– Ufa!

Dia 70 de aproximadamente 150 vencidos. Graças a Deus.

Tentando ser “pãe” na ausência da mamãe, que está se sacrificando por todos nós (motivo em: https://wp.me/p4RTuC-Bm4).

Hoje produzi bastante conteúdo, trabalhei “legal” e cuidei muito das minhas filhotas. Pude ajudar, à distância, minha esposa. Ou seja: pleno em satisfação. Feliz!

Até amanhã.

– Lyiang Flat? Sobre a vida sobrecarregada dos jovens.

Jovens exaustos, abrindo mão de casamento e filhos, dedicando-se ao trabalho e priorizando uma ou outra responsabilidade, a fim de evitar o stress do cotidiano e levar uma vida mais simples.

Acontece com você tal sentimento?

Veja esse movimento no Sudeste Asiático:

Em: https://www.cnnbrasil.com.br/internacional/exaustos-e-sem-esperanca-jovens-asiaticos-abdicam-de-rotina-sobrecarregada-e-metas-ambiciosas/

EXAUSTOS E SEM ESPERANÇA

Movimento “Lying Flat”, que na tradução literal significa “ficar deitado”, estimula que jovens troquem carreiras desgastantes pela simplicidade

Como um estudante do ensino médio crescendo em uma pequena cidade no leste da China, Li Xiaoming sonhava em se mudar para uma cidade grande onde pudesse ter uma vida melhor. Agora com 24 anos, Li só quer descansar.

Em todo o país, jovens como Li – que pediu para ser referido por esse pseudônimo porque teme a carreira e as repercussões políticas de suas opiniões – estão se cansando da feroz competição por faculdade e empregos, e da implacável corrida de ratos depois de serem contratados .

Eles agora estão adotando uma nova filosofia que chamam de “tang ping” ou “lying flat”, movimento que estimula uma rotina mais tranquila.

A frase aparentemente remonta a uma postagem no início deste ano em um fórum online administrado pelo gigante chinês de buscas Baidu. O autor daquela postagem, agora excluída, sugeriu que, em vez de trabalhar a vida inteira para conquistar um apartamento e valores familiares tradicionais, as pessoas deveriam seguir uma vida simples. Em outras palavras, apenas “fique deitado”.

A conversa sobre “ficar deitado” se espalhou rapidamente pela China, à medida que os jovens enfrentam uma intensa competição pelos empregos mais atraentes, especialmente em tecnologia e outras áreas de ‘colarinho branco’. Enquanto o país reprime a iniciativa privada, entretanto, o público tem se preocupado com o que muitos veem como uma cultura de trabalho estafante. Comum em muitas empresas de tecnologia e startups são as exigências de que as pessoas trabalhem quase o dobro – ou mais – do número de horas em uma semana de trabalho típica.

O interesse em “lying flat (ficar deitado)” explodiu nas redes sociais e atraiu o interesse de censores, que em alguns casos restringiram o uso do termo. Vários meios de comunicação estatais também se opuseram à conversa, sugerindo que os jovens deveriam se esforçar para trabalhar duro em vez disso.

Esse tipo de fenômeno, porém, não se limita à China. Em todo o Leste Asiático, os jovens dizem que ficaram exaustos com a perspectiva de trabalhar duro por uma recompensa aparentemente pequena.

Na Coreia do Sul, os jovens estão desistindo do casamento e da casa própria. No Japão, eles são tão pessimistas sobre o futuro do país que estão evitando posses materiais.

À medida que mais jovens ficam frustrados com a pressão implacável, eles dizem que querem – e em alguns casos estão – desistindo dos ritos de passagem convencionais, como se casar ou ter filhos.

Mercado competitivo

Li passava todos os dias no colégio estudando. Em seu vestibular, sua pontuação o colocou entre os melhores entre todos os alunos do último ano do ensino médio na província de Shandong. Ele está fazendo mestrado em uma das três principais faculdades de Direito da China e espera conseguir um emprego em um prestigioso escritório de advocacia internacional com sede em Pequim.

Mas quando se candidatou a empregos de pós-graduação e estágios em março, foi rejeitado em mais de 20 escritórios de advocacia internacionais na China. Em vez disso, ele se contentou com uma posição de trainee em um escritório de advocacia nacional.

“A competição entre eu e outros estagiários era muito intensa”, disse Li. “Quando vejo estudantes que ainda estão tentando entrar em prestigiosos escritórios de advocacia internacionais, me sinto exausto e sem vontade de lutar com eles”.

O estilo de vida “tangível” começou a ressoar com ele. Cansado de tentar chegar ao topo, Li decidiu “ficar deitado” fazendo o mínimo em seu estágio.

“Muitas pessoas que eram melhores do que eu trabalhavam mais arduamente do que eu, por isso me sentia ansioso”, disse ele. “‘Tang ping’ é … lutar contra o status quo, não ser ambicioso, não trabalhar tanto.”

Os defensores deste movimento também desenvolveram uma filosofia que vai além da postagem inicial do Baidu. Em um grupo na plataforma social Douban, alguém postou um manifesto descrevendo as características do estilo de vida “tangente”.

“Não vou me casar, comprar uma casa ou ter filhos, não vou comprar uma bolsa ou usar um relógio”, dizia o “manifesto”. “Vou afrouxar no trabalho … Sou uma espada cega para boicotar o consumismo.”

O grupo acabou sendo banido, depois de atrair milhares de participantes. Uma hashtag para o termo também foi censurada no Weibo, a versão chinesa do Twitter.

As pressões que os jovens enfrentam na China são altas. Um recorde de 9,09 milhões de estudantes se formou em universidades ou faculdades este ano, de acordo com dados do Ministério da Educação da China.

Mesmo depois de encontrar empregos, muitos trabalhadores lamentam os horários de trabalho intensos, especialmente em grandes empresas de tecnologia. A cultura, conhecida como “996”, refere-se ao trabalho das 9h às 21h, seis dias por semana. A cultura de trabalho excessivo foi criticada pelo tribunal superior da China na quinta-feira. Ela convocou empresas de uma série de setores que violavam as regras trabalhistas, incluindo uma empresa de postagens, não identificada, que ordenou aos funcionários que trabalhassem 996 horas.

Muitos jovens trabalham para essas empresas, de acordo com Terence Chong, professor associado de economia da Universidade Chinesa de Hong Kong (CUHK).

“Eles competem entre si”, disse ele. Portanto, mesmo que nem todos queiram trabalhar nessas horas, eles podem se sentir compelidos a fazê-lo para manter o ritmo.
Essas tensões não se limitam ao setor de tecnologia. Tony Tang – um professor universitário de 36 anos em Guangdong – disse estar cansado de trabalhar 12 horas por dia, sete dias por semana.

“Acho que estou sobrecarregado de trabalho”, disse Tang, que pediu para ser referido pelo pseudônimo de Tony Tang porque temia sofrer repercussões por suas opiniões. “Eles consideram o trabalho duro um tipo de coisa que o povo chinês deve fazer.”

O aumento do custo da habitação está aumentando a pressão. Medido por metro quadrado, o custo médio de uma unidade em um prédio residencial em Pequim mais que dobrou nos seis anos até 2019, de acordo com o Escritório Nacional de Estatísticas da China. No mesmo período, o rendimento médio anual disponível na cidade aumentou 66%.

“Não importa o quanto eles trabalhem, é muito difícil comprar uma casa”, disse Chong, da CUHK. “Em uma sociedade [onde] você vê alguma esperança, se você trabalhar duro, então você pode … comprar [uma] casa e assim por diante, então você pode trabalhar duro. Mas a questão é se você não consegue ver nenhuma esperança, então você quer ‘ficar deitado’.”

Desistindo de namoro, casamento e filhos

Embora “ficar deitado” seja uma tendência relativamente nova na China, os jovens de outras partes do Leste Asiático dizem que há anos lutam contra frustrações semelhantes. Com apenas 22 anos, Shin Ye-rim desistiu de se casar, ter filhos ou ter uma casa.

“Acho que o maior problema é que os preços das casas estão subindo muito”, disse Shin, que estuda na prestigiosa Universidade Yonsei em Seul. Ela acrescentou que não sabia se poderia sustentar financeiramente uma criança.

Em 2011, um jornal sul-coreano cunhou a palavra “sampo” – literalmente “desistir dos três” – para descrever uma geração que desistiu de namorar, casar e ter filhos.

Em 2014, as relações interpessoais e a casa própria foram acrescentadas a essa lista, dando origem à geração “opo”, ou “desistir de cinco”. Mais sacrifícios foram adicionados desde então, eventualmente dando origem ao termo “n-po”.

Exaustos e sem esperança, jovens asiáticos abdicam de rotina sobrecarregada  e metas ambiciosas | CNN Brasil

Imagem extraída de: https://www.cnnbrasil.com.br/internacional/exaustos-e-sem-esperanca-jovens-asiaticos-abdicam-de-rotina-sobrecarregada-e-metas-ambiciosas/

– Gestão ou Administração de Empresas?

Admiro muito o professor Stephen Kanitz. Tenho livros dele e o sigo no Twitter (e ele me segue, dá para acreditar? Me sinto orgulhoso!).

Recentemente, ele tratou em seu blog sobre as diferenças entre “Gestão das Empresas” e “Administração de Empresas”. Para a maioria, gerir e administrar são as mesmas coisas. Entretanto, Kanitz diferencia os modos de administrar no século 21 e gerir no século 16.

Para os Administradores de Empresas, um ótimo artigo! Abaixo:

Extraído de: http://blog.kanitz.com.br/2011/03/gest%C3%A3o-ou-administra%C3%A7%C3%A3o-qual-%C3%A9-a-diferen%C3%A7a-.html?

GESTÃO OU ADMINISTRAÇÃO. QUAL A DIFERENÇA?

Por Stephen Kanitz

Administradores invariavelmente usam o termo Administração, e não Gestão. Afinal, ninguém estuda quatro anos ou mais, segue os princípios éticos e o juramento da profissão, para jogar fora o termo tão duramente conquistado.

Gestão normalmente é usado por aqueles que não são formados, e pior, que não acreditam que Administração acrescente muito valor à sociedade.

Gestão não vem de Gerar ou Gestação. Administrar não é levar a termo nove meses um projeto, como muitos acreditam.

Gestão vem de Gesto, Gesticulação. Eram aqueles que gesticulavam, que apontavam com o dedo indicador onde o carregamento de alimentos deveria ser deixado ou estocado. Coloque este fardo aqui.” “Coloque este outro ali.”

Lembre-se que administrar, controlar e cuidar dos estoques estratégicos de comida era uma das primeiras funções administrativas da humanidade.

Os “Gestores” indicavam onde os escravos deveriam colocar os fardos que estavam entregando. 

Gestores ainda usam termos como “indicadores” de produção, “apontar” uma solução, “apontamentos” de uma reunião, remanescentes da época em que administrar era basicamente apontar com o indicador a direção a seguir.

“Contratos de Gestão”, técnica que gestores adoram, são apontamentos escritos em contrato, onde “indicadores” de desempenho são previamente acordados pelo “dirigente”. Apontam com o indicador o que querem que seja cumprido. 

Isto não é Administração do Século XXI, isto é gestão do Século XVI que ainda usamos nas empresas estatais e empresas de gestão familiar. 500 anos de atraso administrativo.

Se você usa ainda o termo Gestão, cuidado. Você está mostrando para todo mundo que acredita que administrar é dar ordens para subordinados onde colocar isto e onde colocar aquilo. Mas administração moderna é muito mais do que isto, nem preciso relembrar.

Portanto, preste atenção quem são aqueles que ainda usam o termo Gestão.  E reze.

bomba.jpg

Reprodução da Internet, imagem comum na Web, autoria desconhecida.

– Disney e a genealogia da Família Pato.

Sou apaixonado pelas HQs (histórias em quadrinhos) da Disney e do Mauricio de Sousa. E fuçando meus gibis, encontrei a edição comemorativa dos 40 anos do Tio Patinhas!

E sabe o que tem de tão especial nela?

Toda a árvore genealógica da Família Pato!

Quem são os pais do Huguinho, Zezinho e Luisinho? Por que Donald, Peninha e Gastão são primos? E o parentesco com a Vovó Donalda, de onde vem?

Uma raridade! Olhe aqui abaixo:

– Otimismo, Pessimismo ou Equilíbrio?

Uma verdade inconteste:

O pessimista olha para o chão e bate a cabeça. O otimista olha para cima e tropeça. O realista olha para frente e corrige seu caminho.”

Autor desconhecido

Concorda?

bomba.jpg

Imagem extraída da Internet, autoria desconhecida.

– Sunset

🇺🇸 Among trees, the beautiful sun says goodbye after another day of life. That nature inspires us in this daily toil… / 🇧🇷 Entre árvores, despede-se o sol tão bonito depois de mais um dia de vida. Que a natureza nos inspira nesta labuta diária…

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby

– Fazendo as Pazes com suas Sombras

Seja amigo de você mesmo!

Leia que texto maravilhoso sobre esse tema, extraído de: https://freefontsdownloads.wordpress.com/2021/05/20/retroking-font/

Todos nós temos sombras que estão sempre a nos obscurecer. Pode estar um dia lindo lá fora, mas há uma opressão no nosso peito, como uma corrente que… (cont em: Fazendo as Pazes com suas Sombras).

– A Juventus-ITA tentou, mas o Paulista fez melhor!

Ponto para o Galo!

Vejam a nova camisa da Juventus de Turim: as listras pretas lembram trechos trafegados e marcados por pneus (motivo: o clube é patrocinado pela Jeep, que é uma das marcas da Fiat, dona da própria Juve).

Eu prefiro a camisa do Paulista, onde as listras lembram os trilhos de ferrovia (origem histórica do clube).

E você, qual prefere?

– Maconha ao Volante.

Repost de 3 anos:

Ouvi e me assustei: o jornalista Junior Barranqueiros entrevistou em seu programa na Rádio Cidade, nesta última sexta-feira, o famoso toxicologista Dr Anthony Wong, a respeito do uso de narcóticos por motoristas. E a coisa é muito pior do que se pode imaginar.

Sem querer comparar com o álcool, mas se prendendo pelas populares maconha, cocaína e crack, o especialista falou sobre os riscos altíssimos para a segurança do trânsito por uso das drogas. Citou por exemplo um experimento com pilotos de avião: em simuladores de voo, após fumar um cigarro de maconha, somente depois de 6 horas os comandantes conseguiram aterrisar com segurança!

E tem gente que ainda quer amenizar o uso dos entorpecentes… vida saudável deve ser sempre defendida, sem qualquer uso de drogas, sejam elas quais forem.

Resultado de imagem para drogas no volante

Imagem extraída da Internet, autoria desconhecida.

– As novas taxas de Arbitragem para a Copa do Brasil.

O blog do Marçal (http://marcalneles.blogspot.com) conseguiu os valores atualizados das taxas de arbitragem para a Copa do Brasil. E, para os jogos finais, impressionam os valores!

Não sei se já existe a influência de Wilson Seneme, mas os reajustes são consideráveis. Nunca os árbitros tiveram tal soldo: mais de R$ 11.000,00 (sem as diárias e outros incrementos) para apitar a final da competição.

Olhem só e calculem: sem os extras (isso é importante), a arbitragem custará na decisão de 2022 no mínimo R$ 53.910,00 (considerando 5º árbitro e AVAR 3 sendo escalados, na equipe de 14 pessoas – mas repare na tabela abaixo que há a possibilidade de outros profissionais sendo citados, ao custo de R$ 1.330,00 cada). Em 2021, foram 18 pessoas escaladas, e com essa tabela, o valor atualizado seria de R$ 59.230,00.

Porém, repare ainda mais que, de acordo com o Borderô de Grêmio x Palmeiras na final de 2020, o valor gasto com a arbitragem passou de R$ 120.000,00, devido aos impostos, fiscais de campo, estadias e outras despesas. Vide aqui: https://conteudo.cbf.com.br/sumulas/2020/424119b.pdf

Tem que apitar muito bem mesmo, né?

– Televisão e Internet como fonte de Conhecimento: qual é a melhor?

Para os mais ingênuos, é a televisão a principal fonte de conhecimento, pois ela separa o que uma pessoa menos intelectualizada quer saber e dá a informação pronta, sem a necessidade do telespectador decifrá-la ou investigá-la. Já os mais inteligentes buscam na Internet, mas as filtram.

Calma, essa opinião é de Umberto Eco, grande pensador italiano, falecido recentemente. Ele disse que:

A Internet ainda é um mundo selvagem e perigoso. A imensa quantidade de coisas que circula é pior que a falta de informação (…) [Se você] é rico em conhecimento, pode aproveitar melhor a Internet do que aquele pobre senhor que está comprando salame aí na feira. Nesse sentido, a televisão é útil para o ignorante, porque seleciona a informação de que ele poderia precisar, ainda que ele seja um idiota. A Internet é perigosa para os ignorantes (…)

Você concorda com o ponto de vista dele?

(entrevista concedida a Luís Antonio Giron, Revista Época, 02/01/2012, pg 46-47).

Televisão versus Internet - TecMundo

Imagem extraída de: https://www.tecmundo.com.br/televisao/4354-televisao-versus-internet.htm

– Dia de Nossa Senhora de Fátima!

Hoje é dia de Nossa Senhora de Fátima, invocação à mãe de Deus quanto às suas aparições em Fátima, Portugal.

Embora alguns confundam, vale ressaltar: todas as “Nossas Senhoras” que conhecemos são a mesma Maria, Virgem nascida em Nazaré, escolhida pelo Pai para gerar o Filho, pela graça do Espírito Santo. E a ela são atribuídos adjetivos: de Fátima, Aparecida, da Piedade, do Desterro, da Conceição, e aí por diante.

NOSSA SENHORA

Cubra-me com seu manto de amor
Guarda-me na paz desse olhar
Cura-me as feridas e a dor me faz suportar
Que as pedras do meu caminho
Meus pés suportem pisar
Mesmo ferido de espinhos me ajude a passar
Se ficaram mágoas em mim
Mãe tira do meu coração
E aqueles que eu fiz sofrer, peço perdão

Se eu curvar meu corpo na dor
Me alivia o peso da cruz
Interceda por mim minha Mãe, junto a Jesus

Nossa Senhora me dê a mão
Cuida do meu coração
Da minha vida, do meu destino

Nossa Senhora me dê a mão
Cuida do meu coração
Da minha vida, do meu destino
Do meu caminho
Cuida de mim

Sempre que o meu pranto rolar
Ponha sobre mim suas mãos
Aumenta minha fé e acalma o meu coração
Grande é a procissão a pedir
A misericórdia, o perdão
A cura do corpo e pra alma, a salvação
Pobres pecadores oh Mãe
Tão necessitados de Vós
Santa Mãe de Deus, tem piedade de nós
De joelhos aos Vossos pés
Estendei a nós Vossas mãos
Rogai por todos, nós Vossos filhos, meus irmãos

Nossa Senhora me dê a mão
Cuida do meu coração
Da minha vida, do meu destino
Do meu caminho
Cuida de mim…

Para o Vídeo da canção, clique em: http://letras.terra.com.br/roberto-carlos/48639/

aparicao-de-nossa-senhora-de-fatima-2.jpg

Imagem extraída da Internet, autoria desconhecida.

– O chororô de Rodrigo Caetano após Red Bull Bragantino x Atlético Mineiro.

O árbitro Bráulio da Silva Machado quase cometeu uma bobagem muito grande no jogo Red Bull Bragantino 1×1 Atlético Mineiro: o Galo estava no ataque, Guilherme Arana chutou para o gol (em posição de impedimento) e Léo Ortiz salvou em cima da linha, na bola que bateu na barriga e resvalou no braço (em movimento natural).

O bandeira bobeou e não marcou o impedimento do jogador atleticano, e Bráulio equivocadamente marcou pênalti e expulsou o jogador bragantino. Após 6 minutos de paralisação, alertado pelo VAR, o pênalti (que não existiu) foi desmarcado, o cartão vermelho retirado e o impedimento confirmado. Tudo corrigido pela intervenção certeira do árbitro de vídeo.

Rodrigo Caetano, diretor do Atlético Mineiro, disse que reclamará formalmente contra a arbitragem na CBF pois o seu time é constantemente prejudicado. E acrescentou:

“É um absurdo. Todos nós sabemos a regra. A gente faz um investimento, temos consultor de arbitragem, que informa não só as regras, mas também as orientações. Não sei se mudou a orientação com o Seneme (Wilson, presidente da Comissão de Arbitragem da CBF). Acho importante ele dizer. Verdade seja dita, é inacreditável o lance que foi anulado, o pênalti, o cartão vermelho, que certamente mudariam a história do jogo”.

Não deu para entender onde ele quer chegar, já que, se ele crê que o lance foi pênalti (não foi, a câmera frontal é perfeita na imagem), ainda assim o impedimento, anterior ao lance, anulou toda a sequência.

Assista a jogada em: https://ge.globo.com/futebol/video/aos-19-min-do-1o-tempo-impedimento-de-guilherme-arana-do-atletico-mg-contra-o-bragantino-10567454.ghtml

O que me irrita é: quantos pênaltis inexistentes foram marcados a favor do Atlético, de maneira inexistente, recentemente? Houve reclamação do Sr Rodrigo Caetano por melhora na arbitragem quanto a eles? No primeiro jogo da Libertadores, onde o Atlético foi beneficiado contra o América, teve alguma declaração? Hulk agrediu dias atrás seu adversário e recebeu apenas o Amarelo. O Galo foi à CBF pedir arbitragens melhores?

A verdade é: os clubes pedem melhoras na arbitragem só quando elas erram contra eles (a favor, nunca). Não há interesse em melhorar, por parte dos cartolas… E, muitas vezes, reclamam (como nesse caso específico do jogo do Red Bull Bragantino) até sem razão, somente para justificar o desempenho ruim.

Lamentável… falamos sobre isso em: https://pergunteaoarbitro.wordpress.com/2022/05/03/quando-erra-a-favor-nao-protesta-tambem-cade-a-coerencia-cam/

Red Bull Bragantino x Atlético-MG: prováveis escalações, desfalques, onde  assistir, opiniões e palpites

Arte da imagem extraída de: https://esportenewsmundo.com.br/red-bull-bragantino-x-atletico-mg-provaveis-escalacoes-desfalques-onde-assistir-opinioes-e-palpites-2/

– Abolição da Escravatura: E aí?

Hoje se recorda a Abolição da Escravatura do Brasil. Mas muitas teorias absurdas de pseudo-intelectuais ainda ganhavam coro na Europa, como a do iluminista escocês David Hume, que no longíquo 1770 dizia:

Que negros sejam naturalmente inferiores aos brancos”.

Idiotice da época. A cor da pele nada faz para que se mude a dignidade das pessoas. Mundo afora tivemos racismos históricos. A escravidão no Brasil é exemplo clássico.

Porém, em 13 de maio de 1888 a Princesa Isabel aboliu a escravatura. Foi a salvação para os negros?

Nada disso. Foi uma demagoga lei. No dia 12, eles dormiam em Senzalas e se alimentavam muito mal. No dia 13, foram livres e ficaram sem casa e sem comida.

Claro, o acerto foi a proibição da exploração. O grande erro foi a falta de assistencialismo da Lei, que deixou os pobres escravos ao Deus-dará.

Fica a histórica indagação: a Princesa Isabel bobeou e não pensou no futuro dos ex-escravos, ou simplesmente fez politicagem para ganhar os louros da fama?

Imagem extraída de: https://www.em.com.br/app/noticia/especiais/educacao/enem/2016/05/13/noticia-especial-enem,762306/128-anos-da-abolicao-da-escravidao-no-brasil.shtml

– A beleza do lago!

A minha foto “campeã” desta 6a feira aqui: o amanhecer à beira do lago do Taboão, na aprazível Bragança Paulista.

É para se inspirar com uma manhã tão radiante, ou não? Veja:

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#amanhecer #morning #sol #sun #sky #céu #natureza #horizonte #fotografia #paisagem #landscapes #inspiração #mobgrafia #XôStress #lago #lake

– Golden Morning.

Um amanhecer dourado é sempre muito bonito, não? Aqui: Bragança Paulista, às 07h.

Registrá-lo com a câmera é um desafio. Ou melhor: um prazer!

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#amanhecer #morning #sol #sun #sky #céu #natureza #horizonte #fotografia #paisagem #landscapes #inspiração #mobgrafia #XôStress #nuvens #clouds