– Figueirense 0x2 Ceará com Grave Erro de Direito!

Fui alertado para esse lance da vitoria do Ceará contra o Figueirense pelo jornalista Thiago Batista do Olim, do site “Esporte Jundiaí”. E vale a pena estudá-lo:

Aos 12m do 2o tempo, com o placar estando 1×0 para o Ceará, após sofrer falta de Luís Otávio (CEA), o goleiro Thiago Rodrigues (FIG) foi cobrar o tiro livre (falta a seu favor) dentro da grande área. Só que ele sai jogando para o seu companheiro que a toca dentro da grande área! De acordo com as Regras do Jogo, tantos nos tiros livres como no de meta, a bola só pode ser tocada fora da área penal. Se ela não sair por inteiro da área, não está em jogo. Se alguém tocá-la antes, volta-se a cobrança!

O árbitro Antonio Dib de Souza não vê, o assistente Claryston Clay não avisa e o zagueiro devolve ao goleiro que a perde bisonhamente para Ricardinho (CE) fazer o gol!

Falha do juiz, do bandeirinha e principalmente do arqueiro!

É claro Erro de Direito e a partida pode ser anulada, já que não foi cumprida a regra (a bola não entrou em jogo). Mas será evidente que a arbitragem encontrará um subterfúgio, alegando que interpretou que a bola tinha a passado a risca, caracterizando Erro de Fato!

Está nesse vídeo, a partir dos 45” até 1’15”, em: http://globoesporte.globo.com/sc/futebol/brasileirao-serie-b/jogo/08-07-2017/figueirense-ceara/

bomba.jpg

– O mais novo espécime de Camarão: o Pink Floyd

Você gosta de camarão?

Eu adoro! E feito de qualquer jeito. Saudável e gostoso, pode ser pescado no mar ou criado em cativeiro.

A mais nova descoberta (na costa do Panamá) é de um camarão de garras “rosa-choque”, que solta vibrações com um volume muito alto, capaz de matar outros peixes, batizado de Pink Floyd

O que falta para a Ciência descobrir, não? E quantos outros seres vivos que ainda não conhecemos…

Extraído de: http://super.abril.com.br/ciencia/nova-especie-de-camarao-e-batizada-com-nome-de-pink-floyd/

NOVA ESPÉCIE DE CAMARÃO É BATIZADA COM NOME DE PINK FLOYD

Crustáceo progressivo usa sua garra rosada para criar vibrações supersônicas e matar presas no fundo do mar

Por Guilherme Eler

Foi mais forte do que os próprios cientistas. Fãs de rock nas horas vagas, o grupo viu na descoberta de uma nova espécie de camarão a chance perfeita para homenagear uma de suas bandas preferidas. E a referência deixaria o Pink Floyd orgulhoso: assim como a histórica banda inglesa, o pequeno crustáceo faz também um barulho, digamos, conceitual. Com cerca de 5 centímetros, ele é capaz de paralisar e matar suas presas à distância, munido de sua arma supersônica – uma estilosa garra na cor rosa.

A escolha do nome da criança, Synalpheus pinkfloydi, une o útil ao agradável: com “pink”, tem-se uma referência perfeita à garra rosada do bicho. “Floyd”, que já vem no pacote, teve de ganhar o “i” ao final, em uma tentativa de ajustar a alcunha ao formalismo da taxonomia, que pede que novas espécies tenham nomes em latim. A variedade integra a família dos camarões-pistola, também conhecidos como camarões-de-estalo.

Sammy De Grave, pesquisador do Museu de História Nacional de Oxford, disse ser fã da banda inglesa desde a adolescência. “Ouço desde que o ‘The Wall‘ foi lançado em 1979, quando eu tinha 14 anos”, declarou à BBC. À NPR, o pesquisador revelou seu conhecimento aprofundado da banda. Segundo De Grave, a referência ao nome “é feita na linha ‘By the way, which one of you is Pink?’ da canção ‘Have A Cigar‘”, que integra o álbum Wish you were here.

Para completar a lista de coincidências, a espécie descoberta também tem sua veia sonora – utilizada para a sobrevivência. E a habilidade de produzir “música” (tecnicamente, ondas supersônicas) vem de sua garra rosada: o ato de abrir e fechá-la rapidamente causa um estouro na casa dos 210 decibéis, volume que, de tão alto, é capaz de matar até peixes pequenos que estiverem passeando desavisados pela região.

O ruído deixa no chinelo, por exemplo, o som causado pelo disparo de uma arma de fogo, uma turbina de avião ou mesmo shows de rock, que podem alcançar meros 120 dB“Shine on, S. pinkfloydi” – diria, provavelmente, Roger Waters.

A espécie é nativa da costa do Pacífico do Panamá. Sua descoberta foi descrita no periódico científico Zootaxa, e tem, inclusive, participação brasileira. Dentre os autores, estão uma equipe da Universidade Federal de Goiás, além de cientistas da Universidade de Oxford, no Reino Unido, e de Seattle, nos EUA.

E o melhor: não é o primeiro crustáceo identificado pelos pesquisadores que leva um nome de astros do rock. Vocalista da banda Rolling Stones, o azarado Mick Jagger tem também no currículo uma variedade de camarão que faz referência ao seu nome. Explicar o porquê da Elephantis jaggerai ter ganhado esse nome, no entanto, parece ser uma tarefa ainda mais difícil. Quem sabe a espécie arrisque um ou outro passinho estranho de dança no fundo do mar.

bomba.jpg

– Ninguém punido na confusão entre Vasco 0x1 Flamengo?

Por que a demora em se punir os envolvidos na briga de São Januário, no Vasco x Flamengo?

Até quando teremos vândalos e selvagens praticando violência nos estádios?

Aliás, qual o motivo do mundo do futebol permitir essas situações bizarras em pleno século XXI? 

bomba.jpg

– Até quando o saldo do Adriano Imperador estará positivo?

Triste fim que está se anunciando a Adriano Imperador…

O atleta que se destacou numa Copa América marcando o gol decisivo contra a Argentina, que fez parte do “quadrado mágico” de Parreira, se mantivesse o foco, seria centroavante da Seleção Brasileira até hoje e estaria ganhando muito dinheiro!

Vez ou outra vemos o Adriano sendo encontrado alcoolizado, em situação deprimente, cheio de amigos da comunidade “gastando a grana” que ganhou ao longo dos anos de futebol da curta carreira.

Há quanto tempo ele não trabalha? Aposentou-se definitivamente?

Se a “cabeça vazia é oficina do Capeta”… lembremo-nos que $ não leva desaforo para casa.

Mais uma filmagem vazada do dia-a-dia do ex-Imperador: https://www.youtube.com/watch?v=JM4LIqccYSc&feature=youtu.be

– 4 cliques do azul do céu nesta 2a feira!

Bom dia!

Quatro cliques do céu infinito (em 4 tons de azul) neste começo de semana, na Divisa de Jundiaí com Itupeva, a fim de motivar:

06h30-
bomba.jpg

07h00-
bomba.jpg

07h30-
bomba.jpg

08h00-
bomba.jpg

Que seja uma ótima segunda-feira, bem como uma maravilhosa semana para todos nós!