– As barreiras da comunicação e Neymar!

Uma das minhas grandes frustrações é a dificuldade da fluência na língua inglesa. Me viro no português, falo, escrevo e entendo satisfatoriamente o italiano, quebro o galho na compreensão do espanhol, mas… o inglês só me permite a leitura! Apesar disso, meu “caipirês” é ótimo.

Digo isso pois cada vez mais temos que falar outras línguas nesse mundo globalizado, apesar da universalização do idioma pedir o inglês e a monetização o dólar e o euro.  Nossas crianças têm maior facilidade em aprender outro idioma, e isso é ótimo para o futuro e o sucesso profissional delas.

De tal forma, acho interessante uma matéria do UOL a respeito das dificuldades encontradas por Neymar para aprender o francês, lá em Paris. E ele não é um caso isolado: Felipão sofreu com a comunicação enquanto treinador do Chelsea, por exemplo. 

Me recordo que no final dos anos 90, foi uma grita muito grande quando em Londres o Arsenal jogou com seu time titular sem nenhum jogador nato da Inglaterra (o treinador era Arsenè Wenger, francês). Depois, nos anos 2000, foi a vez da Internazionale de Milão atuar sem nenhum italiano (com o treinador argentino Héctor Cúper). Diante dessa realidade, fica a curiosidade: entre Comissão Técnica, Diretoria e Atletas, o único moniglota do Paris Saint German é o lateral direito belga Meunier (que só fala francês, uma das 3 línguas oficias da Bélgica).

Veja que interessante essa questão da melhora na comunicação e rendimento profissional, abaixo:

(Extraído de: https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/2019/10/07/neymar-aproveita-vestiario-espanhol-e-ganha-voz-em-meio-a-crise-no-psg.htm)

NEYMAR APROVEITA VESTIÁRIO ESPANHOL E GANHA VEZ NO PSG

Neymar chama os atacantes do Paris Saint-Germain para uma conversa de posicionamento durante a goleada de 4 a 0 contra o Angers, sábado, no Parque dos Princípes, pelo Campeonato Francês. O papo em espanhol com Icardi, Di Maria e Sarabia flui rápido e tem efeitos práticos com o bom rendimento do quarteto ofensivo. A cena ilustra uma versão de liderança verbal do camisa 10 no PSG à base de um idioma o qual domina e hoje é o mais utilizado no clube francês.

A reunião dos hispânicos é um trunfo para facilitar a comunicação de Neymar no PSG, segundo apurou o UOL Esporte. Fluente no espanhol, e sem conseguir se comunicar em francês nos vestiários, o brasileiro agora vê 9 jogadores do elenco (Navas, Sergio Rico, Bernat, Paredes, Herrera, Sarabia, Di Maria, Icardi, Cavani) com o espanhol como língua nativa.

No entorno dos brasileiros do PSG, Marquinhos e Thiago Silva PSG há a sensação de que o novo diretor esportivo do clube, Leonardo, se preocupou com a comunicação de Neymar no vestiário. Para a temporada chegaram 5 reforços de língua espanhola: o goleiro da Costa Rica, Keylor Navas, e o da Espanha, Sérgio Rico, os meio campistas da Espanha, Ander Herrera e Pablo Sarabia, e o atacante da Argentina, Mauro Icardi. Entre os contratados, somente o meio-campo do Senegal, Idrissa Gueye tem o francês como idioma adotado no vestiário.

“Foi muito fácil chegar aqui em um time com jogadores que falam espanhol. A adaptação foi fácil e isso que importa, pois me sinto muito cômodo no PSG”, disse Icardi.

Nos vestiários na temporada passada, a língua predominante ainda era o francês. Neymar se apoiava em Thiago Silva e Marquinhos, fluentes no idioma, em discussões com o grupo. O treinador alemão, Thomas Tuchel, estudou francês intensamente para adotar o idioma como padrão e também contava com um tradutor contratado pelo clube em seu primeiro ano no cargo.

“Essa entrevista está parecendo o meu vestiário. Todo mundo falando em espanhol”, brincou Tuchel na entrevista coletiva de véspera do duelo entre PSG X Real Madrid, no Parque dos Princípes, pela Liga dos Campeões – PSG venceu o confronto por 3 a 0 -.

O papo do treinador com Neymar acontece em uma mistura de francês e inglês, algo que dificulta o camisa 10. O fato também já fez Tuchel descartar o atacante brasileiro como capitão do PSG. Para isso, apenas Thiago Silva e Marquinhos estão credenciados.

A comunicação em espanhol no vestiário ainda pode ser adotada por Neymar com outros jogadores. Entre os titulares, Marco Verratti e Mbappé têm bom domínio da língua. Isso faz com que o time base do PSG tenha apenas o lateral direito belga Meunier sem conseguir conversar com Neymar – idioma utilizado pelo jogador é francês -.

Além da prática no espanhol, Neymar demonstra evolução na língua francesa na base do convívio. Mesmo sem estudar, diferentemente do que fizeram Thiago Silva e Marquinhos, o camisa 10, em sua terceira temporada no clube, agora encontra facilidade para compreensão. As perguntas em entrevistas e brincadeiras do veículo institucional PSG são feitas a Neymar em francês. O fato possibilita o clube de colocar em prática um plano para melhorar a relação do brasileiro com o torcedor parisiense.

Resultado de imagem para POLIGLOTA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.