– Rodada Esvaziada

Não dá para deixar de comentar: a sensacional rodada de clássicos Brasil afora, devido a combinação de resultados, se tornou um mico!

Feita para evitar malas brancas e pretas, os clássicos regionais inexistiram em muitas rodadas, concentrando-se na derradeira.

Parece que não deu certo… Que mandou o campeonato se decidir antes da hora?

imgres.jpg

– População de Várzea Paulista Protesta Contra o Aumento no Subsídio dos Vereadores, Prefeito e Secretários

por Reinaldo Oliveira

A sessão ordinária da Câmara Municipal de Várzea Paulista, realizada no dia 27 de setembro, pode tornar-se um dia histórico de demonstração de cidadania da população varzina. Lideradas pelos Agentes da Pastoral Fé e Política e outras entidades da sociedade civil, centenas de pessoas se manifestaram através de faixa, cartazes e falas na Tribuna Livre, contra o aumento do subsídio para os vereadores, prefeito, vice-prefeito, secretários e outros agentes públicos, para a gestão 2013.

Isto aconteceu porque os Agentes da Pastoral, que fazem o acompanhamento das sessões, receberam a informação de que no dia 26 de junho foi realizada uma reunião na sala do vereador e presidente da Câmara, Silas Zafani para a discussão de aumento no subsídio dos vereadores e membros do primeiro escalão do município para a próxima gestão. Na sessão do dia 3 de junho, os Agentes da Pastoral receberam a confirmação de que a reunião existiu, mas ainda não havia definição sobre o assunto e que aceitavam sugestão da Pastoral. Nas próximas sessões o assunto não foi mais mencionado.

Neste sentido a Pastoral protocolou um documento sugerindo a manutenção dos subsídios atuais, tanto para o Legislativo, quanto para o Executivo. Quando do protocolo deste documento a Pastoral foi informada de que através dos Projetos 21 e 22/2012 enviados para o Executivo, o mesmo publicou na Imprensa Oficial do Município, e através das leis 2129 e 2130/2012, determinando os novos valores dos subsídios para estes agentes públicos, sendo que aplicado o índice de 62%, o vereadores que recebem R$ 6.200, passam a receber R$ 10.000 e o prefeito que recebe R$ 17.000, passa a receber  R$ 20.000, a partir da próxima gestão.

Após esta informação a Pastoral iniciou uma coleta de assinaturas, onde 2504 cidadãos se manifestaram contrários ao aumento dos subsídios. Este documento foi protocolado no dia 13 de novembro, pedindo a revogação das leis. Neste mesmo dia o presidente Silas Zafani informou aos Agentes da Pastoral que iria pensar com carinho sobre o assunto e se a maioria dos vereadores fosseem favoráveis à sugestão da Pastoral, ele pediria a revogação das leis 2129 e 2130.

E foi com essa espectativa que a Pastoral. as outras entidades e a imprensa local e regional, mobilizaram a população para a sessão do dia 27 passado. Porém, após muita discussão e manifestação do público nesta sessão, nada foi definido ainda. Como todos se mantêm mobilizados, a próxima sessão a ser realizada no dia 4 de dezembro contará novamente com a participação dos Agentes da Pastoral, das entidades, imprensa e centenas de cidadãos varzinos.

Mantida a aprovação das referidas leis e confirmado o aumento, Várzea Paulista torna-se a cidade da região com o maior subsídio pago aos agentes políticos.

imgres.jpg

– Um Magoado Garrincha

Uma entrevista curiosa: a Revista ESPN de Novembro/2012, pg 42-48, trouxe Mané Garrincha nos anos 80, numa matéria perdida!

Já no fim da vida, algumas curiosidades e visíveis insanidades do gênio da bola. Entre elas, sobre Pelé:

Ele foi um jogador bom, tinha sorte. Fazia gol e tinha sorte, mas tinha gente boa do lado dele para dar a bola (…)

Sobre manter contato com Pelé:

Que nada! Ele é um safado, virou estrela agora (devido ao namoro com a Xuxa).

Na publicação, há ainda um hilário passeio do jornalista argentino Carlos Bikic com Garrincha na praia (com Mané dirigindo uma Brasília e se encontrando com Júnior, lateral do Flamengo).

Fico pensando… com o marketing de hoje, visibilidade das mídias e truculência em campo, Garrincha faria sucesso hoje ou não?

Difícil responder…

imgres.jpg

– Portal “Comunicação Popular” Será Lançado

Recebo com satisfação e carinho o convite do amigo jornalista Reinaldo Oliveira para o lançamento de uma importante ação jornalística para toda região: o Portal Comunicação Popular.

Prestigiem!

CONVITE

Prezado amigo

O Informativo Comunicação Popular tem a honra de convidá-lo/a para o lançamento do Portal “Comunicação Popular de Salto”. O evento será segunda-feira, dia 03 de dezembro, às 20h, na sede do SECOM – Sindicato dos Trabalhadores do Comercio, rua Tiradentes, 138 – Centro. Na oportunidade estará presente Ricardo Matheus; Mestre e Bacharel em Administração Pública pela Universidade de São Paulo (USP); Professor, consultor e pesquisador da área de transparência, controle social, combate à corrupção e participação cidadã e uso de TICs em governo.

Breve memória sobre o CP

O Informativo Comunicação Popular de Salto foi criado em 2007, através de proposta da I Assembleia Popular de Salto. Em 2010, devido ao envolvimento do Conselho Editorial nas eleições, a impressão foi suspensa. Em 2012 volta a necessidade de um espaço de mídia de esquerda, impulsionada por setores populares.

A intenção é prestar serviços e informar o público sobre as questões de interesse popular, opondo-se ao posicionamento da grande mídia. O CP é uma das alternativas, àqueles que desejam conhecer o outro lado da notícia, porém, com o comprometimento com a ética jornalística e com o público, respeitando as etnias e as opiniões políticas de qualquer grupo, mas sem abrir mão de emitir sua opinião sobre as questões políticas e sociais que interfiram diretamente na população, especialmente, associações de moradores de bairros, membros de sindicatos, pastorais e movimentos sociais. Estes segmentos têm neste informativo um espaço para divulgar suas ações e debater seus interesses.

Claudinho Nascimento

Presidente do Conselho Editorial do Informativo Comunicação Popular

imgres.jpg

– E o Pejorativo Fuleco?

Fuleco foi o nome escolhido do mascote da Copa do Mundo 2014. Porém, protestos Brasil afora contra o nome do tatu-bola.

Motivos? O nome, segundo a FIFA, é combinação das palavras “Futebol e Ecologia”. Entretanto, em alguns lugares do Nordeste a palavra “fuleco” é um adjetivo pejorativo para ânus, sinônimo de “fiofó”, em alguns dicionários.

Também pode servir para representar uma pessoa sem boa postura, desengonçada, ou, popularmente, “fuleca”.

Eu não gosto do nome do bichinho. E duvido que a FIFA mude. Mas as campanhas pela Internet através das Redes Sociais estão se avolumando!

Qual nome você escolheria?

imgres.jpg

– Sites não recomendados pelo Procon

Se você costuma comprar pela Internet, cuidado com alguns sites. O Procon recomendou que se evite mais de 200 sites de e-commerce que costumam dar prejuízos aos seus clientes.

A lista pode ser acessada no próprio site do Procon, em: http://www.procon.sp.gov.br/pdf/acs_sitenaorecomendados.pdf
207474_465662310153228_1997229769_n6.jpg

– MEC muda conceito de Avaliação de Cursos Superiores

Mudanças prováveis no Ensino Superior. O Ministério da Educação diminuiu o peso de Doutores para avaliar os cursos, e aumenta o valor para os professores com maior dedicação na instituição.

Extraído de: http://noticias.universia.com.br/vida-universitaria/noticia/2012/11/29/985319/mec-modifica-calculo-nota-curso-superior.html

MEC MODIFICA CÁLCULO DE NOTA DE CURSO SUPERIOR

O MEC (Ministério da Educação) decidiu alterar o cálculo da nota que fiscaliza os cursos de ensino superior. O quesito professor com doutorado perdeu peso, enquanto o valor para o docente com mestrado e com dedicação integral aumentou. De acordo com o Jornal Folha de São Paulo, chamada de CPC (Conceito Preliminar de Cursos), a nota é usada para monitorar os cursos superiores. Os que ficam com nota 1 ou 2 (numa escala até 5) são inspecionados e podem até fechar.

A diminuição do peso para doutores foi um pedido das instituições de ensino privadas, que afirmam ter dificuldades para contratar professores tão qualificados em algumas áreas do conhecimento ou regiões do país. Profissionais com doutorado tendem também a ganhar mais e serem mais qualificados por fazerem pesquisas.

Para os educadores, houve afrouxamento nas exigências de qualidade. Segundo o MEC, o momento é o de induzir melhorias em outros aspectos.

Com a nova determinação, a proporção de professores com doutorado cairá de 20% para 15% da nota. Os cinco pontos serão distribuídos entre os quesitos docentes mestres e com dedicação integral. Também haverá aumento no peso para a existência de projeto pedagógico e a qualidade da infraestrutura.

Essa elevação virá do quesito nota dos ingressantes no Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes), que deixará de ser contabilizada, pois os calouros não fazem mais a prova.

“Já estamos em um bom patamar em alguns pontos e precisamos induzir a melhoria de outros”, disse o presidente do Inep (Instituti Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) – responsável pela avaliação -, Luiz Cláudio Costa, sobre a redução do peso para doutores no CPC. “A redução não foi tão alta.”

Nos últimos cinco anos, a proporção de doutores nas instituições subiu de 22% para 29%. Já a dedicação integral subiu de 36% para 47%. O diretor do Semesp (Sindicato das Universidades Privadas), Rodrigo Capelato diz que a alteração corrige em parte distorções. “O peso para doutor era grande. Melhorou, mas segue alto.”

mec-modifica-calculo-nota-curso-superior-noticias.jpg

– Parreira & Felipão são a Solução?

“Novos velhos nomes” assumindo a Seleção: Parreira como Coordenador Técnico e Luís Felipe Scolari como Treinador.

Respeito esses dois campeões mundiais. Mas Parreira deveria ser presidente da CBF e Felipão curtir os netinhos tranquilamente com o dinheiro que já ganhou. Podem até levar a taça da Copa de 2014, mas o risco de fracasso é grande.

Quais os últimos grandes trabalhos de ambos? Não me venha falar de Copa do Brasil, pois o torneio é ilógico…

Muitos (como eu) falaram do Guardiola (outro risco). Mas não vi ninguém falar num nome que está quase saindo do seu clube: José Mourinho!

Como seria ele treinado o Escrete Canarinho?

imgres.jpg

– Operação Porto Seguro: E Ninguém Sabia de Nada Mesmo?

Rosemary Noronha (secretária do escritório da Presidência da República em São Paulo) e Paulo Vieira (ex-advogado da União) são os protagonistas de um novo escândalo envolvendo o Governo Federal. Novamente eram pessoas ligadas ao ex-presidente Lula e a José Dirceu.

Agora, envolve tráfico de influências, negociatas, vantagens, lobbys…

Sabe o que é o mais incrível? Lula continua intocável! Já passou por inúmeros golpes e se torna “inviolável”. Quer mais que o Mensalão?

imgres.jpg

– O Alerta Falso dos Direitos Usuários do Facebook

E a Mensagem dos Direitos Autorais que muitos estão colando no Facebook? Um boato que de tão grande, parece verdade e leva os usuários a colarem em suas páginas.

Atenção, é alerta falso e puro desperdício de tempo. Veja abaixo:

Extraído de: http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/noticias/rumor-sobre-direito-autoral-se-espalha-pelo-facebook-20121128.html?question=0r-dentro-das-alteracoes-20121128.html?question=0

FALSO ALERTA FAZ USUÁRIOS POSTAREM MENSAGENS SOBRE DIREITOS AUTORAIS NO FACEBOOK

Boato não tem valor de impedir que a rede social venda seus dados

Uma mensagem em formato de texto jurídico vem se espalhando pelo Facebook. A corrente alerta contra uma tentativa da rede social de fazer uso comercial de dados, fotos e conteúdos postados pelos usuários.

O texto é falso e não serve para nada, garantem advogados e porta-vozes da empresa, que se viram obrigados a emitir um comunicado para tentar deter o boato.

Mas para especialistas, a corrente mostra que os usuários desconhecem os direitos autorais que detêm sobre suas informações postadas em redes sociais.

A mensagem que circulou tanto em inglês como em outros idiomas advertia que o Facebook é agora uma empresa de capital aberto e recomendava aos usuários postar em seus murais o texto jurídico que supostamente os protegeria contra tentativas da rede social de utilizar seus textos, fotos e demais dados.

Mas, de acordo com a empresa, ‘qualquer pessoa que use o Facebook é dona dos conteúdos e das informações que publica, e as controla, tal qual especificam nossos termos de utilização. Elas controlam como essas informações e conteúdos são compartilhados’.

Em seus ‘Direitos e Responsabilidades’, a rede social diz que o usuário retém os direitos de propriedade intelectual dos conteúdos que posta, mas ao publicá-los em seu perfil, dá ao Facebook uma licença para usá-los e mostrá-los dentro de seu sistema.

Além disso, a empresa diz que o fato de ser agora negociada em bolsas de valores não afeta o contrato aceito pelos usuários ao abrirem suas contas.

E, na prática, o único controle que os usuários têm sobre isso são as configurações de privacidade em suas contas.

MUDANÇAS POLÊMICAS

Em meio à polêmica e aos boatos, analistas consideram que a corrente traz à tona uma verdade: a crescente preocupação dos usuários quanto à sua privacidade no Facebook agora que a rede social tem mostrado a intenção de alterar seus termos contratuais.

A empresa planeja suspender o direito do usuário de escolher suas configurações de privacidade e permitir que as informações sejam disponibilizadas em todos os seus serviços.

O Facebook também quer eliminar a ferramenta que permite controlar o recebimento de emails.

As mudanças seriam uma resposta da empresa ao Google, que recentemente unificou todos os seus serviços, como Gmail, YouTube e Google+.

Nos Estados Unidos, grupos de defesa de direitos autorais já protestaram e pediram que o Facebook reconsidere seus planos.

A rede social está discutindo o assunto com a Comissão Federal de Comércio dos EUA, após as medidas terem sido criticadas pelo Congresso americano e a União Europeia.

Para tentar lidar com as crítcias, o Facebook disponibilizou em sua página com as configurações de privacidade a possibilidade de o usuário enviar perguntas à chefe do setor, Erin Egan.

O prazo para manifestações e demandas encerra-se nesta quarta-feira.

imgres.jpg

– Os amigos da Polícia de Del Nero e o exemplo da FPF

Ontem, o jornalista Ricardo Perrone postou no UOL sobre a rede de policiais amigos do presidente da FPF Marco Polo Del Nero. Seria uma roda de proteção preventiva, caso precisasse? Talvez.

O certo é que no indiciamento que sofreu sobre a venda de dados para usos diversos (uma das acusações seria a de intermediação dessas informações a quadrilhas de extorção e chantagem), não há como deixar de comparar o fato a algumas situações da FPF.

Por exemplo: os Militares/Policiais de diversas áreas comandam o futebol paulista. É para dar credibilidade à gestão de Del Nero?

Alguns:

  • Cel Nilson Monção (Escola de Árbitros);
  • Cel Silas Santana (Ouvidor de Arbitragem);
  • Cel Marcos Marinho (Comissão de Árbitros);
  • Cel Isidro Suíta Martinez (Vice Presidente de Competições);
  • Delegado Dr Bento da Cunha (Corregedoria da Arbitragem).

Será que os civis não tem competência para administrar uma entidade? Tantos coronéis são mera coincidência?

Uma importante observação: está aberto o edital anual para a Escola de Árbitros, onde mais 140 árbitros serão formados, a R$ 600,00 mensais por aluno (receita de R$ 1.000.008,00 anual para a EAFI). Vide no site da entidade a lista de documentos exigidos para se comprovar a idoneidade do futuro árbitro, e questione: não seria interessante que os gestores da Federação Paulista de Futebol também apresentassem os seus papéis semelhantes?

Vale a reflexão. Abaixo, a postagem de Perrone com outros amigos da polícia:

(Extraído de: http://blogdoperrone.blogosfera.uol.com.br/2012/11/novo-delegado-geral-de-sp-e-do-tjd-da-federacao-e-trabalha-com-filha-de-del-nero/)

NOVO DELEGADO GERAL DE SP É DO TJD DA FEDERAÇÃO E TRABALHA COM FILHA DE DEL NERO

O governador Geraldo Alckmin empossou nesta terça Luiz Maurício Blazeck como novo delegado geral de São Paulo. Ele faz parte da legião de policiais que atua na Federação Paulista de Futebol. Integra a 3ª Câmara do Tribunal de Justiça Desportiva.

Blazeck atuava na Academia de Polícia, onde tinha a companhia da policial Carla Priscila Del Nero. Ela é filha de Marco Polo, presidente da federação e vice da CBF. O cartola é investigado pela Polícia Federal por suspeita de compra de informações sigilosas vendidas por policiais. Ele nega ter cometido crime.

Como delegado geral, Blazeck terá contato próximo com o Dipol, departamento de inteligência da Polícia Civil. O chefe do órgão é o presidente do TJD da Federação Paulista, delegado Mauro Marcelo, amigo de José Dirceu, “padrinho” de Vicente Cândido, vice da FPF.

O Dipol é o órgão de apoio da delegacia geral e lida com informações estratégicas e sigilosas.

Na academia, a filha de Del Nero era uma das pessoas de confiança de Blazeck. Por isso, uma eventual transferência dela para a delegacia geral é vista como natural dentro da polícia. Mas o momento não é dos melhores por causa da repercussão do caso envolvendo seu pai na PF. O inconveniente de uma transferência agora já foi tema de reunião na polícia.

imgres.jpg

– Argentina e a Falta de Liberdade de Expressão

Nosso país Hermano está passando por um momento delicado por culpa da presidente Cristina Kirchner. Se já não bastasse a crise econômica, agora se intensifica a perseguição à Imprensa, limitando o poder das redes de comunicação privadas e privilegiando as estatais, à melhor maneira chavista, cubista ou de qualquer nação ditatorial árabe.

Nesse ponto, a presidente Dilma Roussef merece os parabéns, por respeitar as instituições democráticas e, principalmente, por sepultar o processo paulatino de limitação aos órgãos de imprensa iniciado pelo ex-presidente Lula.

imgres.jpg

– A Ética e a Moral dos Árbitros: Guia/Debate sobre o tema

Highlights de Palestra realizada sobre o assunto: Ética e Moral na Arbitragem de Futebol

A ÉTICA E A MORAL DO ÁRBITRO DE FUTEBOL

Um debate e ao mesmo tempo um guia sobre a conduta da carreira: O que é ético/moral e antiético/imoral no exercício da atividade? Tópicos para reflexão1- O que é Ética para cada um de nós?
Ética ¹ Moral
Basicamente, Moral é o que você, particularmente, julga ser correto, e Ética são códigos de conduta que afirmam o que deve ser correto ou não.
(Nem tudo que é ético, é moral -podemos ter condutas éticas imorais -; portanto, ser ético não quer dizer satisfazer a moralidade dos outros).
Atenção: o que você acha ser moral como árbitro, pode ser imoral para a imprensa, torcedores, jogadores. Entretanto, você deve sempre analisar se, apesar de moral para você, aquilo é indiscutível para os outros (nasce a ética)
SER ÉTICO É SER POLITICAMENTE CORRETO, POLICIAR-SE NOS ATOS.
A relação Ética e Moral é a mesma referente à de Árbitro e Juiz. Somos tomadores de decisões baseados em normas existentes, não detentores de poder para determinar penas.
2 – Ética no Futebol e suas relações:
A seguir, tópicos para discussão (sempre cobrando dos árbitros em relação aos outros, sem que os mesmos cobrem destes referidos)
2.1 dos árbitros em relação aos jogadores .
Tópicos – Quando há amigos / conhecidos? Times em que vc trabalhou diversas vezes? Rancor & Simpatia? Profissionalismo? Julgamento da qualidade técnica do jogador?
2.2 dos árbitros em relação aos dirigentes .
Tópicos – Quando os dirigentes procuram ser simpatizantes ou ameaçadores? Confraternizações posteriores? Agrados, presentes?
2.3 dos árbitros em relação ao público .
Tópicos – Quando é contestado ou ovacionado? Dirigentes/envolvidos na arquibancada em situação de torcedores? Anônimos no alambrado? Atitudes pré ou pós jogo?
2.4 dos árbitros em relação aos jornalistas .
Tópicos – Quando há entrevistas (saber falar)? Análises sobre seu jogo? Sobre outro jogo do mesmo campeonato? Relacionamento / atenção / exclusividade a emissoras?
2.5 dos árbitros em relação aos próprios árbitros .
Tópicos – Quando se refere a sua própria atuação (auto-crítica)? Árbitro como torcedor? Comentários sobre jogos de seu colega de atividade? Separação da atuação do árbitro e da personalidade do mesmo? Análise Critica ou exemplo ilustrativo/educativo de jogadas e marcações?
Há corporativismo na arbitragem? É este o grande problema do árbitro: falta de união, um tentando derrubar o outro. Não buscam novas oportunidades, mas a oportunidade do próximo .
3 – Confecção de relatórios:
O que é um relato? Certamente, não é um julgamento. É um conto, uma história verídica. Sempre devemos contar histórias, nunca estórias, pois não pode existir ficção.
Relatar corretamente, portanto, é exercer a ética .
Dentro de campo , arbitramos, e as punições ocorrem através do que as regras pré-estabelecidas (17 regras) nos orientam.
Fora de campo , relatamos, contamos os ocorridos, sem querer manifestar quaisquer espécie de pré-julgamento ou influência de opinião.
(Os julgadores serão sempre as juntas disciplinares, os comitês, a Justiça Desportiva. Nunca o árbitro.)
3.1 Fazer o relatório na hora ou depois? Tópicos a discutir:
– Emoções ou Razão na feitura do documento?
– Frescor dos fatos?
– Discernir com os companheiros?
3.2 Conseqüências de um mau relato:
– Transparece a falta de ética do árbitro;
– Mostra a incapacidade do árbitro;
– Punições injustas;
– Comentários indesejosos sobre a autoridade;
3.3 Como relatar?
CLAREZA (não fazer rodeios)
OBJETIVIDADE (ir direto aos fatos)
RACIONALIDADE (não deixar sentimentos influenciarem seu relato)
DISPONIBILIDADE (disposto a escrever sem omissão)
IMPARCIALIDADE (ser justo e coerente)
LIMPEZA/APRESENTAÇÃO (todos entendem o que você apresentou?)
CONCLUSÕES:
Ser ético é ser, acima de tudo, respeitoso. Ser árbitro, no desafio que a atividade exige, é ser acima de ético, um cidadão! Ou seja, mais do que alguém respeitador, um respeitado pelas virtudes que lhe são atribuídas para um bom desempenho de sua função, e que você demonstra antes do jogo (na sua concentração), durante o jogo (nas tomadas de decisões), depois do jogo (nos relatos) e fora de campo (pessoa íntegra em todos os momentos)

imgres.jpg

– Educação Coreana X Educação Brasileira

Vejo uma edição antiga da Época Negócios (set/2011, pg 134-136), onde há uma interessante matéria de Débora Fortes, a respeito da Coréia do Sul. E me chama a atenção sobre a Educação por lá. Veja só:

– 84% dos alunos estão na faculdade.

– Nota 9 é uma nota ruim. A busca é pelo 10.

– Sábado não é dia de aula. Mas é dia de ir à faculdade por conta própria para estudar.

– Não pesquisam qualquer coisa, mas sim o que dá lucro!

– 20% das aulas são em inglês.

Outras curiosidades, abaixo:

O SEGREDO NÃO É OLHO PUXADO. É ENSINO PUXADO

O sofisticado sistema de educação montado pela Coreia foi também um elemento imprescindível para que o país ganhasse destaque na inovação. Currículos e livros didáticos mudam rapidamente, conforme a necessidade do mercado. “Se você não tiver uma educação capaz de fazer as pessoas mudarem depressa, não terá inovação. A cada quatro ou cinco anos, há um novo plano nacional de educação na Coreia, amplamente discutido”, diz Song Won Park, professor do Departamento de Engenharia Química da Poli/USP.

Mercado virou uma palavra fundamental dentro das faculdades. “A cooperação com as empresas é intensa. Qualquer companhia pode usar a infraestrutura e os cérebros da universidade”, diz o professor Youngil Kim, da SKKU (Universidade Sungkyunkwan). Com isso, entra mais capital privado para pesquisas. Também na lista das universidades mais importantes do país, a SKKU tem um de seus campi na cidade de Suwon, onde está o Q.G. de pesquisas da Samsung Electronics. Não foi por acaso. Na década de 60, a empresa comprou a universidade, que tinha base em Seul. Hoje, a Samsung é a dona da Fundação da SKKU, com um orçamento anual de cerca de US$ 76 milhões. Além de ter acesso aos cérebros da faculdade durante os cursos, contrata muitos deles logo que se formam.

Por olhar para o mercado, as universidades já não perseguem qualquer tipo de inovação. Querem as lucrativas. “A corrida por patentes não é tão rápida na Coreia quanto imaginávamos. Em muitos casos, eles preferem produzir primeiro e patentear depois. O mais importante é o tempo que uma invenção leva para chegar ao mercado”, diz o professor Guilherme Vaccaro, gerente de pesquisa, desenvolvimento e inovação da Unisinos (Universidade do Vale do Rio dos Sinos), localizada em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul. Ele esteve com outros quatro professores da Unisinos na Coreia, durante cinco meses, para estudar o modelo de educação e identificar o que o Brasil pode aproveitar. “Um divisor de águas para o Brasil seria termos um relacionamento universidade/empresa nos moldes do que existe na Coreia.”

Durante a missão, a Unisinos assinou seis acordos de cooperação com instituições coreanas, um deles com a SKKU. A universidade também atraiu investimento privado para o país. A Unisinos vai cooperar e receber investimentos da HT Micron, uma joint venture formada entre a coreana Hana Micron e a brasileira Altus. A empresa está investindo US$ 10 milhões na construção de uma fábrica em São Leopoldo. Outros US$ 25 milhões devem ser injetados no instituto de pesquisas e desenvolvimento da Unisinos na área de semicondutores. “Se a companhia tiver sucesso, vamos investir mais”, diz Hyouk Lee, diretor do Instituto de P&D da Hana Micron.

Com a mentalidade de gerar resultados já incorporada às universidades, a nova onda do ensino coreano é investir em currículos multidisciplinares. A fusão de disciplinas pode envolver, por exemplo, habilidades complementares como engenharia e administração. “Estamos fazendo uma grande mudança no sistema educacional. A ideia é produzir uma geração de trabalhadores mais criativa”, diz o professor Bong Joo Lee, da SNU.

Outra mudança é a preocupação de ter cursos mais globalizados. Na SNU, 20% dos cursos de graduação estão sendo dados em inglês. Há ainda um investimento mais forte em pesquisa de base, uma etapa que a Coreia havia pulado. Antes, só se pensava em pesquisa aplicada. “Habilidades originais serão fundamentais. Não adianta ficar só copiando e aplicando”, diz Joo Lee. Neste momento, algumas das áreas promissoras são biotecnologia, ciências naturais e nanotecnologia.

Além de dar aulas em inglês, as universidades têm importado professores. O plano é reforçar áreas que os coreanos consideram prioritárias, como o design. A professora Mary Kathryn Thompson veio do MIT para dar aulas no Kaist, em 2007. Todo aluno do primeiro ano, não importa a especialidade, tem de cursar Introdução ao Design e Comunicação. “Aqui, os estudantes têm praticamente as mesmas oportunidades dadas no MIT, incluindo pesquisas, estágios e atividades extracurriculares”, diz ela. Com os esforços feitos, a Coreia já conseguiu emplacar duas universidades no ranking das 100 melhores do mundo. A SNU e o Kaist estão no QS World University Rankings 2010-2011. Na lista, não há um único representante brasileiro.

imgres.jpg

– Qual é a do Andrés Sanches?

Na última 2a feira, Andrés Sanches, atual Diretor de Seleções da CBF e ex-presidente do Corinthians, fez questão de demonstrar ser “contra o sistema”, se fazendo de marido traído por não saber que José Maria Marin estaria conversando com Felipão.

Quando da demissão de Mano, foi nítido que Andrés quis posar de bom moço, dizendo que foi voto vencido. Também deixou no ar algo contra Marco Polo Del Nero.

O que ele está planejando?

Andrés queria chefiar um levante contra os clubes rebeldes apoiado por Ricardo Teixeira; antes, na época do Dualib, se agarrou ao poder como pode, e na hora da corda estourar, mudou de lado.

Estaria planejando uma candidatura à CBF? Desejaria ser presidente da FPF? Ou… quem sabe se apegar a algum cargo na Prefeitura de SP, ajudando seu amigo Fernando Haddad na Secretaria de Esportes?

Quem não o conhece, que o compre!

imgres.jpg

– Salários dos Vereadores de Várzea Paulista criam Justa Polêmica

Se quando a situação financeira já é confortável se questiona o aumento de salários de políticos locais, e na falta de dinheiro?

Entenda o que está acontecendo em Várzea Paulista:

PASTORAL FÉ E POLÍTICA QUESTIONA AUMENTO NO SUBSÍDIO DOS VEREADORES DE VÁRZEA PAULISTA

Por Reinaldo Oliveira

A Pastoral Fé e Política da Diocese de Jundiaí, que desenvolve trabalho de conscientização política e cidadania, através dos Agentes de Pastoral de Várzea Paulista, participa da sessão da Câmara Municipal desta terça-feira, dia 27, onde esperam receber informações de como foi votado e aprovado os Projetos 21 e 22/2012, sobre o aumento dos subsídios dos vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários para a próxima gestão do município. Fazendo memória de como surgiu este questionamento, os Agentes da Pastoral que realizam o acompanhamento das sessões daquela Casa de Leis, receberam a informação de que no dia 26 de junho foi realizada uma reunião na sala do presidente Silas Zafani para a discussão do aumento no subsídio dos vereadores e membros do primeiro escalão do município para a próxima gestão.

Por este motivo na sessão do dia 03 de julho, após protocolar solicitação para manifestação na Tribuna Livre e ter o protocolo aprovado, a Pastoral foi informada de que realmente houve a discussão dos referidos projetos, mas ainda não havia definição e, que aceitavam sugestão da Pastoral. Nas próximas sessões o assunto não foi mais mencionado. Neste sentido a Pastoral protocolou um documento sugerindo que fosse mantido os atuais subsídios para a próxima gestão, tanto para o Legislativo, quanto para o Executivo. Quando do protocolo deste documento a Pastoral foi informada de que já havia sido publicada na Imprensa Oficial do Município, no dia 3 de outubro, as leis 2129 e 2130/2012, com os novos valores dos subsídios para estes agentes públicos. Após esta informação a Pastoral iniciou uma coleta de assinaturas, onde 2504 cidadãos se manifestaram contrários ao aumento dos subsídios, com este documento sendo protocolado no dia 13 de novembro, pedindo a revogação das leis.

Neste dia o presidente da Câmara, Silas Zafani, informou aos Agentes da Pastoral ter dado um tempo hábil para a Pastoral se manifestar, como a manifestação não foi feita neste período, as novas leis já haviam sido aprovadas mas que agora sabendo da sugestão da Pastoral, iria pensar com carinho. Se a maioria dos vereadores fosse favoráveis à sugestão da Pastoral, ele solicitaria a revogação das leis 2129 e 2130..

Por conta disso os Agentes da Pastoral participam da sessão desta terça-feira, dia 27, onde esperam uma resposta de revogação das referidas leis. Aproveitam para convidar toda a população varzina a participar da sessão que tem inicio às 19h. A Pastoral reconhece o justo direito de os vereadores e membros do primeiro escalão ter aumento no subsídio. Porém da forma como está sendo feito, aplicado o índice de 62%, o subsídio que atualmente é de R$ 6.200 para vereador passa para R$ 10.000, e o do prefeito que é de R$ 17.000 passa pra R$ 20.000, ou seja, valores irreais para a realidade de uma cidade carente em muitas áreas que prestam atendimento direto à população mais pobre.

Mantidas a aprovação das leis 2129 e 2130/2012, a cidade de Várzea Paulista, torna-se a cidade da região com o maior salário pago aos agentes públicos.

imgres.jpg

– Giba no Galo? Que bom!

Ôpa! Por absoluta falta de tempo não deu para comentar: Giba é o novo técnico do nosso glorioso Paulista FC de Jundiaí!

Não sei quantas passagens ele já teve por aqui, mas em todas, além de ser bom técnico, mostrou ser ótima pessoa.

Boa sorte ao Giba. Apitei algumas partidas com ele de treinador. É o cara que não engana a torcida jogando a culpa no árbitro. Dá gosto de gente assim no futebol.

imgres.jpg

– Mundo Árabe censurando mídias eletrônicas de novo?

“Liberdade de expressão” é isso: O Paquistão controlará o conteúdo de sites como Yahoo, Hotmail, Google em nome da defesa do Islã.

Respeitar as crenças é necessário, mas… tal radicalismo é necessário? Claro, isso é censura!

Extraído da Folha de São Paulo, Caderno Mundo 2, 26/10/2012, pg 8

CONTRA BLASFÊMIA, PAQUISTÃO DIZ QUE MONITORÁ SITES

O Paquistão vai monitorar o conteúdo de sete grandes sites – Google, Yahoo!, Hotmail, MSN, YouTube, Bing e Amazon – para bloquear conteúdo considerado anti-islâmico, informou ontem a Autoridade de Telecomunicações do País.

A determinação é da Justiça paquistanesa, que também baniu 17 sites menores por conter “material blasfemo”, e se segue ao fechamento temporário, em maio, do Facebook, num momento em que existem debates no país sobre quão radical deve ser sua interpretação do islã.

“Se qualquer link com conteúdo ofensivo aparecer nesses sites, (o link) deverá ser bloqueado imediatamente, sem perturbar (o conteúdo) do site principal”, disse Khurram Mehran, porta-voz da Autoridade de Telecomunicações paquistanesa.

Um exemplo de “conteúdo ofensivo” é o do blog IslamExposed -1 dos 17 banidos-, que chama o islã de “hipócrita”.

O Google disse que vai observar como as novas práticas afetarão o acesso a seus serviços. “O Google e o YouTube são plataformas da livre expressão, e tentamos oferecer o máximo de conteúdo (aos usuários)”, disse o porta-voz Scott Rubin.

Em maio, também por ordem judicial, o Facebook foi banido por cerca de duas semanas no Paquistão, após um usuário iniciar campanha estimulando internautas a postar imagens do profeta Maomé – que são consideradas blasfêmia pelos muçulmanos. O YouTube também foi afetado.

O caso despertou a ira de milhares de manifestantes, que foram às ruas exigir o boicote ao Facebook, mas também provocou acusações de censura. “(O Paquistão) ampliou o escopo da censura sem qualquer justificativa legal”, disse em maio Ali Dayan Hasan, representante da ONG Human Rights Watch no país.

Para alguns analistas, a fiscalização da Internet denota o crescimento do islã conservador no Paquistão.

Um conselheiro do governo, no entanto, diz que os sites fiscalizados não serão fechados e que as autoridades entendem a importância da Internet para a informação e a educação.

Criado em 1947, o Paquistão tem se afastado das influências moderadas do islã sufi, comum no sul asiático, e absorvido interpretações mais radicais da religião encontradas em países árabes.

imgres.jpg

– Meu Menisco: 1 ano depois… Viva!

Para quem pratica regularmente atividade física e tem uma lesão no menisco, sabe como é difícil voltar bem.

Depois de vários especialistas, de neurose profunda, de opera-não-opera… sarei com um tratamento conservador e com a ajuda de Deus!

O peso? Está o mesmo, consegui voltar: X,5 kg.

Brincadeiras a parte… ufa! Quando me machuquei, parecia uma eternidade a recuperação. Ainda bem que já ficou pra trás.

joelho.jpg

– Mundo Descrente que Não Respeita a Fé Alheia

Ouço um amigo falando com escárnio sobre fiéis que estão em peregrinação. Ora, indelicado comentário, pois a fé é pessoal. As pessoas devem respeitar a crença alheia, faz parte da cidadania e da boa educação.

Lembro-me de uma canção que se encaixa perfeitamente nessa situação, perfeitamente o refrão: “Zombam da fé os insensatos”.

QUEREMOS DEUS

Queremos Deus homens ingratos
Ao Pai supremo, ao redentor
Zombam da fé os insensatos
Erguem-se em vão contra o Senhor
Dá nossa fé, oh! Virgem, o brado abençoai
Queremos Deus que é nosso Rei
Queremos Deus que é nosso Pai
Queremos Deus a sã doutrina
Que nos legou na sua cruz
Levar á escola e á oficina, a lei de Cristo, o amor e luz
Dá nossa fé oh! Virgem, o brado abençoai
Queremos Deus que é nosso Rei
Queremos Deus que é nosso Pai
Queremos Deus na Pátria amada
Amar-mos todos como irmãos
Ver a Igreja respeitada
São nossos votos de cristão
Queremos Deus homens ingratos
Ao Pai supremo, ao redentor
Zombam da fé os insensatos
Erguem-se em vão contra o Senhor
Dá nossa fé, oh! Virgem, o brado abençoai
Queremos Deus que é nosso Rei
Queremos Deus que é nosso Pai
Queremos Deus a sã doutrina
Que nos legou na sua cruz
Levar á escola e á oficina, a lei de Cristo, o amor e luz
Dá nossa fé oh! Virgem, o brado abençoai
Queremos Deus que é nosso Rei
Queremos Deus que é nosso Pai
Queremos Deus na Pátria amada
Amar-mos todos como irmãos
Ver a Igreja respeitada
São nossos votos de cristão.

F9347959-0BE0-4379-9911-3F54B889FA37.JPG.jpg

– Fair Play esquecido no jogo Corinthians X Santos?

Quem disse que se deve devolver ao adversário uma bola colocada para fora visando atendimento de atletas lesionados?

Na regra, nada diz. No código informal de conduta dos atletas de futebol durante o jogo, é obrigação.

No sábado a noite, na partida Corinthians X Santos, tanto o Timão quanto o Peixe não praticaram Fair Play na situação citada. Emerson Sheik se lesionou e a bola, que estava em posse do Corinthians, foi colocada para fora visando o atendimento médico. No reinicio, com arremesso lateral, o Santos não devolveu a posse de bola. Posteriormente, após o goleiro Rafael se machucar e necessitar de atendimento médico, o revide: no reinício da jogada, o Corinthians segue com o lance, ao invés da devolução da posse de bola.

O primeiro lance foi em cima de Emerson, jogador que não é bem quisto pelos adversários. Teria sido esse o motivo da não devolução? Lembrando que no segundo lance, quem domina a bola e não devolve é o próprio Emerson.

Na Regra do Jogo, não há nada que obrigue a devolução da posse de bola, quando é colocada para fora pelos atletas. Porém, há a situação em que o árbitro é obrigado a paralisar o lance ao invés de esperar que uma bola seja chutada pelos jogadores. E nessa situação, o reinício é com o bola-ao-chão. Em ambos os casos, devolver ou não a posse vai da boa educação e espírito esportivo dos atletas.

Curiosidade: quando o jogo é reiniciado por Bola ao Chão (Regra 8), a partir de 2012, não se pode mais marcar um gol. Por anos era permitido que, na disputa de bola (após o árbitro deixá-la cair no chão e ela tocar o solo) caso o atleta quisesse dar um chute para o gol e ela entrasse, o gol fosse confirmado. Já imaginaram a confusão caso um atleta dissesse que iria devolver a bola gentilmente e fizesse um gol? Hoje, se isso acontecer, o árbitro deve assinalar tiro-de-meta. Caso seja um chute para o próprio gol, não vale o gol-contra e o lance vira escanteio.

Curiosidade: para o bola-ao-chão, não precisa que os jogadores estejam próximos da bola para disputá-la. Poderão estar desde os 22 jogadores em volta do árbitro, ou ninguém! O jogo só começa a valer quando ela tocar o chão.

E você, o que pensa sobre isso: está faltando espírito esportivo no futebol? Deixe seu comentário:

imgres.jpg

– Fair Play esquecido no jogo Corinthians X Santos?

Quem disse que se deve devolver ao adversário uma bola colocada para fora visando atendimento de atletas lesionados?

Na regra, nada diz. No código informal de conduta dos atletas de futebol durante o jogo, é obrigação.

No sábado a noite, na partida Corinthians X Santos, tanto o Timão quanto o Peixe não praticaram Fair Play na situação citada. Emerson Sheik se lesionou e a bola, que estava em posse do Corinthians, foi colocada para fora visando o atendimento médico. No reinicio, com arremesso lateral, o Santos não devolveu a posse de bola. Posteriormente, após o goleiro Rafael se machucar e necessitar de atendimento médico, o revide: no reinício da jogada, o Corinthians segue com o lance, ao invés da devolução da posse de bola.

O primeiro lance foi em cima de Emerson, jogador que não é bem quisto pelos adversários. Teria sido esse o motivo da não devolução? Lembrando que no segundo lance, quem domina a bola e não devolve é o próprio Emerson.

Na Regra do Jogo, não há nada que obrigue a devolução da posse de bola, quando é colocada para fora pelos atletas. Porém, há a situação em que o árbitro é obrigado a paralisar o lance ao invés de esperar que uma bola seja chutada pelos jogadores. E nessa situação, o reinício é com o bola-ao-chão. Em ambos os casos, devolver ou não a posse vai da boa educação e espírito esportivo dos atletas.

Curiosidade: quando o jogo é reiniciado por Bola ao Chão (Regra 8), a partir de 2012, não se pode mais marcar um gol. Por anos era permitido que, na disputa de bola (após o árbitro deixá-la cair no chão e ela tocar o solo) caso o atleta quisesse dar um chute para o gol e ela entrasse, o gol fosse confirmado. Já imaginaram a confusão caso um atleta dissesse que iria devolver a bola gentilmente e fizesse um gol? Hoje, se isso acontecer, o árbitro deve assinalar tiro-de-meta. Caso seja um chute para o próprio gol, não vale o gol-contra e o lance vira escanteio.

Curiosidade: para o bola-ao-chão, não precisa que os jogadores estejam próximos da bola para disputá-la. Poderão estar desde os 22 jogadores em volta do árbitro, ou ninguém! O jogo só começa a valer quando ela tocar o chão.

E você, o que pensa sobre isso: está faltando espírito esportivo no futebol? Deixe seu comentário:

imgres.jpg