– Treinadores brasileiros precisam se reinventar.

Leio que Fernando Diniz se diz “melhor” na sua volta ao Fluminense. E isso é ótimo. Se reinventar é necessário para todos nós.

Se surtiu efeito (a frase abaixo na imagem, dita por ele), não sei. Mas gostei da fala (vide):

Tomara que no relacionamento ele também tenha evoluído. Ao menos, com a arbitragem, era péssimo. Mas aí vem outra questão: e os demais técnicos de futebol do Brasil?

Eu me recordo que Tite, num certo momento, parou suas atividades e foi estudar! Se readequou, oxigenou-se, ganhou mais conhecimento… e hoje é o treinador da Seleção Brasileira. Salvo engano, Rogério Ceni, pós-saída do São Paulo, fez a mesma coisa. E por aí vai. Mas me questiono: experientes profissionais, como Abel Braga, Vanderlei Luxemburgo, Felipão, Renato Gaúcho e tantos outros, teriam a mesma percepção de que necessitam de atualização, ou, pelas conquistas alcançadas, não estariam dispostos a aprender mais nada?

O mercado dirá!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.