– Escolha o Árbitro para a Final entre Corinthians X Chelsea

Para a final do Mundial de Clubes da FIFA entre Corinthians X Chelsea, a FIFA tem 4 possibilidades, sendo uma delas a mais lógica. Mas se você pudesse escolher, quem seria escalado?

Vamos aos árbitros presentes no Mundial. São 7 apitadores, mas 4 disponíveis:

  • Nawaf Shukralla (Bahrein)
  • Djamel Haimoudi (Argélia)
  • Alireza Faghani (Irã)
  • Cuneyt Cakir (Turquia)
  • Marco Rodriguez (México)
  • Peter O’Leary (Nova Zelândia)
  • Carlos Vera (Equador).

Vê-se claramente que não são os melhores árbitros das suas confederações, exceto Marco Rodriguez, que é o número 1 da CONCACAF. Observe que a Confederação Asiática emplacou 2 árbitros (um iraniano e outro bareinita). Já a CONMEBOL e a UEFA, apenas 1.

O equatoriano e o mexicano estão fora, por apitarem as semifinais (além de que, seria estranho um time jogar o Mundial com 100% dos jogos apitados pelo mesmo árbitro). O iraniano não tem chances, pois a própria FIFA já avisou que ele está em stand by para uma substituição eventual (poderá ser o provável quarto-árbitro). Já o representante da Oceania pode ser um excelente nome para Monterrey X Al-Alhy, brigando com outros concorrentes do mesmo nível: o árbitro da Argélia e o do Bahrein).

Pela lógica, sobra o árbitro “preservado dos jogos entre os grandes” e que vem de um centro desenvolvido do futebol: o representante da Europa, o jovem turco Cakir, de 36 anos, tido como uma revelação da UEFA.

Portanto (se por competência) Cuneyt Cakir, da Turquia, apita o jogo final. Mas como nem sempre a FIFA usa critérios técnicos… sobram 3 opções políticas: Shukralla (para agradar os sheiks do Bahrein), Haimoudi (justificando que o árbitro da África vem de uma confederação neutra) ou ainda O’Leary (simplesmente para justificar a presença da Oceania e dizer que é um evento mundial…).

Assim como no Mundial de Clubes não estão os melhores clubes, também na composição dos árbitros do torneio não são os mais capacitados. Qualquer árbitro escalado que não seja o europeu, será puramente por decisão política, e, certamente, o jogo será maior do que o próprio árbitro. Poderá ter boa atuação, mas haverá riscos.

Já imaginaram Jorge Henrique ou Emerson aprontando para cima de um neozelandês?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.