– Um inferno de 5 jogos, para muitos, acabará neste final de semana.

Em 365 dias, seu ano profissional é composto de 10 míseras datas e, se não conseguir se classificar, acabou o trabalho: essa é a realidade da 4a divisão paulista, onde se encontram clubes tradicionais como Paulista de Jundiaí, XV de Jaú, América de São José do Rio Preto, União São João de Araras, Rio Branco de Americana, entre tantos outros (o Mogi Mirim se licenciou).

Dá para contabilizar o prejuízo financeiro e o inferno que é essa série? De público diminuto, passando por WO e denúncias de manipulação de resultados, acontece de tudo nela.

Dos 36 clubes que disputam o torneio (cujo nome oficial é “Campeonato Paulista da Segunda Divisão Sub 23 Profissional“, uma forma de mascarar a A1, A2 e A3, que na nomenclatura da FPF são todos torneios da “Primeira Divisão”), àqueles que não se classificarem para a 2a fase terão jogado no ano inteiro 5 partidas em casa apenas. É muito pouco o calendário! E como não disputam Copa Paulista ou qualquer outra competição, morre aí o ano profissional.

Já não era hora de mudar tudo isso? Juntar algumas divisões e tornar o campeonato mais longo, ou seja, gerar calendário e emprego?

A partir do próximo domingo, centenas de jogadores estarão desempregados, e procurarão outros afazeres. Empregos indiretos também deixarão de existir.

Da 4a até a 2a divisão paulista, poucos clubes jogam alguma divisão nacional. Junte todos! Reinvente-se o Paulistão nas suas categorias diversas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.