– Flamengo 1×1 Cruzeiro e o gol em impedimento. Não dá para crucificar…

O que foi mais relevante para o placar acabar em 1×1 no primeiro jogo da final da Copa do Brasil 2017: o erro do goleiro flamenguista ou o erro do bandeira no gol impedido contra o Cruzeiro?

Difícil avaliar. O goleiro falhou, é fato. A arbitragem também, mas aqui cabem algumas considerações:

O árbitro Marcelo Aparecido Ribeiro não poderia chamar a ele o lance de impedimento do jogador flamenguista, pois não tinha ângulo. Já o bandeira Bruno Rizzo Salgado estava totalmente encoberto por um jogador do Cruzeiro e não viu o toque que deixou o marcador do gol em impedimento.

Sabe quem ajudaria a arbitragem a salvar o lance e marcar corretamente o impedimento? O árbitro de vídeo (VAR)! Esqueça o assistente adicional da linha de fundo (AAA), ele não teria a percepção rápida do lance e estão pessimamente treinados.

Errou a arbitragem, mas aqui se pode dizer: um erro de lance muito difícil…

Ops: Alguém perguntou sobre “Goleiro tirar ou não impedimento”. Sobre isso, explico aqui, em um texto de outro jogo que mas que vale a situação, em: https://pergunteaoarbitro.wordpress.com/2015/08/30/rebote-de-goleiro-tira-impedimento-o-gol-de-ganso-em-spfc-3×0-ponte-preta-foi-legal-ou-ilegal/

bomba.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s