são pessoas especiais mesmo? Claro, pois veja cada coisa maravilhosa que eles são capazes!

Extraído de: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2017/03/1868259-inclusao-leva-downs-a-universidade-e-forma-de-chefe-de-cozinha-a-professor.shtml

INCLUSÃO LEVA DOWNS A UNIVERSIDADE E FORMA DE CHEFE DE COZINHA A PROFESSOR

Por JAIRO MARQUES

Ao menos 44 pessoas com síndrome de Down passaram ou estão em bancos de universidades brasileiras desde 2005 –quando se tem registro do primeiro ingresso.

O levantamento e monitoramento dos estudantes é do Movimento Down, ONG mais atuante no país em defesa dos direitos do grupo social.

Segundo a organização, o número, o mais relevante da América Latina, mostra o efeito da educação inclusiva no Brasil e revela mudança de postura diante do entendimento da pessoa com down.

As carreiras mais escolhidas pelo grupo são educação física, gastronomia e pedagogia. O montante ainda é pequeno em relação aos universitários ingressantes em geral 2,9 milhões, de acordo com censo de 2015, do MEC. Há uma concentração maior de estudantes no Estado de São Paulo, mas existem alunos em instituições de ensino superior públicas e privadas de norte a sul do país.

Não há oficialmente nenhuma diretriz específica para atendimento do aluno com down no ensino superior. Cada instituição recebe e dá condições de estudo a esse público por iniciativa própria. Também não há no país
uma contagem oficial dessas pessoas –estima-se em cerca de 270 mil, com base na prevalência de nascimento.

A pedagoga Maria Teresa Eglér Mantoan, professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Campinas e coordenadora do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Ensino e Diferença avalia que “a possibilidade de todos estarem na escola é possibilidade de todos chegarem à universidade”.

“Pessoas com síndrome de Down, como qualquer pessoa, estudando em uma escola para todos, inclusiva, têm chances de chegar à universidade e isso é um privilégio. É dever das universidades oferecerem serviços educacionais especializados de apoio a esses alunos e para quaisquer que precisem de atenção diferenciada no ensino superior. Não necessariamente a pessoa vai precisar acionar o serviço, mas é fundamental oferecê-lo”, afirma a pedagoga.

Pedro Brandão, 22, formou-se neste ano em gastronomia, pelo Centro Universitário Senac. Ele já está empregado, em uma das unidades do bar Pirajá, de São Paulo, e avalia que apoio familiar é fundamental para conseguir chegar ao ensino superior.

“Meu pai e minha mãe me deram segurança, apoio e amor. Eles foram minha inspiração para ser chefe de cozinha”, diz ele, que desde o ano passado ajuda na preparação de alimentos e demais serviços da cozinha do bar.

Daniela Montesano, coordenadora do serviço de acessibilidade e apoio psicopedagógico do Senac, explica que Pedro “não foi café com leite” durante o curso.

“Trabalhamos com o potencial do aluno e não com sua deficiência. As necessidades do Pedro foram repassadas aos professores do curso e, durante as aulas práticas, ele teve um acompanhamento de um mediador. Não se muda o currículo ou as disciplinas, mas, sim, trabalha-se e cobra-se o essencial. Nada é diferenciado, apenas atende-se a uma demanda específica”, afirma.

Para Patrícia Almeida, cofundadora do Movimento Down, o acesso ao ensino superior “é importante porque mostra a famílias e professores que as pessoas com síndrome de Down podem aprender”. “Antes isso era inimaginável, porque todos achavam que eram ineducáveis, então não valia a pena investir e buscar maneiras de ensinar”, afirma.

Segundo ela, o movimento nas universidades é reflexo da inclusão escolar. “Nenhum destes universitários [da lista de 44] passou por escola especial. A inclusão escolar não é apenas um direito, mas é também melhor para todos. Não quer dizer que todos vão para a universidade, até porque nem todo mundo vai”, diz.

Nesta terça-feira (21) celebra-se o Dia Internacional da Síndrome de Down. Estão programadas cerca de 160 atrações pelo país.

bomba.jpg

– O Grão de Trigo, a Obediência, a Vida Eterna!

Neste domingo, não dá para ignorar a profundidade do Evangelho. De que adianta os bens terrenos, se eles não nos levarão ao Céu? Ou de nossos atos, a importância ou não deles para o bem comum?

Abaixo, extraído do site da Canção Nova:

5º Domingo da Quaresma

Anúncio do Evangelho (Jo 12,20-33)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 20havia alguns gregos entre os que tinham subido a Jerusalém, para adorar durante a festa. 21Aproximaram-se de Filipe, que era de Betsaida da Galileia, e disseram: “Senhor, gostaríamos de ver Jesus”.

22Filipe combinou com André, e os dois foram falar com Jesus. 23Jesus respondeu-lhes: “Chegou a hora em que o Filho do Homem vai ser glorificado. 24Em verdade, em verdade vos digo: Se o grão de trigo que cai na terra não morre, ele continua só um grão de trigo; mas, se morre, então produz muito fruto. 25Quem se apega à sua vida, perde-a; mas quem faz pouca conta de sua vida neste mundo, conservá-la-á para a vida eterna. 26Se alguém me quer servir, siga-me, e onde eu estou estará também o meu servo. Se alguém me serve, meu Pai o honrará. 27Agora sinto-me angustiado. E que direi? ‘Pai, livra-me desta hora?’ Mas foi precisamente para esta hora que eu vim. 28Pai, glorifica o teu nome!” Então, veio uma voz do céu: “Eu o glorifiquei e o glorificarei de novo!”

29A multidão que aí estava e ouviu, dizia que tinha sido um trovão. Outros afirmavam: “Foi um anjo que falou com ele”. 30Jesus respondeu e disse: “Essa voz que ouvistes não foi por causa de mim, mas por causa de vós. 31É agora o julgamento deste mundo. Agora o chefe deste mundo vai ser expulso,32e eu, quando for elevado da terra, atrairei todos a mim”. 33Jesus falava assim para indicar de que morte iria morrer.

— Palavra da Salvação.

Glória a vós, Senhor.

– Pelo sorteio, qual poderia ser a final da UEFA Champions League?

Que pena… os dois melhores times da Europa, Bayern de Munique e Manchester City, não se enfrentarão numa possível final da Liga dos Campeões, de acordo com o sorteio realizado para os próximos mata-matas.

A composição dos confrontos ficou assim:

O vencedor de Manchester City x Borussia Dortmund jogará contra o vencedor de Bayern x PSG;
O vencedor de Porto x Chelsea jogará contra o vencedor de Real Madrid x Liverpool.

Para mim: teremos nas semifinais Manchester City x Bayern (por que ambos são melhores do que Borussia e PSG) e Porto x Real (porque o Porto está conseguindo fazer tudo dar certo em seus jogos e o Liverpool tem patinado / tido azar em algumas contendas).

Depois, na final, teremos Bayern Munich x Real Madrid (porque o Bayern é mais pragmático / incisivo e por mais sorte que o Porto tenha, Zidane é experientíssimo nessa competição).

Nesse cenário, particularmente, penso que o Bayern será o campeão. E para você?

Sorteios | UEFA Champions League | UEFA.com

– Liga da Justiça de Zack Snyder!

Caramba! Acabo de assistir o filme da DC que foi “refeito”, ou melhor, “relançado”. Ou ainda: trazido às origens pelo diretor Zack Snyder.

VALE A PENA!

Muda muita coisa, das cenas principais, passando pelo visual à própria importância dos atores. Há várias coisas do filme original que foram suprimidas nesse, e outras acrescentadas. Ciborgue e Flash têm muito mais participação (muito mesmo), sem contar a importância do Dr Silas Stone.

O começo é meio cansativo, mas o restante compensa. Assistam! Várias situações mal-explicadas ou difíceis de se entender, tornam-se compreensíveis.

Snyder Cut': nova versão de 'Liga da Justiça' estreia após esforço de fãs  para salvar a saga - Jornal O Globo

– Tudo azul!

Agora: 08h, e um céu azul maravilhoso nos é dado de presente neste domingo!

Viva a natureza e sua beleza.

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#photography #landscapes #clouds #inspiration #nature

– Bom domingo (Parte 4 de 4)

🌅 Desperte, Bragança Paulista.
Que o domingo possa valer a pena! E valerá: olhe só esse horizonte no céu infinito!
Ótima jornada para todos.
Inspirando-me no clique 4 de 4:

🍃🙌🏻 #sol #sun #sky #céu #photo #nature #morning #alvorada #natureza #horizonte #fotografia #pictureoftheday #paisagem #inspiração #amanhecer #mobgraphy #mobgrafia #BragançaPaulistaSp #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby