– O excesso de pilhagem no futebol, visto nas decisões regionais.

Se você assistiu as reclamações contra a arbitragem em Minas Gerais, Rio de Janeiro e em outros estados, ou se assustou com a violência em Pernambuco ou no Pará, ou ainda cansou de ver as caras e bocas no Morumbi com atletas de ambas equipes e Abel Ferreira (com suas expressões teatrais), deve estar pensando: cansou!

É muito chato assistir futebol e ver que a cada falta, uma “conferência” é feita e as queixas se proliferam por todo o gramado. Há reclamação para tudo contra os árbitros, dos lances bobos aos mais delicados. Se quer ganhar a todo custo, com simulações e gritos. E isso é bom?

O que me preocupa é: a falta de esportividade e de ética, além da despreocupação em cumprir as regras. E se o futebol é esporte e deve servir de exemplo, qual é esse legado deixado para as crianças?

Precisamos educar os atletas cada vez mais a respeitar os valores básicos do futebol, a fim de que a pilhagem e a imposição do “ganhar a qualquer custo” não distorçam a desportividade básica.

Campanha da FPF para promover o respeito à arbitragem | Refnews - Arbitragem de futebol em foco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.