– Glenn Greenwald: Jornalismo ou Bandidismo?

A história do jornalista Glen Greenwald, sem dúvida, é polêmica. Ao divulgar mensagens hackeadas de autoridades, imaginou-se que ele praticava jornalismo investigativo ao publicar documentos que poderiam incriminar os julgadores da Lava-Jato (embora, depois de tanta análise, não se percebe nenhum desvio do julgamento ou prova plantada – foi mais sensacionalismo do fato do que descobrir se Lula e outros réus foram injustamente condenados). Do que sobrou, nada mais foi o fato de tumultuar a Operação da Polícia Federal, trazer à tona o relacionamento entre juristas, mas deixando no ar, a posterior, que era algo intencionalmente feito para soltar bandidos.

Enfim: difícil ter uma conclusão fechada sobre tudo isso.

Entretanto, Glenn foi indiciado pelo MPF, pois segundo a nota oficial “auxiliou, orientou e incentivou” os hackers, a partir do momento em que dava dicas de invasão e sugeria nomes e modos.

E aí?

Jornalismo é importante e necessário. Deve ser livre! Divulgar o que muitos não querem ouvir ou aceitar. Mas orientar bandido, aí é outro departamento…

Glenn Greenwald participou de audiência pública no Congresso, em 2019, sobre a atuação de juízes e procuradores brasileiros na Operação Lava Jato — Foto: Vinicius Loures/Câmara dos Deputados

2 comentários sobre “– Glenn Greenwald: Jornalismo ou Bandidismo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.