– Liberdade no meio da Tempestade?

Não é um trocadilho qualquer: viram o registro dos raios que atingiram a Estátuda da Liberdade?

Um clique impressionante. Vejam só:

lcJdD7IK

– Mário do Tik Tok?

Há uma rede social que é febre entre os jovens: a chinesa Tok Tok, onde os adolescentes se divertem e também alguns adultos. São vídeos rápidos e de diversos temas.

Nela, há um brasileiro chamado Mário Jr, que ficou conhecido como o “sedutor do Tik Tok”. Ele se destacou por vídeos onde faz “cara de galã” com conversas fictícias em que tenta paquerar garotas.

Eu não acesso a essas coisas, pois não curto e nem tenho tempo. Lógico, respeito quem curta. Entretanto, vejo sites e blogs detonando Samy Dana e o Programa Pânico, pois quando participou de uma pequena entrevista lá, Mário disse que tinha largado os estudos. Samy, num óbvio conselho (eu faria a mesma coisa), orientou-o a voltar aos estudos (por ser algo importante a todos) – e os participantes brincaram entre si sobre a relevância do Tik Tok na vida deles. Tudo normal.

O que tem de crítica… que bobagem!

Não existiu humilhação alguma, o jovem teve oportunidade para dizer o que queria, ninguém o deixou constrangido e ele próprio, Mário Jr, estava tímido por estar não ar. Mas o assunto ganhou uma dimensão absurda. Pode?

Coisas inacreditáveis como essa (a “desnecessária polêmica”) tomam corpo por um fato: fãs adolescentes do garoto!

O que faz as Redes Sociais hoje, não?

Mario Júnior, do TikTok, quer combater o machismo

– A vacina há de chegar!

Por mais que se faça muito barulho se a vacina pioneira contra o Coronavírus será do laboratório americano Pfizer, ou da chinesa Sinovac ou ainda da respeitada universidade inglesa de Oxford, o importante é que ela já deve estar “quase pronta”.

Alguém duvida?

Testar em massa é a fase mais difícil. Como está sendo feito agora, é provável que estejamos nos “finalmente”. Ufa!

O importante é: que tenhamos a vacina em breve, não importa a sua nacionalidade.

Vacina chinesa contra Covid-19 é segura e induz resposta imune ...

– Nosso fim é o que nos motiva a viver?

Puxa… eu li, anotei e não consegui descobrir o autor desta frase inspiradora:

“Compreender nossa finitude pode nos ajudar a ter uma vida mais plena”

E não é verdade?

Se sabemos quando deixaremos de viver, começamos fazer a vida valer com mais intensidade! Não nos intimidamos com uma série de coisas pois, logicamente, o fim estaria determinado.

Não deveria ser sempre assim, ou seja, viver com mais intensidade a vida?

Processo de finitude - SINJUS MG

 

– É melhor estar desempregado (mas feliz) ou trabalhar “contrariado”?

Àqueles que estão com dificuldades na relação profissional, um importante estudo conclui: vale mais ser desempregado do que estar em emprego ruim.

Respeitando a pesquisa científica, mas… E quem paga as contas depois?

Abaixo, extraído de Superinteressante, Ed 258, pg 22, por Fernando Badô e Bruno Garattoni

FICAR DESEMPREGADO É MELHOR DO QUE SOFRER NO TRABALHO

Sabe aquele seu vizinho que não trabalha, mas vive sorrindo? A explicação pode estar em um estudo realizado por cientistas australianos, que acompanharam 7155 homens e mulheres entre 20 e 55 anos de idade e concluíram: ficar desempregado, seja por vontade própria, seja por demissão, pode aumentar o nível de felicidade das pessoas.

Ao longo de sete anos, os pesquisadores aplicaram questionários para medir o grau de felicidade dos voluntários, cujos empregos também foram analisados em quatro aspectos: nível de desafio, grau de autonomia, salário e perspectivas de carreira. O objetivo era determinar quais empregos eram bons ou ruins.

As pessoas que estavam trabalhando, em bons empregos, eram sempre as mais felizes – marcando em média 75,1 pontos na escala criada pelos cientistas. Em seguida vinham os desempregados e os trabalhadores com empregos ruins, ambos com 68,5 pontos. Empate. Então desemprego é a mesma coisa que emprego ruim, certo?

Errado: o desemprego é melhor. Ao longo do estudo, quem trocou o desemprego por um emprego ruim viu sua felicidade cair ainda mais, perdendo seis pontos a cada ano. Já quem continuou sem fazer nada perdeu apenas um ponto.

Ou seja: ficar sem emprego é ruim, mas sofrer no trabalho é ainda pior. “O emprego ruim faz a pessoa perder saúde mental”, diz Peter Butterworth, psiquiatra da Universidade Nacional da Austrália e coordenador da pesquisa.

Resultado de imagem para feliz no trabalho?

– Afinal: quem autorizou EQUIVOCADAMENTE a pintura da área de meta da Arena Corinthians?

A Regra 1 do Futebol (Campo de Jogo) regula as medidas e condições do gramado e seus arredores. Ela é bem clara quanto à nitidez e limpeza do gramado para a realização de uma partida oficial.

Não pode existir nada além das linhas de demarcação, pinturas delas e postes / travessão. Não se deve ter nenhum patrocinador pintado com tinta ou aparentando suas letras com o corte da grama.

Tudo isso se estende também ao organizador do torneio, dono do estádio ou mandante da partida. Portanto, além deles não poderem mostrarem seus nomes e/ou marcas, eles não têm poder para dar autorizações a outras pessoas fazerem algo.

Acontece que a Arena Corinthians, em Itaquera, amanheceu pichada no dia do jogo entre Corinthians x Palmeiras. Na grande área, a inscrição 8×0 como chacota ao time do Parque São Jorge (fazendo alusão de uma vitória graúda do Palmeiras tempos atrás).

Na hora da partida, para surpresa de todos, as áreas de meta apareceram pintadas com as inscrições iniciais do Sport Club Corinthians Paulista: SCCP. E isso, evidentemente, não pode.

Diz-se que existiu uma autorização especial da FPF para que elas (as áreas de metas) fossem pintadas com as letras. Até às 09h00 desta 5a feira, não há nenhuma informação no site, tampouco relato em súmula ou documento do jogo. Mesmo que apareça essa permissão depois deste horário (devido a repercussão), NÃO É PERMITIDO FAZER ISSO.

Quem autorizou? Por quê passou-se por cima da Regra do Jogo? Por quê não foi exposta  publicamente essa suposta permissão antes do jogo? E “suposta”, lógico, porque ninguém a viu.

Se o gramado foi pichado, poderia-se pintar de verde por cima da pichação. Se faz isso com certa frequência para esconder as falhas do “gramado careca” em muitas praças esportivas, por quê não para esse momento? Ou, simplesmente, não se poderia cortar a grama daquele espaço um pouco mais baixa?

Tempo hábil para fazer a correção, havia. Afinal, ontem, na hora do almoço, a Rádio Jovem Pan mostrou em sua programação um funcionário do Timão limpando o vandalismo. Veja esse foto:

Será que até à noite o espaço não estaria limpo? Dizer que o SCCP desenhado no chão foi um subterfúgio para disfarçar os numerais 8 e 0 não parece razoável, já que, como se vê, era possível deixar tudo verde. Quem teve a ideia de pintar letras, depois de apagados os números?

Se foi uma provocação ou não, ou simplesmente uma solução caseira, não importa. O que vale questionar é: por quê autorizou-se? Ana Paula de Oliveira, a presidente da CEAF-SP, certamente não foi consultada pois ela conhece as regras.

Cuidado para não se criar um mecanismo perigoso: autorizar algo ilegal, criando um precedente para que alguém “auto-vandalize” um pedaço do gramado a fim de fazer alguma alegoria como desculpa de “dificuldade de apagar”.

Por fim: se existiu a tal “permissão especial” (irregular devido as Regras e desnecessária por conta de que poderia ser apagado o 8×0), não custava nada que o árbitro Raphael Claus fosse zeloso e relatasse em súmula que estava autorizado.

Boa comunicação nunca fez mal a ninguém….

Em tempo: esteticamente, assistindo o jogo, percebe-se que qualquer pintura adicional, especialmente na pequena área, atrapalha a visualização da bola por parte de quem assiste. E, aproveitando: ninguém vai anular o jogo por causa disto, mas vale observar as coisas corretas. Será que o TJD-SP multará simbolicamente alguém?

Acréscimo: Renata Ruel, da ESPN, também à noite, observou e comentou essa irregularidade publicando o print abaixo:

5F972BAC-57C7-43F5-9330-6F88C6B1979A

 

– A redução da carga tributária nos impostos trabalhistas versus a “Nova CPMF Eletrônica”: valerá a pena?

Paulo Guedes, Ministro da Economia, está propondo uma espécie de “troca de impostos”, e isso tem sido algo muito polêmico!

A ideia é: reduzir a carga tributária dos impostos trabalhistas (unificando, por exemplo, PIS e COFINS), diminuindo os custos para o empregador e os descontos do empregado (isso ajudaria a diminuir a informalidade e, em tese, ajudaria também na desoneração do contratante e um melhor salário para o contratado).

Entretanto, não existe “almoço grátis”! O Governo não quer perder a arrecadação, e em contrapartida de tudo isso, se criaria um imposto sobre transações eletrônicas, uma espécie de “CPMF do e-commerce” / cartão de crédito”, taxando em 0,2% por evento.

Para você: a ideia é boa ou não?

Particularmente, sou sempre contra a criação de qualquer tributo / imposto…

– Boa 5a feira, amigos!

👊🏻 Olá pessoal!
Mais um dia de vida para poder cumprir os desígnios que nem nós sabemos. Para termos tempo para tudo, vamos correr?
🏃🏻👟 #Fui #RunningForHealth #run #cooper #training #corrida #sport #esporte #running
Clique 1:

🙏🏻 Correndo e Meditando no dia de #SantaBrígida, celebrada hoje, que tanto trabalhou para o auxílio dos mais necessitados.
Ó Santa Brígida da Suécia, rogai por nós que recorremos a vós. #Amém.
⛪😇 #Fé #Santidade #Catolicismo #Jesus #Cristo #Maria #NossaSenhora #PorUmMundoDePaz #Peace #Tolerância #Fraternidade
Clique 2:

🌺 Fim de #cooper!
Suado, cansado e feliz, alongando e curtindo a beleza da #natureza. E este botão de #flor tão belo?
🏁 🙆‍♂️ #corrida #treino #flor #flower #flowers #pétalas #pétala #jardim #jardinagem #flores #garden #flora #run #running #esporte #alongamento
Clique 3:

🌅 Desperte, #Jundiaí.
Que a #QuintaFeira possa valer a pena!
🍃🙌🏻 #sol #sun #sky #céu #photo #nature #morning #alvorada #natureza #horizonte #fotografia #pictureoftheday #paisagem #inspiração #amanhecer #mobgraphy #mobgrafia
Clique 4:

Ótima jornada para todos!

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby

– Trabalho incessante e Descanso “de plantão”.

CARREIRA – O desafio de saber até onde os limites devem existir: o “extra do trabalho” por conta dos pedidos via WhatsApp e a questão do descanso interrompido.

Em: https://www.youtube.com/watch?v=ZTWLdA8dsHI

– Quero ter o ânimo e a pureza das crianças!

Meu sobrinho Miguel “é o cara”. Ou melhor: “é o carinha”!

Olhe ele no melhor estilo Rock’n Roll brincando com o tio Rafa (como ele gosta de me chamar). O pique dele é contagiante!

Ainda, vale sua risada e seu lindo sorriso no “Teatro do Cebolinha”. Abaixo,

No link em: https://youtu.be/NkQozcQ9S-A