– Contratar, Demitir e… Decidir!

Essas 3 situações acima citadas são de momentos de atenção extrema aos administradores. Evitar injustiças, julgar ou deliberar sobre pessoas é algo delicado.

Sendo assim, compartilho ótimo texto sobre como grandes executivos se portam nessa hora e as dúvidas que permeiam as decisões de demissão, admissão e promoção nas organizações.

Extraído de: Revista Época Negócios, Ed 48, pg 38

AS INDECISÕES DO DECISOR

Por Karla Sportono

Não era moleza nem para Jack Welch, o administrador do século (passado), com um currículo de 20 anos como CEO da GE. De todas as responsabilidades de um executivo, a mais complexa é deliberar sobre a equipe, a começar pela montagem dela. “Tomar decisões sobre pessoas é difícil. Acertar nas grandes decisões é brutalmente difícil”, afirmou Welch, certa vez, ao argentino Claudio Fernández-Aráoz, sócio da consultoria suíça Egon Zehnder e headhunter com mais de 20 mil profissionais entrevistados na bagagem.

“O ser humano tem dois problemas, um de software e outro de hardware”, afirma Aráoz, autor do best-seller Grandes Decisões sobre Pessoas. “Nossa educação formal não nos prepara para decidir. Estudamos finanças, marketing, mas não como tomar grandes decisões.” Esta é, digamos assim, a falha de programação. Já o equipamento problemático é nosso cérebro, que Aráoz considera antiquado. “Ele está condicionado a tomar decisões o mais rápido possível diante de qualquer desafio ou ameaça.” Isto nem sempre é positivo, já que o julgamento prematuro tende a resultar em escolhas erradas.

Muitas vezes, os equívocos acontecem porque o gestor cai em ciladas emocionais. A mais grave, para Aráoz, é estacionar no “limbo dos indecisos”. Com medo de falhar, muitos executivos adiam resoluções. Em um estudo da McKinsey, 90% dos executivos consultados disseram que as empresas demoram para identificar pessoas incompetentes em posições críticas.

Outra emboscada psicológica é rotular candidatos a uma vaga ou promoção a partir de indicadores superficiais, como o último empregador ou a universidade em que estudou. O antigo sobrenome corporativo não garante a (in)competência daquela pessoa para uma vaga específica. Há, ainda, a armadilha de acreditar em verdades absolutas: o candidato A é um fracassado; o B, um profissional extraordinário. Raramente é simples assim. Para escapar dessas ciladas, a recomendação de Aráoz é fazer perguntas relevantes para o candidato, a fim de descobrir se ele apresenta as competências técnicas, gerenciais e emocionais para o cargo. “Certa vez, vi um entrevistador questionar: ‘Se você fosse um vegetal, qual seria?’. Qual a relevância dessa pergunta?”, afirma Aráoz, que esteve no Brasil para o Fórum HSM Gestão e Liderança.

A quem duvida que decidir sobre pessoas é a responsabilidade mais difícil, Aráoz oferece uma reflexão: ao se tornar gestor, o executivo passa a trabalhar por meio da equipe. Se isso será um problema ou uma solução, depende das próprias decisões.

Resultado de imagem para Carreira

– O cheiro ruim dos casos Adélio / Jair Bolsonaro e Adriano / Marielle Franco

Assim como sobrou para um cara “dito como louco” toda a culpa da facada contra Jair Bolsonaro (Adélio Bispo levou toda a responsabilidade), sobrou para o miliciano Adriano (morto nesta semana) a suspeita do assassinato de Marielle Franco.

Fico pensando: assim como o caso Adélio e sua loucura são suspeitíssimos, idem ao até então foragido Adriano.

Uns dizem queima de arquivo. Será? Sem fake news, mas com todas as dúvidas para discutir.

Resultado de imagem para queima de arquivo

– Marcos disse a Verdade: protesta-se com veemência no Esporte, mas na Política.

Respost de 07/02/2011, mas bem atual…

Por falta de tempo, não deu tempo para repercutir. Mas e a frase do goleiro Marcos, da S.E.Palmeiras, após a partida contra o Corinthians a respeito da violência dos torcedores do rival contra o próprio time, em virtude da eliminação da Taça Libertadores:

“Ao invés de protestar contra o jogador, por que não vai protestar contra político corrupto?” 

É isso mesmo! Corroboro lembrando o seguinte: os manifestantes da Torcida Organizada que representa seu time quebram tudo por causa de uma simples partida de futebol. Que bando de alienados! Não se vê a mesma revolta contra os abusivos casos de desvios de verba e mau uso do dinheiro público na política brasileira. Aliás, essa turma deve dar mais importância em querer se aparecer como truculentos e intimidadores do que se preocupar com valores da cidadania.

Lamentável a ação dos vândalos e louvável a frase do goleiro palmeirense.

Resultado de imagem para marcos palmeiras"

– Festa de Nossa Senhora de Lourdes e Dia dos Enfermos

Para os que veneram Maria sob o poderosíssimo título de Nossa Senhora de Lourdes, hoje é dia de festa: comemora-se o dia da sua memória (além disso, é o “Dia dos Enfermos”).

Já pediu a Mãe de Deus por saúde, pela família e por paz, junto ao Cristo Jesus?

ORAÇÃO DE NOSSA SENHORA DE LOURDES

Nossa Senhora de Lourdes, quando aparecestes à menina Bernardette, disseste-lhe: “Eu sou a imaculada Conceição”. Fostes concebida no ventre de Vossa Mãe, a Senhora de Sant’Ana, isenta da mancha do pecado original.

Rogo-vos, pois, sede a minha advogada perante o Vosso Amado Filho. Protegei-me com o vosso manto puríssimo, mais alvo do que neve. Dá-nos que possamos viver em paz e que a concórdia reine entre todos os povos.

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós (3X). 

Nossa senhora de Lurdes 05.03.2011.jpg

– Análise Pré-Jogo da Arbitragem para Comercial x Paulista

Para o confronto entre o Bafo versus o Galo na Califórnia Paulista, teremos a arbitragem de Rodrigo Santos. Um árbitro de 33 anos, professor de Educação Física, mas já com 11 temporadas atuando pela FPF. Nos últimos anos, apitou (e muito bem) a 2a divisão Sub 23 e a A3. É promissor e não está tendo a carreira levada aos atropelos, sendo bem solidificada.

Me recordo dele na Copa SP de Jrs: Paulista 1×0 Joinville e no ano passado pela Bzinha: Joseense 1×1 Paulista. Nestes jogos, mostrou algo importante: não gosta de simulações e tentativas de faltas cavadas. Costuma ser disciplinador, aplicando os cartões amarelos necessários às reclamações e tentativas de pressão.

Assim, é um árbitro que deixa o jogo correr (pode ser bom para o Paulista se o Galo jogar no contra-ataque) mas que não gosta de indisciplina (e isso é ruim para o Tricolor Jundiaiense, devido ao número de faltas em excesso).

Torço para uma boa arbitragem e um grande jogo.

Resultado de imagem para Comercial x Paulista Rafael Porcari Ribeirão Preto

– Você queria ser filho de Gugu Liberato?

Os 3 filhos de Gugu Liberato estão presenciando uma exposição da vida privada da sua família como nunca viram.

Antonio Augusto Liberato (Gugu na TV, Toninho para a família) sempre procurou ser discreto. Depois que morreu, todos os questionamentos feitos à época do auge voltaram. Alguns deles: as namoradas tão bonitas que teve eram para disfarçar o fato de que ele poderia ser gay (e que poderia atrapalhar o sucesso na época)? Rose, a amiga que aceitou ser mãe dos 3 filhos nunca foi esposa de fato, mas barriga de aluguel?

Não é problema meu, mas é claro que as revistas de entretenimento explorarão o assunto. É natural que isso aconteça, ainda mais quando o testamento não deixou nada para a “esposa” (que realmente parece nunca ter sido) e a agora “viúva” quer parte da herança. Ainda mais quando os filhos divulgam uma carta repudiando a mãe.

Ora, que família é essa? Por todo o dinheiro envolvido, não queria estar envolvido nesse triste episódio que mais parece um reality show do que uma briga de família. O que deverá passar na cabeça dos filhos, ou da mãe do próprio Gugu, com mais de 90 anos e bem lúcida?

Parece que querem tirar “Gugu do armário depois de morto”. Ou é só acertar uma parte do testamento que tudo voltará à pasmaceira de antes?

O problema é da família dos envolvidos. Mas que o assunto, rende, ô se rende (infelizmente).

bomba.jpg

– Os melhores empregos de acordo com sua personalidade

Já imaginou encontrar um trabalho com sua cara, ou melhor, com o seu jeito?

Seria fantástico. Mas veja que bacana: uma reportagem sobre os diversos tipos de comportamentos e algumas observações.

Compartilho, clique no link em: https://www.weforum.org/agenda/2016/10/the-best-jobs-for-your-personality-type?utm_content=buffer94c84&utm_medium=social&utm_source=facebook.com&utm_campaign=buffer

bomba.jpg

– E quem era o privilegiado?

Recebi essa foto (abaixo) numa matéria sobre o linguajar do futebol e o que seria bullying ou não entre os amigos. 

Abaixo, é lógico que não existe bullying, mas sim a imagem de dois grandes e espirituosos jogadores de todos os tempos, brincando sobre a cor e a deficiência um do outro.

Fico me perguntando: quem seria o repórter, ao fundo, tão privilegiado que estava ao lado dos monstruosos maiores atletas de futebol da nossa história?

Aliás, reparem em duas coisas: no tamanho do equipamento do jornalista e no fato de que não existia adereço, cabelo pintado, tatuagem ou qualquer vaidade entre os craques não-metrossexuais da época.

Outros tempos…

ATUALIZANDO: segundo o amigo Diogo Ferrreira, a profissional de imprensa do lado é a senhora Jandira Miranda Duarte (conhecida como Chains).

césar oliveira - foto abre 1

– As reflexões que todos os pais devem se questionar para saberem se estão no caminho certo ou não da educação dos filhos!

Veja só que legal: o saudoso Dr Içami Tiba (pude conhecê-lo na adolescência numa gravação do “Programa Livre”, do SBT), autor de um best seller na área da Educação (Pais e Educadores de Alta Performance), está em alta. As recomendações do seu livro sobre reflexões das atitudes dos pais ganham cada vez mais discussão e são atuais ao extremo!

Compartilho as 31 dicas,

em: http://www.bemmaismulher.com/pais-que-nao-disciplinam-os-filhos-terao-que-sustenta-los-a-vida-toda-icami-tiba/

PAIS QUE NÃO DISCIPLINAM OS FILHOS TERÃO QUE SUSTENTÁ-LOS A VIDA TODA

por Içami Tiba

Içami Tiba foi um médico psiquiatra, colunista, escritor de livros sobre Educação, familiar e escolar, e palestrante brasileiro. Professor em diversos cursos no Brasil e no exterior, criou a Teoria da Integração Relacional, que facilita o entendimento e a aplicação da psicologia por pais e educadores.

Em trecho do seu livro Pais e Educadores de Alta Performance, Içami Tiba fala de como pais que não impõem regras e disciplinas aos filhos, geram adultos que serão sustentados pelo resto da vida.

Içami Tiba elaborou 31 frases que todos Pais devem questionar se estão agindo de tal forma:

1. Fazer pelo filho o que ele próprio pode fazer sozinho;
2.Deixar de cobrar obrigações que ele tem de cumprir;
3. Engolir contrariedades, respostas mal-educadas, desrespeito aos outros;
4. Permitir que o filho imponha suas vontades inadequadas a todos;
5. Concordar com tudo o que o filho faz e diz só para não contrariá-lo;
6. Acreditar que “o filho não mente” ou “ele nem sabe o que faz”;
7. Permitir que o filho gaste o dinheiro do lanche em outras coisas;
8. Assumir para si as responsabilidades sobre o que o filho faz;
9. Silenciar quando percebe que o filho falsificou a assinatura dos pais;
10. Repetir muitas vezes a mesma ordem;
11. Dar tapas ou “surras pedagógicas”;
12. Ser conivente com suas delinquências;
13. Aceitar notas baixas, tarefas feitas de qualquer jeito;
14. Terceirizar a educação dos filhos;
15. Ignorar o lixo que o filho jogou no chão;
16. Permitir que os filhos dentro de casa façam o que não devem fazer no ambiente social;
17. Incentivar a tirar proveitos pessoais de qualquer vantagem que tiver;
18. Justificar as falhas dos filhos como erros dos outros;
19. Tolerar mentiras, traições, pequenos furtos etc;
20. Minimizar o cumprimento de regras, ordens e combinações estabelecidas;
21. Inventar desculpas por falhas próprias;
22. Mudar as regras existentes para favorecer os filhos;
23. Permitir que experimentem drogas;
24. Fingir que não percebeu a ingratidão e o abuso que os filhos cometeram;
25. Instigar superioridade religiosa, financeira, familiar, sexual etc;
26. Dividir o mundo em pessoas espertas e burras.
27. Ser cúmplice ou conivente nas transgressões e contravenções dos filhos;
28.Colocar o filho acima de tudo e de todos;
29. Ajudar o filho a “colar” nas provas;
30. Fazer a lição de casa do filho;
31. Ameaçar ou agredir professores ou pais dos amigos do filho por erros que são dele

Resultado de imagem para pais e Educadores de Alta Performance

– As chuvas em SP!

Quando eu lecionava em São Paulo e a chuva ameaçava ser forte, eu saía bem cedo de casa para não perder a hora. Peguei (felizmente) apenas alguns alagamentos, com possibilidade de desvio, mas sem prejuízo de avarias e de tempo. Somente uma vez eu peguei “a coisa brava”, mas por sorte eu estava em um ônibus.

Ao ver depois de tanto tempo os rios transbordados e as marginais alagadas, fico pensando: não se tem o que fazer para evitar? Piscinões foram construídos, rios mais fundos em seus leitos e… ainda assim não se resolve?

Na Selva de Pedra, o problema é um só: A Permeabilidade do Solo. E como resolver isso?

Um desafio para os gestores públicos…

Resultado de imagem para chuvas em SP

– Uma boa terça-feira!

👊🏻 Bom dia!
Tudo pronto para suar mais uma vez em busca de #saúde.
Vamos correr a fim de produzir e curtir a tão necessária #endorfina?
🏃🏻👟 #Fui #RunningForHealth #run #cooper #corrida #sport #esporte #running #adidas #mizuno

Imagem

🙏🏻 Correndo e Meditando:
“Ó #Jesus, vivo e presente em todos os #sacrários da face da Terra, socorrei-nos. #Amém.”
⛪😇 #Fé #Santidade #Catolicismo #JesusCristo #Aparecida #Maria #NossaSenhora #Anjos #PorUmMundoDePaz #Peace #Tolerância #Fraternidade

Imagem

🌺 Fim de #cooper!
Suado, cansado e feliz, alongando e curtindo a beleza das #flores.
E essas #pétalas tão vivas da nossa #roseira?
🏁 🙆‍♂️ #corrida #treino #flor #flower #flowers #pétala #jardim #jardinagem #garden #flora #run #running #esporte #alongamento

Imagem

🌅 Desperte, #Jundiaí.
Mesmo com o #céu nublado, que a 3a feira possa valer a pena.
🍃🙌🏻 #sol #sun #sky #photo #nature #morning #alvorada #natureza #horizonte #fotografia #pictureoftheday #paisagem #inspiração #amanhecer #mobgraphy #mobgrafia

Imagem

Ótima jornada para todos nós!

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby