– A Arbitragem de Futebol brasileira e a Covid-19.

Assustador o número de casos de contaminação dos árbitros de futebol pelo Novo Coronavírus!

Compartilho, abaixo, essa publicação do grande PVC no GE.com. Está em: https://globoesporte.globo.com/blogs/blog-do-pvc/post/2020/12/15/de-cada-tres-arbitros-do-campeonato-brasileiro-um-ja-teve-covid.ghtml

DE CADA 3 ÁRBITROS DO CAMPEONATO BRASILEIRO, 1 JÁ TEVE COVID

Pouca gente percebeu a substituição do árbitro de vídeo de Corinthians x São Paulo, no domingo (13). Inicialmente escalado, Rodrigo Guarizo do Amaral teve teste positivo e foi substituído por Jean Pierre Gonçalves Lima. Não foi a primeira vez. Já houve jogos do Vasco e do próprio São Paulo, recentemente, com substituições de partes do trio de arbitragem por exames positivos.

Dos 600 árbitros cadastrados para jogos de Séries A, B, C e D do Campeonato Brasileiro, 215 já tiveram contato com o coronavírus.

Significa que 31% do quadro de árbitros já teve contato com o vírus.

Os casos no futebol ganharam muita relevância desde o início de novembro. Foram mais de 100 casos em novembro, surtos em clubes como Santos, Palmeiras, Vasco, Fluminense e Atlético Mineiro.

Na arbitragem, os casos foram menos divulgados, mas igualmente expressivos.

Na segunda-feira (14), foi confirmada a morte de Marcelo Veiga, ex-lateral-esquerdo de Santos, Bahia, Internacional e Portuguesa, técnico com passagens marcantes por Bragantino, Portuguesa e, recentemente, São Bernardo.

Pedir a volta do futebol no Brasil reflete sociedade insensível a dor do outro | A Gazeta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.