– Empresas que obrigam seus funcionários para estarem magros!

A Folha de São Paulo (http://classificados.folha.com.br/empregos/962671-perda-de-peso-e-novo-alvo-de-empresas.shtml) traz uma importante matéria sobre o mundo corporativo e algumas exigências aos empregados.

A moda agora é: fazer com que os funcionários emagreçam!

Hum… assunto delicado, tratado abaixo:

PERDA DE PESO É ALVO DAS EMPRESAS

Por Marcos Vasconcellos

Companhias estão levando ao pé da letra a expressão “cortar gordura”. O termo, que define redução de gastos no mundo corporativo, agora também refere-se a programas de emagrecimento.

O Vigilantes do Peso Empresarial registrou alta de 185% da clientela no último ano. Hoje atende a 37 empresas do país que têm de 100 a 110 mil funcionários. No mesmo período de 2010, eram 13. O Leve na Boa, programa de orientação nutricional da Omint, companhia de saúde corporativa, teve adesão de seis empresas no primeiro semestre de 2011 -durante todo o ano de 2010, foram oito.

O aumento da obesidade no trabalho segue o ritmo observado no país. Segundo o Ministério da Saúde, em 2010, 48,1% dos brasileiros eram obesos ou tinham sobrepeso. Em 2006, o índice era 42,7%.

A analista de recursos humanos Danielle Shibayama, 30, pediu para participar do programa oferecido pela empresa de software em que trabalha, Totvs. Estava “insatisfeita” com os 63 kg em 1,58 m e com a “autoestima baixa”. Em dois meses e meio, perdeu 6,2 kg. Recuperou a confiança e diz estar mais disposta. O programa, avalia, é melhor do que dietas que fez sozinha, pois, na empresa, ela “compartilha experiências”.

1_1809_capa_laurel_and_hardy-29722

 

– Ecumenismo, Tolerância e… Traficantes Evangélicos atacando Homossexuais e Terreiros?

O mundo está “endoidecendo”, literalmente. Leia:

Manchete da Folha de São Paulo, edição de 02 de Outubro de 2017: “NO RJ, TRAFICANTES EVANGÉLICOS FAZEM ATAQUES A TERREIROS”. E dias depois dessa reportagem, outros ataques nas cidades de São Paulo, Jundiaí e Campinas.

Agora (edição da 2a semana de Outubro de 2019), na matéria de capa Revista Época abordando as barbaridades de NARCOEVANGÉLICOS CARIOCAS. 

Como entender? Pessoas do crime “em nome de Jesus”? Claro que não… Loucos e criminosos, simplesmente.

Aliás, estamos no século XXI, convivemos com inúmeras crenças e com descrença. Como não viver civilizadamente, respeitando o direito da profissão de fé do próximo? 

As pessoas confundem RESPEITO com PARTICIPAÇÃO. Se você respeita determinada denominação religiosa, não quer dizer que seja praticante dela; você é praticante da sua! Fora isso, o resto é fanatismo.

Sou Católico, e tenho vários amigos de outras religiões / ateus e agnósticos. Convivemos pacificamente, pois religião é re-ligar, ligar a Deus, e não dividir em Deus (seja o mesmo Deus que você acredita ou um deus que você descrê). Aceitar a fé do outro é condição sine qua non da democracia e da civilidade.

Reforçando: não parece bizarro e contraditório o título “Traficantes Evangélicos”? Meses atrás, li na mesma FSP o título de uma página como: TRAFICANTES PROIBEM PARADA GAY EM COMUNIDADE POR MOTIVO RELIGIOSO. Ué? Crê em Deus mas cerceia o Direito dos outros, além de traficar drogas?

Coisas de um país sem noção ou de um mundo em involução. Precisamos defender cada vez mais o Ecumenismo!

Isso serve não só para os relacionamentos em questões de fé, mas para o dia-a-dia profissional e pessoal!

bomba.jpg

– As nacionalidades dos árbitros das semifinais da Libertadores: evitável…

Para Boca Jrs x River Plate, teremos Wilton Sampaio. Já para Flamengo x Grêmio, foi escalado Patricio Loustau.

Tudo seria normal caso não existisse um problema geográfico que poderia ser evitado: um brasileiro apitará o clássico argentino que definirá o adversário de uma equipe brasileira na final do torneio. E um argentino estará no comando do clássico brasileiro que define o adversário da equipe argentina.

Já imaginaram se, estando hipoteticamente o Flamengo classificando-se para a final, aconteça uma grande confusão entre os jogadores e num extremo rigor são expulsos jogadores do Mengão? Dirá-se que o juiz da Argentina usou um critério duvidoso para ajudar a equipe compatriota. Diga-se o mesmo do brasileiro em terras portenhas.

Sendo o continente tão grande, por quê não escalar um colombiano, uruguaio, chileno, paraguaio, boliviano, equatoriano, venezuelano ou convidar estrangeiros? A propósito do quê “colocar o bumbum na janela” para correr o risco de chiadeira pelos dois países? Lembrando que a final é em jogo único.

Não temos árbitros suficientes no quadro? Então mude-se tudo.

Ficará a irônica brincadeira: se é possível complicar, para quê facilitar…

Imagem relacionada

– A Administração foi deixada de lado na Constituição de 1988

Li e achei interessante: sobre como a “Administração” não foi valorizada na Constituição de 1988 (me lembro perfeitamente das emissoras de TV transmitindo sua promulgação com o Dr Ulisses Guimarães), extraído do tuíte de Daniel José (economista do Insper e mestre em Relações internacionais por Yale):

“31 anos da nossa Constituição de 1988. No texto aparece:

– 76 vezes a palavra ‘direito’.

– 4 quatro vezes a palavra ‘dever’.

– 2 vezes a palavra ‘produtividade’.

– 1 vez ‘eficiência’.

Em resumo, nos preocupamos em dar DIREITOS, sem DEVER algum e sem saber como vamos fazer isso.”

Ou seja: ela, a Constituição, que parecia um avanço na época (já que vínhamos de uma ditadura), mostrou-se ao longo dos tempos apenas um documento necessário para aquele momento, necessitando valorizar ações progressistas para o futuro, calcadas em registro. Por outro lado, será que “o como fazer” e/ou praticar o “exercício da Administração” deveria estar contido nesta Carta de Leis?

Vale a pena refletir tudo isso, em especial pensando nas próximas gerações e, talvez, numa nova Constituição.

Resultado de imagem para constituição federal de 1988

 

– Bom dia e um ótimo domingo para todos (em 5 cliques)!

Olá pessoal!
Como não estar alegre por ter a chance de viver mais um dia?
A fim de aproveitá-lo melhor, vamos começar a manhã / madrugada com um bom cooper?
Clique 1:

Imagem

Correndo e Meditando:
Ó Nossa Senhora de Fátima, rogai por nós que recorremos a vós. Amém.”
Clique 2:

Imagem

Fim de cooper!
Suado, cansado e feliz, alongando e curtindo a beleza das flores. Hoje, com as azaleias brancas.
Clique 3:

Imagem

Desperte, Jundiaí.
Que o domingo possa valer a pena!
Clique 4:

Imagem

Ops: não posso deixar de postar esse incrível céu azul. Como não se inspirar com a beleza da natureza?
Clique 5:

Imagem

Ótima jornada para todos!

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby