– Ufa!

Dia 102 de aproximadamente 150 vencidos. Graças a Deus.

Tentando ser “pãe” na ausência da mamãe, que está se sacrificando por todos nós (motivo em: https://wp.me/p4RTuC-Bm4).

Estou há 21 horas acordado… meu sono é problemático desde sempre. A única vantagem: utilizei o tempo acordado para fazer muiiiiita coisa.

– Cada coisa que o treinador tem que se submeter…

Luís Castro, treinador do Botafogo-RJ, não devia imaginar que coisas como essa aconteciam

Olhe só que situação constrangedora, em: https://twitter.com/BlogdoPerrone/status/1537168968254902273

https://platform.twitter.com/widgets.js

– O clique do dia foi…

… esse, da natureza perfeita.

E essas cores das flores, com o Lago do Taboão ao fundo? 

A fotografia é um hobby barato e inspirador!

Imagem

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#flores #fotografia #flowers #natureza #BragançaPaulista #paisagem #inspiração #mobgrafia #XôStress

– Jundiaí belíssima.

15/06, 18h00 – Rodovia Bispo Dom Gabriel Paulino Bueno Couto, sentido Jundiaí- Itú: quem pintou esse cenário?

Ah, essa dona natureza…

Veja só que maravilha:

🎨 📸 🚗 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#entardecer #sunset #sky #céu #natureza #fotografia #paisagem #landscapes #inspiração #mobgrafia #XôStress #clouds

– Meninas do Tráfico.

Veja só: o Estado de São Paulo trouxe há alguns anos uma impressionante matéria sobre como os traficantes se utilizam de jovens meninas para o tráfico de drogas. E o triste é: essa reportagem continua atual, infelizmente…

Maria Isabel Melo, diretora de uma das “Fundação Casa” – antiga FEBEM – diz que elas “são tão pequenas que ainda fazem xixi na cama”.

Assustador e triste…

Extraído de: http://www.jornalalobrasilia.com.br/ultimas/?tipo=NOT&Desc=Nacional&IdNoticia=25946

TRÁFICO USA CADA VEZ MAIS MENINAS EM SP, DIZ FUNDAÇÃO

O recrutamento de meninas com menos de 14 anos para atuar no tráfico de drogas aumentou, segundo estatísticas da Fundação Casa. A parcela feminina menor de 14 anos respondia, em 2005, por 9,8% das internações do sexo feminino e 19,3% delas eram internadas por tráfico, infração que perdia no ranking da criminalidade para o roubo. No primeiro semestre de 2009, o índice de pequenas infratoras subiu para 12,1%, conforme números levantados a pedido do Estado, e 35% delas são privadas de liberdade por comércio de tóxicos, o líder absoluto em delitos.

O tráfico tem recrutado as chamadas “garotas-propaganda” para ampliar as vendas, uma estratégia usada até nas áreas mais devastadas pelo uso de entorpecentes, como a cracolândia, no centro de São Paulo. As meninas viram fonte de renda para organizações criminosas e ficam responsáveis por administrar pequena quantidade de crack e cocaína. Muitas vendem para ganhar o que abastece o próprio vício.

Walter Varanda, pesquisador da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP), que há duas décadas trabalha com a ligação entre drogas e pessoas em situação de rua, observou a chegada das meninas ao crack no último ano. “O que ainda precisamos descobrir é de onde essas garotas estão vindo, se são situações de ruptura familiar, de violência doméstica… Elas encontram na droga sensações de engrandecimento que não conseguem em outros contextos.”

A utilização de meninas menores como “isca” de usuários acontece na cracolândia, que recebeu na semana passada uma ofensiva de 20 órgãos públicos para tentar coibir o uso de crack ao ar livre, que se registra há 20 anos. Entre os dependentes crônicos, enrolados em cobertores, que se espalham pelas calçadas da região central da capital paulista, garotas de aparência inferior a 16 anos, arrumadas, banho tomado e porte sedutor, se destacam por serem polos flutuantes de comércio de pequena quantidade de crack. E elas também são usuárias, em substituição ao “escambo” que sempre marcou o local.

Prostituição

Para as meninas, o mesmo ofício deixa ainda mais próximo outro destruidor da infância: a prostituição. “Existe um consórcio entre o mercado do sexo e o de drogas”, afirma a socióloga Graça Gadelha, consultora na área de combate da exploração sexual de crianças. “A associação se dá por dois fatores. Ou porque a menina precisa da droga para conseguir conviver com a situação de múltiplas relações sexuais ou porque a droga é moeda de pagamento da dívida pelo vício, o que coloca mais obstáculos para a menina sair dessa situação”, completa. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Agressão e violência psicológica dão o tom na Fundação Casa ...

Imagem extraída da Internet, autoria desconhecida (quem souber, informar para crédito).

– Na meiúca da Serra!

Cinco da tarde no bairro do Paiol Velho, na Serra do Japi. No meio do mato, esse horário já é quase noite…

Ah, como eu amo o verde de Jundiaí, nosso pulmão caipira!

🌳 📸 🍃 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#entardecer #sunset #sky #céu #natureza #fotografia #paisagem #landscapes #inspiração #mobgrafia #XôStress #flora

– Pintou o Arco Íris no seu perfil? Sobre Católicos, Hetero e Homossexuais.

Estamos no mês do Orgulho LGBTQIA+. Mas como um católico deve se portar diante dessa questão?

Compartilho a sabedoria do Padre Zezinho, SCJ, conhecido compositor católico e exímio pregador, abaixo, em seu texto de anos atrás, mostrando a correta visão cristã:

O Facebook promoveu anos atrás o “Dia da Celebração do Orgulho Gay” , nesta mesma época, nos EUA. E o mundo inteiro coloriu seus perfis nas redes sociais (não só no próprio Facebook, mas no Twitter e em outras tantas), acompanhando as festividades da legalização do casamento homossexual na “terra do tio Sam”, por determinação da Suprema Corte e apoio do presidente Obama

O tema é difícil. Mas ouso fazer minhas as sábias palavras do Pe Zezinho-SCJ, que publicou um artigo intitulado: “Pregar para Hétero e Homoafetivos.”

Aproveitando o evento da Parada Gay em SP, compartilho esta pregação perfeita em fé, respeito, cidadania e de cristianismo verdadeiro. Abaixo:

Meus amigos gays que optaram por assumir suas relações conhecem meu pensamento e minha catequese. Não preciso pintar minhas fotos de arco-íris para deixar claro que os respeito. E eles sabem que não os apoio em tudo, nem posso abençoar sua união com um sacramento. Também não posso agredi-los. E nem exigem que eu concorde com tudo o que eles pregam. O que deixo claro é que minha postura diante de outras igrejas e religiões é de concordância com algumas opções e crenças e discordância com outras posturas de fé. O mesmo sucede com os gays. Da mesma forma que eles discordam de nossa doutrina sobre sexualidade, mas concordam com outras posições da Igreja, eu faço o mesmo. Concordo com sua luta por mais respeito e pelos seus afetos, mas discordo de algumas de suas posturas e conceitos. Isso não me faz um catequista ou um pregador brucutu. Todos eles sabem que sou amigo, mas não penso como eles a respeito de tudo o que fazem e pregam. Dialogamos, mas não fingimos que está tudo 100%.

Entenderam? Evitar o proselitismo, fugir da demagogia e não cair no radicalismo são necessários para um mundo cidadão.

bomba.jpg

– Um Cebolinha caro demais!

Nem o Maurício de Sousa, da Turma da Mônica, deve achar razoável: o Cebolinha (ex-Grêmio), depois de não dar certo no Benfica, está sendo repatriado pro Flamengo por 16 milhões de EUROS, além de R$ 900 mil por mês LIVRE DE IMPOSTOS (informações do jornalista Thiago Asmar, no Programa Bate-Pronto da Rádio Jovem Pan).

Mesmo pagando 23 milhões de multa em rescisões de treinadores demitidos, o pessoal da Gávea parece não se importar em gastar tanto dinheiro, não?

Everton Cebolinha no Flamengo pode “prejudicar” o Grêmio; entenda

Extraído de: https://www.torcedores.com/noticias/2022/06/everton-cebolinha-no-flamengo-pode-prejudicar-o-gremio-entenda

– Encantos bragantinos.

Os encantos de Bragança Paulista!

A pista de ciclismo à beira do Lago do Taboão, rodeada por flores: charme e inspiração. Veja só:

🚲📸🌹 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#amanhecer #morning #sol #sun #sky #céu #natureza #fotografia #paisagem #landscapes #inspiração #mobgrafia #XôStress #flor #flower #flowers #pétalas #pétala #jardim #jardinagem #garden #flora

– O novo Bispo Diocesano de Jundiaí: Dom Arnaldo Carvalheiro Neto.

Dom Vicente Costa entregou sua carta de renúncia, por motivo de idade, e será administrador diocesano em Jundiaí.
Há pouco, o Papa Francisco nomeou Dom Arnaldo Carvalheiro Neto, de apenas 55 anos, como novo bispo diocesano!
Que Deus os abençoe.
Extraído do Facebook da Diocese:
Dom Arnaldo Carvalheiro Neto é nomeado Bispo para a Diocese de Jundiaí
O Papa Francisco nomeou Dom Arnaldo Carvalheiro Neto, Bispo Diocesano de Jundiaí. O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira, dia 15 de junho, pelos canais oficiais do Vaticano. (https://press.vatican.va/…/2022/06/15/0460/00952.html).
Dom Arnaldo, até esta data, era Bispo Diocesano de Itapeva (SP) e será o 6º Bispo da Diocese de Jundiaí.
A primeira visita oficial à Diocese de Jundiaí está agendada para os dias 27 e 28 de junho. Já a celebração de início de missão do novo Bispo está marcada para o dia 13 de agosto, às 9h, no Ginásio de Esportes Dr. Nicolino de Lucca (Bolão de Jundiaí).
Dom Vicente passa a Administrador Diocesano
Dom Vicente Costa, atual Bispo Diocesano de Jundiaí, entregou a carta de renúncia por motivo de idade, em conformidade com a Cânon 401, parágrafo 1º do Código de Direito Canônico, ao completar 75 anos de idade, em 1º de janeiro de 2022.
Com a nomeação de Dom Arnaldo Carvalheiro Neto como Bispo Diocesano de Jundiaí, Dom Vicente passa a exercer o ofício de Administrador Diocesano até o dia 13 de agosto.
Quem é o novo Bispo da Diocese de Jundiaí
Dom Arnaldo tem 55 anos. Natural de São Paulo, nasceu no dia 11 de abril de 1967. Filho do Advogado Arnaldo Carvalheiro Júnior e de Rosa Maria M. Carvalheiro, tendo por irmãos Ana Maria e Paulo José Carvalheiro.
Foi ordenado presbítero em 17 de maio de 1997, pertencendo ao clero da Diocese de Araçatuba (SP).
Como Padre, atuou como pároco nas Paróquias São Brás, em Birigui (SP) e São Pedro Apóstolo, em Gabriel Monteiro. Foi vigário na Paróquia Saint Roman na Arquidiocese de Chicago, Estados Unidos. De 2007 a 2014 foi diretor espiritual do Instituto Teológico Rainha dos Apóstolos, em Marília (SP). Também integrou o Conselho de Presbíteros e Colégio de Consultores da Diocese de Araçatuba (SP).
É graduado em Filosofia pela Faculdade Salesiana de Filosofia, Ciências e Letras (UNISAL) de Lorena (1989-1991) e Teologia, pelo Instituto Teológico “Rainha dos Apóstolos” em Marília (1993-1996) com especialização em Direção Espiritual pelo Institute for Spiritual Leadership (Chicago, EUA) e em Capelania Hospitalar pela Mater Misericordie Hospital de Dublin (Irlanda). É mestre em Pastoral Couseling pela Loyola University de Chicago.
Em sua trajetória acadêmica, foi professor de Ensino Religioso, História da Filosofia Antiga e de Aconselhamento Pastoral.
Padre Arnaldo foi nomeado Bispo pelo Papa Francisco, em 4 de maio de 2016, e escolheu por lema episcopal “Servi ao Senhor com Alegria (Sl 99/100)”.
Em 17 de julho do mesmo ano, ocorreu a sua ordenação episcopal, na Igreja Nossa Senhora Auxiliadora, no Campus do Unisalesiano, em Araçatuba. Dom Sérgio Krzywy, Bispo Diocesano de Araçatuba, foi Bispo Ordenante Principal.
No dia 24 de julho, iniciou a missão como Bispo Coadjutor de Itapeva (SP), durante celebração eucarística na Catedral de Sant´Ana. A nomeação como 6º Bispo Diocesano de Itapeva ocorreu em 19 de outubro do mesmo ano.
Dom Arnaldo também é Bispo referencial da Cáritas no Regional Sul 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).
A Cáritas Brasileira Regional São Paulo é um organismo da Igreja para ações caritativas e de defesa dos direitos entre os mais empobrecidos. Ela também é articuladora entre às Cáritas Diocesanas.

– As mudanças para as Regras do Futebol que ficaram para a discussão em 2023.

Na última segunda-feira, em Doha (Catar), aconteceu a 136º reunião da IFAB, a “dona das Regras do Futebol”. Nela, a FIFA (que tem grande peso nas discussões) e os demais países membros da Internacional Board apresentaram as modificações das Regras para 2022/2023, válidas a partir do próximo dia 1º de julho. Vide aqui: https://pergunteaoarbitro.wordpress.com/2022/06/13/as-mudancas-para-as-regras-do-futebol-2022-2023/.

Pois bem: uma das pendências para a 137º reunião em 2023, que discutirá as mudanças das regras do futebol para 2023/2024, é bem polêmica: o aumento do tempo de bola rolando! E no centro dela, estão Arsène Wenger, ex-treinador do Arsenal-ING e Gianni Infantino, o presidente da FIFA.

Wenger se tornou homem forte na FIFA. É um consultor remunerado que goza de muito respeito com Infantino, e sua função é discutir mudanças no jogo de futebol, a fim de que o torne mais atrativo para os jovens (que é a grande preocupação da entidade hoje: os consumidores-torcedores do futuro).

E o que ele propôs anteriormente, nas outras reuniões?

Algumas ideias discutíveis:

A – Bater pênaltis antes dos jogos eliminatórios (ideia de Alex Fergunson à UEFA, que não vingou, e que Wenger ventilou na FIFA, e que não evoluiu – relembre aqui: https://wp.me/p4RTuC-gU6),

B – Chip na camisa para facilitar a marcação de impedimentos (e que traria uma dor de cabeça enorme, já que se deveria mudar a regra por conta da análise das partes jogáveis – clique aqui para entender: https://wp.me/p4RTuC-yix) e

C- Mudança da linha de impedimento para “todos os membros do corpo à frente”, independente de ser uma parte jogável ou não, a fim de aumentar o número de gols (relembre aqui: https://wp.me/p4RTuC-oSw).

Apesar das ideias abortadas, uma outra vingou:

D – A de sensores inteligentes para ajudar o VAR a traçar o impedimento de maneira automática usando a Inteligência Artificial, já experimentado na Copa Árabe (e que talvez seja usada na Copa do Catar – estando para ser confirmada ou não nas próximas semanas).

Também em polêmicas ele se envolveu: já declarou que a Seleção Espanhola de 2010 foi a melhor de todos os tempos, suplantando a Brasileira de 70 (aqui: https://wp.me/p4RTuC-58t) e, a mais recente, dizendo que “o francês Kylian Mbappé, do Paris Saint-Germain, ‘não teria se tornado o atacante que é hoje se tivesse nascido em Camarões’.” (referência aqui: https://www.terra.com.br/esportes/futebol/internacional/equipes/paris-saint-germain/conmebol-aponta-discriminacao-de-arsene-wenger-e-critica-fifa-e-international-board,3a291a7039a006510856964963bd5b1600no9l0w.html).

Tudo isso para dizer o seguinte: Gianni Infantino se socorreu a Arsène Wenger para ajudar a por em prática sua ideia (que é pública, dita por diversas vezes): a de um jogo de futebol contar com 2 tempos de 50 minutos, permitindo maior tempo de bola rolando (depois da insistência em desejar realizar as Copas do Mundo de 2 em 2 anos, parece que o jogo de 100 minutos é a nova paixão do presidente da FIFA). A proposta seria já para o Mundial de 2022, quando em Fevereiro foi levantada a ideia. Como não seria possível devido a necessidade de se reunir com a IFAB, a FIFA orientou que as Comissões de Arbitragens de cada país agilizassem mais o jogo. Desse pedido, nasceu a orientação de menores e mais rápidas intervenções do VAR, além de deixar o jogo fluir nas supostas tentativas de cavar falta, não marcando infrações duvidosas ou possivelmente forçadas, melhorando a dinâmica das partidas – tudo para aumentar o tempo de bola rolando.

Para que isso (o jogo de 100 minutos) ocorra ou não no futuro, algumas ideias já foram levantas para 2023/2024 com o propósito de aumentar o “jogo jogado”:

  1. Wenger quer acabar com as cobranças de arremesso lateral com as mãos. Segundo ele, é muito demorado o processo do jogador pegar a bola, posicionar-se, ajeitá-la com a mão, ver o jogo e arremessá-la. A sugestão é: o jogador coloca a bola na linha lateral, e a chuta num tempo máximo de até 5 segundos, evitando uma reversão pela demora ou um possível cartão amarelo (lembram quando se instituiu 6 segundos para um goleiro repor a bola quando a agarra, depois do domínio e equilíbrio)?
  2. Parar o cronômetro quando o VAR for acionado, evitando perder tempo nas consultas (Wilson Seneme, quando esteve na Conmebol, fez exatamente a mesma proposta).
  3. Paralisação do cronômetro em determinadas pausas do jogo, como nas cobranças de faltas. o México já estuda fazer isso, sendo que o quarto-árbitro controlaria o relógio (vide aqui: https://wp.me/p4RTuC-DDI).
  4. Câmeras nos uniformes dos árbitros: a justificativa é que se paralisa muito o jogo tentando explicar as marcações aos jogadores, e as reclamações roubam o tempo da partida. Aí a ideia é atacar dois problemas com uma iniciativa a ser testada: gravar os diálogos, pois isso intimidaria o jogador para que diminuísse o tempo de discussão, e evitaria agressões verbais e físicas.

A respeito dessa última ideia, Gianni Infantinno disse (retirado de seu perfil no LinkedIn):

Há 136 anos, a IFAB tem procurado como proteger o jogo e torná-lo melhor, e parte disso envolve proteger e ajudar os árbitros. Nós os ajudamos através de coisas como var, mas também temos que protegê-los de agressões, que infelizmente ocorrem em muitas partes do mundo. Hoje, os membros da IFAB concordaram em estabelecer iniciativas para enfrentar essas questões, incluindo possíveis julgamentos com câmeras corporais usadas por árbitros no futebol de base adulto. Não podemos ter jogadores, funcionários e às vezes até mesmo pais ou fãs agredindo ou agredindo árbitros. Temos que ser muito firmes e hoje a IFAB deu um passo muito importante nessa direção.

Lembrando: antes, quando o futebol era “mais lento”, eram permitidas duas substituições. Com a evolução e exigência física maior, passou-se a permitir três substituições. Com a precariedade das condições de saúde de muitos atletas, vitimados pela Covid, e as limitações do período pandêmico, abriu-se como exceção a permissão para cinco substituições. Com a “quase-normalidade”, ao invés de voltarmos a ter 3, aprovou-se a continuidade de 5 substituições com até 15 atletas no banco, numa clara demonstração de que se deseja ampliar o tempo de jogo (mais atletas para compensar o desgaste maior)

E aí, o que você acha de tudo isso?

Em tempo: uma novidade: o Português passou a ser mais um dos idiomas oficiais da FIFA. Isso quer dizer: chega de livro de regras com tradução equivocada, como tivemos anos atrás…

Imagem do livro de Regras do futebol mais antigo do mundo, extraído de: https://esporte.ig.com.br

– Meditações no Mês do Sagrado Coração: 15º Dia.

II PARTE OS DESEJOS DO SAGRADO CORAÇÃO O primeiro desejo do Coração de Jesus é a gloria de seu Pai Vinde Espírito Santo Veni, Sancte Spíritus, reple…

Continua em: Meditações – Mês do Sagrado Coração – 15º Dia

– E o Dória?

Quer dizer que o ex-Governador João Dória saiu da vida pública, mas continuará no PSDB?

Anteontem, declarou que largava a Política e voltava à Iniciativa Privada. Fez bem, a gente precisa ser feliz onde é benquisto.

Talvez a vaidade o tenha traído… o Comércio que o diga! Todos os esforços e elogios a fim de acelerar a vacina, sucumbiram com as críticas ao lockdown (ou melhor: pela forma como ele propôs, sem diálogo com os setores).

João Doria sai de cena e deixa política dominada por medíocres - ISTOÉ  Independente

João Doria (Crédito: Valter Campanato/Agência Brasil), extraído de: https://istoe.com.br/joao-doria-sai-de-cena-e-deixa-politica-dominada-por-mediocres/

– Bom dia, 4ª feira (4 de 4).

🌅 05h – Desperte, Bragança Paulista, bem branquinha pela névoa.

Que a quarta-feira possa valer a pena.

(E há de valer – creiamos nisso).

🍃🙌🏻 📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#clouds #nuvens #sky #céu #photo #nature #morning #alvorada #natureza #horizonte #fotografia #pictureoftheday #paisagem #inspiração #amanhecer #mobgraphy #mobgrafia