– Um país dividido de pesquisas ilusórias.

As Eleições 2022 mostraram que demorará para o Brasil se unir e que o país está rachado. O “nós contra eles” é de mão dupla, tendo Lula como melhor cabo eleitoral de Bolsonaro e vice-versa.

Veja o mapa dos estados: são dois Brasis, um lulista e outro bolsonarista. As 3ªs vias inexistiram (isso é péssimo para a democracia) e viram um fenômeno interessante: a desidratação de Ciro Gomes, que ficou atrás dos ponteiros até no Ceará:

A derrota de candidaturas alternativas é algo preocupante. Mas existiram outros dois pontos a se observar:

A demora na votação: muitos não sabiam, mas o grande número de idosos na Eleição se referiu ao fato de que votar serviu como “prova de vida” ao INSS, e em alguns lugares isso foi incentivado, ao invés de procurar uma agência da Previdência Social.

Os erros dos institutos de pesquisa: de 8 a 80! De Lula vencendo no 1º turno pelo DataFolha à vitória garantida de Bolsonaro na Brasmarket. Algo deve ser feito para corrigir tanto equívoco! Aliás, DE NOVO, as pesquisas erraram feio no RJ para governador. E em SP, ninguém acertou também.

A lamentar que Jundiaí não fez nenhum deputado. Abaixo, os votos dos candidatos locais (que perderam votos para “forasteiros” no âmbito federal e estadual, como Suplicy, Boulos, Zambelli, entre outros…). A propósito, vemos a reeleição de Tiririca no Congresso.

Ô Brasil…

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.