– Triste Centro de Jundiaí. Mas poderia ser de Limeira, Americana, Campinas…

Ponteiros do relógio marcavam 11h30 no domingo. Fui ao PA Unimed Infantil da Rua Leonardo Cavalcanti e estacionei numa rua próxima. E me assustei com as redondezas…

Na Praça atrás da Igreja São Bento (Região Central de Jundiaí), onde eram os antigos parquinhos, havia 3 mendigos dormindo embaixo das árvores. Também perto dos desativados pontos de ônibus do Largo São Bento, no gramado, 1 casal de namorados (pareciam de classe média /alta) estavam fumando maconha próximo ao Russi. Do lado dos demolidos banheiros (atrás do prédio dos Cursilhos de Cristandade), 1 prostituta e 2 vagabundes se drogando com crack. Na espreita, visivelmente um trombadão observava o movimento.

Ao reparar naquelas pessoas, em pleno domingo na hora do almoço no Centro de Jundiaí, a desesperança toma conta. Qual é o futuro da sociedade? Como reverter esse quadro? De que jeito é possível e em quanto tempo?

Enfim, a culpa é de quem? Só das autoridades? Ou de cada um de nós?

Triste. Viver na Região Central virou um perigo.

bomba.jpg

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.