– Sobre os ofensores digitais de William do Corinthians e os exemplos recentes que vemos.

Quanto aos idiotas que ofendem nas Redes Sociais (após mais um episódio nesta semana, envolvendo o jogador William, do Corinthians), eu poderia parafrasear a Luciana Mariano, dizendo que devemos entrar na Justiçaela está processando todo mundo que faz comentário sexista, preconceituoso, ofensivo de qualquer espécie (leiam as brilhantes entrevistas dela ao UOL e à Veja). Eu queria corroborar com Mauro Cezar Pereira, que mandou 17 pessoas para a delegacia de uma vez (segundo seu depoimento no Bate-Pronto da Jovem Pan). Mas eu desejo ir além: a cada um dos “folgados” que acham que podem escrever qualquer bobagem na Internet, o sentimento é de que o ofendido deveria ter a oportunidade de fazer uma acareação com o ofensor, justamente para que o “valentão” possa perceber a burrada que fez, achando que digitando suas asneiras nada aconteceria; que ele faça um curso de reeducação social, que ele indenize moralmente o ofendido e que seja obrigado a prestar serviço comunitário (um acúmulo de penas, de verdade, como ato de reinserção na sociedade).

É claro que, neste mundo tão pilhado, todos têm seus haters e stalkers (além do moleque que vai no perfil do jornalista encher o saco e desdenhar das suas ideias, normalmente sem respeito e querendo impor sua opinião). Eu perdôo todos e ignoro a maior parte (ao menos, em algumas situações que vivi, procurei ser o bom samaritano e mostrar às pessoas os seus erros com respostas educadas). Mas eu sei que é difícil… Dos que procurei (sim, procurei alguns e obtive resposta), tentei mostrar que estavam errados (com alguns, tive sucesso; com outros, bloqueei). E vi muita coisa maluca: gente que “foge simplesmente”, pois acreditava que não teria resposta, gente que “chama pro pau” e cai fora, e até um coitado que pediu para escrever pois não gostava de “conversar por telefone” (não sei se é insociabilidade ou medo).

A verdade é: há bobos que, ao lerem uma opinião que discordam, OFENDEM gratuitamente a pessoa. A troco de quê? Pensam que a Internet é uma terra sem lei, provocam seu próximo e depois ainda se fazem de vítima! “Ai, que grosso, não aceita crítica e me bloqueou”, como se a crítica feita fosse educada… Depois voltam a seguir a pessoa criando perfis diferentes.

Por fim: recebeu ameaça de morte? Vá a delegacia e não deixe quieto. Os haters da Internet não vencerão. Os xaropes escondidos atrás de seus computadores acabarão sozinhos nessa…

Parabéns Cássio, Willian, Luciana, Mauro e tantos outros que fazem o mesmo. Eu os aplaudo.

Polícia prendeu um suspeito (com blusa branca à esquerda) por suspeita de escrever a ameaça acima contra o jogador Willian, do Corinthians (à direita) — Foto: Reprodução/ Redes sociais / TV Globo

Imagem: Reprodução da TV Globo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.