– Ufa!

Dia 62 de aproximadamente 150 vencidos. Graças a Deus.

Tentando ser “pãe” na ausência da mamãe, que está se sacrificando por todos nós (motivo em: https://wp.me/p4RTuC-Bm4).

Meu dia, assim como ontem, foi difícil. Chega por hoje. Vida que segue.

Até amanhã.

– Gente talentosa merece aplausos.

Há gente muito inteligente e caprichosa. Meu sogro é uma dessas pessoas!

Tempos atrás, ele construiu uma casa na árvore (como é dia de #tbt, a foto apareceu aqui). Repare que bem feita! Isso é dom.

Não tenho talentos, e aplaudo quem tem, como ele.

– O que pensou Paulo Sousa?

O assunto no mundo do futebol hoje é a entrevista que Jorge Jesus deu, quebrando todas as regras éticas e se oferecendo ao Flamengo.

Caso você não tenha lido, estão em postagens anteriores aqui no blog as minhas considerações (ou acesse: https://professorrafaelporcari.com/2022/05/05/jorge-jesus-forcando-a-barra/).

A questão agora é outra: qual a reação do atual treinador Paulo Sousa, quando ouviu tudo isso? Qual o sentimento dele, o juízo que fez do seu compatriota e a expectativa do que o Flamengo faria?

Difícil dizer. Mas que ele deve ter pensado algumas bobagens de JJ, ô se pensou.

– Tiger Mike: o chefe mais rabugento do mundo e suas dicas!

Um dos mais folclóricos empresários americanos de sucesso foi Edward M Davis, dono da Cia Petrolífera Tiger. E um curioso legado de “mau humor” na administração foi deixado por ele, a respeito de comportamento com seus funcionários.

Vale a pena ler esses 10 exemplos impraticáveis nos dias atuais:

Extraído de: https://veja.abril.com.br/economia/dez-mandamentos-do-chefe-mais-ranzinza-do-mundo/

DEZ MANDAMENTOS DO CHEFE MAIS RANZIZA DO MUNDO

Edward Mike Davis, empresário americano do ramo petrolífero, morreu no mês passado, aos 85 anos. Para além de seu histórico de mais de cinco décadas comandando a Tiger Oil Company, Davis deixou um legado – se é que cabe o termo – de “gestão” de pessoas – se é que, mais uma vez, o termo é apropriado – que deu a ele a fama de chefe mais rabugento do mundo.

“Tiger Mike”, como era conhecido – pela alusão ao nome da empresa, que significa tigre, mas também ao temperamento que seus comandados bem conheciam -, distribuía ordens como quem distribuía xingamentos. Seus memorandos se tornaram célebres pelo tom áspero, direto, imperativo.

Se ouvia um palavrão no escritório, lembrava a todos que, em sua empresa, só quem podia xingar era ele, ninguém mais. Se ficava sabendo da existência de rodas de fofoca, fazia circular mais um memorando para ameaçar os mexeriqueiros de demissão sumária. Pés sobre a mesa? Homens com cabelos compridos? Inocentes bolos de aniversário? Todos foram alvo da censura nada polida – e, por vezes, chula – de Tiger Mike.

Conheça a seguir dez mandamentos de Davis que explicitam sua verve. De tão azedos, os memorandos chegam a despertar riso:

“Por ordem de Edward Mike Davis, não haverá mais comemorações de aniversário, bolos de aniversário, frivolidade ou qualquer tipo de comemoração no escritório. Este é um espaço de trabalho. Se você tem que celebrar, faça isso depois do expediente, em seu horário de folga.”

2- Cigarros no trabalho
“Eu sugiro que vocês comprem um número suficiente de cigarros para guardar aqui porque, pelo amor de Deus, vocês não vão sair daqui no horário que me pertence.”

“Eu falo palavrões, mas como eu sou o dono dessa empresa, é um privilégio que tenho – e esse privilégio não é para qualquer empregado. Isso me diferencia de vocês, e eu quero que as coisas continuem assim. Não haverá um só palavrão, de qualquer empregado, homem ou mulher, nesse escritório. Jamais.”

4- Sobre mensagens manuscritas
“Escrever à mão demora muito mais do que datilografar. Você está desperdiçando seu tempo, mas, mais importante, está desperdiçando o meu. Se você não sabe datilografar, é melhor aprender”

5- Cabelos compridos
“Qualquer um que deixe seu cabelo crescer até um ponto que me impeça de enxergar suas orelhas significa que não as lava. Se não as lava, essa pessoa fede. Se fede, eu não quero esse filho da mãe perto de mim.”

7- Fofoca
“Conversa fiada e fofoca entre empregados neste escritório vão resultar em demissão sumária. Não fale sobre outras pessoas ou assuntos neste local. FAÇAM SEUS TRABALHOS E FIQUEM DE BOCA FECHADA!”

8- Sobre dirigir a palavra ao chefe
“Não fale comigo quando você me vir. Se eu quiser falar com você, eu o farei. Quero poupar minha garganta. Não quero estragá-la dizendo ‘oi’ a todos vocês, filhos da mãe.”

Se houvesse resistência a suas ordens, Edward “Tiger” Mike Davis lembrava a todos: “Vocês precisam de emprego. Eu não!” (Ed Maker/The Denver Post/Getty Images)

– Errar deve servir como aprendizado!

Erros dos outros, erros nossos, erros coletivos…

A única (porém importante) vantagem de errar é: aprender com os mesmos a fim de não repeti-los!

Compartilho um interessante texto, extraído de: https://pensamentos.me/2020/05/14/erros-todo-mundo-os-comete-inclusive-voce/

ERROS: TODO MUNDO OS COMETE, INCLUSIVE VOCÊ

Para voar devemos primeiro compreender cada etapa das provas que a vida nos impõe. E nós, começamos compreender isso ainda muito verdinhos, ou seja, criança.

Começamos ralando os joelhos, pouco a pouco o primeiro passo. Depois calculamos até aonde podemos ir sem medo. Claro, precisamos nos resguardar, uma queda é algo sempre muito desagradável. Todavia, a vida começa assim, passo por passo, degrau por degrau e, esses ritos vão se repetindo a vida toda.

Na fase adulta, já se abre as asas, tem-se a capacidade acolher idéias novas, ou seja, nessa fase, surge as inspirações ( o que faz bem aos nossos sentimentos), depois os possíveis benefícios deles e, no finalzinho, se prepara para encarar aquilo nos faz crescer, os erros. Quem não erra? Todos nós. Eu erro muito comigo mesma. E você erra também ou devido a confiança que você tem em si mesmo, isso acontece rara vezes? Errar é humano, como diz o ditado popular. Mas ter condições de superar os erros, faz de nós pessoas marcantes.

É comum as pessoas enganar, assim como, também, às vezes por conta de posicionamentos, extremistas conosco, a gente se engane. Claro, todo mundo erra. Em geralmente, o ser humano errar mais consigo, do que com os outros. Principalmente, porque imagina coisas que são inconsistentes, e que o leva a um estado de frustração.

Quando a pessoa erra com ela própria, o estado emocional fica debilitado. Parece estranho dizer, mas o estresse é uma resposta imediata. Na verdade, isso é uma expressão genuína do nosso estado de espírito. Todavia, se erramos com outras pessoas tentando tirar algum proveito disso, enganamos a nós mesmo, porque nesse caso, se comete o autoengano. Tem pessoas que têm consciência do próprio ato, mas perseguem os seus objetivos assim mesmo.

Muitas pessoas ao fazerem outras sofrerem, elas também sofrem, outras não. Há pessoas que simplesmente não apresentam essa característica que é a empatia, que nada mais significa do que trocar de papel, é ‘ficar no lugar do outro’, sofrer e assim conseguir reconhecer a sua parcela de culpa. Há pessoas que mesmo diante dos seus próprios abismos, não demonstram qualquer manifestação nesse sentido. Por outro lado, há essa riqueza que se manifesta de forma genuína, e reconhece tudo aquilo que faz. Gente que chega e diz ” perdoe-me “. Acredito que essas manifestações curativas deveriam ser aplicadas com mais frequência, porque além de serem agradáveis, faz com se estabeleça um fator importante na relação entre as pessoas, que é a confiança.

Confiar numa pessoa é bom, mas o caminho que leva a isto, advém de um elo. Se o erro é meu, e tenho estrutura para reconhecer esse defeito, chego e demonstro uma postura de que corrigir aquilo é importante pra mim, ótimo. Pois expressa uma característica de valor. É um gesto ligado ao meu caráter, portanto superar tal falha me fará bem, dentre outras coisas, fará com que eu possa acabar me sentindo melhor como pessoa.

O bonito entre essas duas atitudes (erro e acerto), é que saber interpretá-los da maneira correta, transforma a nossa imagem em símbolo de pessoa digna. Isso é muito bom. Diria que nesse caso, até é permitido o vôo livre…porque se percebe que estamos diante de um ser humano preparado.

Isso é importante a cada um de nós, porque o aprendizado fica. E não significa que não se possa errar novamente. Vamos certamente. Todavia a caracteristica que salta os olhos nesse caso é: ter a humildade de reconhecer aquilo que nos faz fracos, falhos como pessoas. Acredite, nunca deixaremos de errar, só quando partimos dessa para um plano superior, mas aí nesse caso,…vira-se anjos! O aprendizado básico é só aqui embaixo.

Bem, o que deixo pra você: os degraus sempre lhes serão difíceis até que você consiga depois de muitas quedas, correr, rir de suas próprias dores, escalar…e finalmente, voar! O segredo é abrir bem as asas, corrigir o que for possível, ter paciência, segurança, inventar um riso…

…quando perceber estará …voando. Os erros servem para isso, para nos impulsar rumo ao melhor.

Marii Freire Pereira

Imagem: Google

Santarém, Pá 14 de maio de 2020

Imagem extraída da Internet, autoria desconhecida.

– 17h30 com Céu lusco-fusco.

Na divisa de Itupeva, muito verde e… muito cinza! 
Um entardecer lusco-fusco não é agradável, principalmente nesta região tão linda.

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#entardecer #sunset #amanhecer #céu #natureza #horizonte #fotografia #paisagem #landscapes #inspiração #mobgrafia #XôStress #nuvens #clouds

– Jorge Jesus forçando a barra para voltar ao Flamengo…

Ao jornalista Renato Maurício Prado, que assistiu o jogo Talleres x Flamengo com Jorge Jesus, o treinador português disse:

— Quero voltar ao Flamengo, mas não depende só de mim. Posso esperar até dia 20. Depois, tenho que resolver minha vida. Esse time ainda mexe comigo. Me incomoda vê-lo em dificuldade.

Que pressão (e que falta de ética)! Só falta o Flamengo sucumbir.

Pisada na bola tal declaração…

Imagem: Reuters.

– When You Assert Your Boundaries, Be Prepared for Others, Especially Bullies, to Accuse You of Having “An Attitude.”

Girl sitting on the ground and drawing personal space. Selective focus Many times, when we set boundaries and refuse to lower our standards, we’re …

Continua em: When You Assert Your Boundaries, Be Prepared for Others, Especially Bullies, to Accuse You of Having “An Attitude.”

– Não dá mais pra ficar doente.

Passei agora na farmácia comprar uma caixa de Tylenol Cafeína. Não estou louco: paguei há pouco tempo R$ 25,00, e hoje está R$ 36,00.

Quase 40% de reajuste?

Meu rendimento não teve esse aumento. Aliás, praticamente se manteve no mesmo valor. Como justificar?

O negócio é voltar a tomar os chás caseiros da vovó…

– O polêmico pênalti de Always Ready x Boca Jrs e sobre a prática de “dar presentes”.

O árbitro Kevin Ortega deu um pênalti duvidoso para o Boca Júnior contra o Always Ready, na Bolívia. O atacante argentino divide com o goleiro boliviano e cai. Na imagem, o pé esquerdo do arqueiro divide a bola com o pé direito do adversário (isso não é pênalti), mas simultaneamente o pé direito do defensor bloqueia o oponente (aí é pênalti).

Se a “prensada” fosse antes, segue o jogo. Entretanto, simultaneamente é infração, sem aplicação de cartão. Dentro da área, é pênalti (lance não tão comum, até porque não foi ríspido).

Tal fato seria minimizado, caso o presidente do time da casa não denunciasse que os árbitros teriam recebido “presentes” do Boca Jrs. Vide a reportagem da ESPN Brasil: https://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/10321810/presidente-do-always-ready-questiona-suposto-presente-do-boca-a-arbitragem-e-cita-penalti-duvidoso-gera-suscetibilidades

Nas fotos, os policiais estão revistando sacolas do Boca com artigos esportivos, supostamente no vestiário da arbitragem. Digo “supostamente”, pois fica a dúvida: como entraram lá?

Se os árbitros estavam em campo, como os policiais adentraram aos seu local reservado? Arrombaram? Alguém pode ter dado a chave ou até mesmo plantado. Ou, por fim: foi um flagrante pós-jogo, com os árbitros lá? E se os bolivianos tivessem vencido?

Muito esquisito…

Mas é comum o costume de receber presentes?

Sim, como souvenires, e TODOS os clubes fazem isso, sem a intenção de “comprar” a arbitragem. Conto algumas passagens curiosas aqui, neste link: https://youtu.be/rpFvKLT_daI

Imagem: Twitter do @BocaJrsOficial, extraído de: https://www.oliberal.com/esportes/futebol/always-ready-x-boca-juniors-onde-assistir-ao-vivo-o-jogo-de-hoje-04-05-pela-libertadores-1.531229

– Lula, Bolsonaro, Zelensky…

Lula deu entrevista à “Time” soltando toda a sua lábia!

Conseguiu justificar a Guerra da Rússia contra a Ucrânia, alegando que Zelensky era tão responsável quanto Putin. Pode? Seria saudade da URSS?

Também disse que Bolsonaro fomenta o racismo. Eu acho o presidente atual fraquíssimo, com vários defeitos e não terá meu voto. Mas não vi nenhum ato racista dele. Qual?

Pobre Brasil… insisto: não temos candidato honesto, competente e que transmita credibilidade.

Lula estampa capa da TIME: 'o líder mais popular do Brasil busca um retorno  à Presidência' - InfoMoney

Imagem extraída de: https://www.infomoney.com.br/politica/lula-estampa-capa-da-time-o-lider-mais-popular-do-brasil-busca-um-retorno-a-presidencia/

– 8 Tópicos para uma Feliz Evangelização!

O jornal O Verbo da Diocese de Jundiaí, em editorial, numa edição passada, trouxe uma interessante matéria chamada: Receita Prática para Evangelizar”.

Baseados na vida de Madre Teresa de Calcutá, a empreendedora hindu Ruma Bose e o executivo americano Lou Faust sintetizaram 8 tópicos para uma evangelização bem sucedida. Veja se não servem para o dia-a-dia também:

1) Sonhe simples, fale com força

2) Para chegar aos anjos, lide com o demônio

3) Espere! E então eleja seu momento

4) Acolha o poder da dúvida

5) Descubra a alegria da disciplina

6) Comunique-se em uma língua que as pessoas entendam

7) Preste atenção no faxineiro

8) Use o poder do silêncio

Alguém duvida que tal caminho ajuda a fazer o mundo um lugar melhor?

Imagem relacionada

Imagem extraída da Internet, autoria desconhecida.

– NY!

Que orgulho! Numa das raras pausas de trabalho da minha querida esposa Andréia, ela foi conhecer a Estátua da Liberdade (clique de hoje).

Ela está em Houston, mas deu um “pulinho” conhecer NY. Estando nos EUA, precisa aproveitar a oportunidade.

Estamos com saudade… que esse período termine logo! Mas que ela curta os passeios também.

– Treinadores brasileiros precisam se reinventar.

Leio que Fernando Diniz se diz “melhor” na sua volta ao Fluminense. E isso é ótimo. Se reinventar é necessário para todos nós.

Se surtiu efeito (a frase abaixo na imagem, dita por ele), não sei. Mas gostei da fala (vide):

Tomara que no relacionamento ele também tenha evoluído. Ao menos, com a arbitragem, era péssimo. Mas aí vem outra questão: e os demais técnicos de futebol do Brasil?

Eu me recordo que Tite, num certo momento, parou suas atividades e foi estudar! Se readequou, oxigenou-se, ganhou mais conhecimento… e hoje é o treinador da Seleção Brasileira. Salvo engano, Rogério Ceni, pós-saída do São Paulo, fez a mesma coisa. E por aí vai. Mas me questiono: experientes profissionais, como Abel Braga, Vanderlei Luxemburgo, Felipão, Renato Gaúcho e tantos outros, teriam a mesma percepção de que necessitam de atualização, ou, pelas conquistas alcançadas, não estariam dispostos a aprender mais nada?

O mercado dirá!

– Os ipês roxos estão de volta!

Voltou a florir!

A estação dos ipês está de volta. Que beleza esse ipê roxo:

Imagem

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
flor #flower #flowers #pétalas #pétala #jardim #jardinagem #flores #garden #flora

– O sabor da Lagosta azul seria igual à normal?

A chance de pescar uma Lagosta Azul e não a tradicional é de 0,00000005%. E há seis anos, no Litoral Brasileiro (Maragogi-AL), um felizardo conseguiu tal proeza.

A dúvida que bateu: e o sabor dela? Qual seria? 

Poucas vezes comi Lagosta (até pelo alto preço). É bom! Mas eu gosto mesmo é de Lagostim (temperado com ervas, na manteiga… hum…) e de Camarão (de todo jeito, pois gosto demais!!!!)

Ops, deu fome. Porém, como esses crustáceos custam caro também, fica difícil experimentar sempre. Entretanto, acho que nunca terei a oportunidade de sanar essa dúvida: os sabores são diferentes entre as duas lagostas?

Aliás, tempos atrás, um cara passou por uma experiência extraordinária: pescou duas LAGOSTAS DE COR AZUL!

Relembrando esse fato raro: https://professorrafaelporcari.com/2016/08/13/lagosta-azul-voce-comeria-uma/

Resultado de imagem para lagosta azul

– Foco na foto.

Duas fotos idênticas, numa focando mais próximo, e na outra, sem essa preocupação: repare na diferença dos prédios, do sol e da tela na janela.

Cada uma tem sua beleza num mesmo amanhecer (07h, hoje). O que vale é: ter bom gosto! E gosto não se discute, se respeita.

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#amanhecer #morning #sol #sun #sky #céu #natureza #horizonte #fotografia #paisagem #landscapes #inspiração #mobgrafia #XôStress #nuvens #clouds

– Como adorar o Santíssimo Sacramento?

Às 5as feiras, a Igreja Católica reserva tal data para adorar Jesus Cristo na Eucaristia. Mas como fazê-lo dignamente?

Abaixo, extraído de: https://catequizar.com.br/guia-para-adoracao-ao-santissimo-sacramento/

GUIA PARA ADORAR O SANTÍSSIMO SACRAMENTO

Uma das frases mais fortes de Jesus no Evangelho é a pergunta que Ele faz aos apóstolos em Getsêmani, quando os vê dormindo: “Não conseguem velar uma hora comigo?”. Em outras palavras, Jesus quis que eles dedicassem uma hora de reparação para combater a hora do mal.

A oração pessoal durante uma hora diante do Santíssimo Sacramento, estando ou não exposto, consiste basicamente nisso: acompanhar o Senhor em seus últimos momentos com o coração, buscando assimilar o seu amor.

É uma hora para aprender de Jesus, agradecer seu sacrifício e corresponder ao seu amor. Neste sentido, a adoração ao Santíssimo Sacramento é uma prolongação da missa.

Estar na presença do Santíssimo é como sair para tomar sol; assim como o sol é fonte natural da energia que dá vida, da mesma maneira Jesus sacramentado é a fonte sobrenatural de todo amor e graça.

Estar na presença do Senhor gera uma amizade íntima com Ele que nos entusiasma na vida – algo que não se alcança com estudos teológicos, por exemplo. É preciso conhecer mais Jesus Cristo, saber mais sobre Ele; e para isso, o trato pessoal com Jesus é fundamental. Recordemos que o verbo “conhecer”, na linguagem bíblica, significa amar.

Na adoração, Jesus nos convida a nos aproximarmos dele, conversar com Ele, pedir-lhe as coisas de que necessitamos e experimentar a bênção da sua amizade.

Essa hora de adoração pode ser oferecida por várias intenções, especialmente pela conversão dos pecadores.

Não existe um roteiro estabelecido pela Igreja para fazer adoração; cada um pode seguir o seu coração nesse momento. No entanto, vale a pena recordar a necessidade do silêncio interior e do recolhimento para estar na presença de Deus, bem como a importância de fazer um ato de fé e tomar consciência da presença de Deus no início da adoração.

Durante a adoração, há algumas devoções especialmente válidas, como ler o Evangelho e meditar sobre o que se leu; rezar a Via Sacra; recitar os mistérios dolorosos do terço; ler e orar sobre algum texto de espiritualidade, rezar com os salmos etc.

Também é de grande proveito espiritual simplesmente estar na presença do Senhor, fazer-lhe companhia, identificar-se com Jesus, oferecer-lhe a dor pessoal para permitir que seu consolo toque o coração e o encha de paz interior, receber sua inspiração divina para encontrar luz nas dificuldades.

Há três recomendações importantes ao fazer a adoração eucarística:

1. Estar atentos. Não dar espaços para as distrações. Desligar o celular, por exemplo.

2. Recordar: não é uma hora de leitura.

3. Estar alerta. Alternar posições: sentar-se, ajoelhar-se, ficar em pé com respeito. O importante é não ficar em uma situação tão cômoda, a ponto de dormir.

Como já foi dito, não existe um “ritual” a ser seguido na hora da adoração. No entanto, o fiel pode levar em consideração a seguinte sugestão de roteiro, que eu particularmente pratico e quero compartilhar:

1. Fazer o sinal da cruz.
2. Oração de preparação (espontânea ou já existente).
3. Leitura espiritual (de livre escolha) e meditação. Lectio divina.
4. O santo terço e/ou Via Sacra e/ou liturgia das horas.
5. Oração pessoal. Privilegiar este momento.
6. Comunhão eucarística espiritual (por meio de uma oração pessoal ou já existente).
7. Contemplação do Santíssimo.
8. Louvores de desagravo e reparação.
9. Oração final (pessoal ou já existente).
10. Sinal da cruz.

Na oração pessoal (ponto 5), que é o momento central, mais do que falar com o Senhor, é importante criar um momento de silêncio, pois o silêncio é capaz de abrir um espaço interior no mais íntimo de nós que permite a ação de Deus, que faz que sua Palavra permaneça em nós, para que o amor a Ele crie raízes em nossa mente, em nosso coração e seja motivação da nossa vida.

Na adoração eucarística, o mais importante é deixar-se amar e abraçar pelo Senhor em cada momento, isto é, entrar em sua intimidade.

Faça uma doação de qualquer valor e ajude a manter o site no ar !

PIX CHAVE EMAIL: doacao@catequizar.com.br
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Imagem extraída do Facebook de Paróquia Santa Helena de Goiás, em: https://m.facebook.com/ParoquiaSantaHelenaDeSantaHelenaDeGoias/videos/adora%C3%A7%C3%A3o-ao-sant%C3%ADssimo-sacramento/153699843412099/