– No Brasileirão, a limitação da troca de treinadores é uma boa. Mas e a perda de pontos por atraso de salários?

É plausível a decisão da CBF e do colegiado de clubes em limitar as trocas de treinadores no Campeonato Brasileiro, não resta dúvida.

Em tese, os clubes terão que ser mais certeiros na contratação de seus técnicos, pois, afinal, ele deverá ficar muito tempo em sua agremiação.

Mas se limitou-se a contratação / demissão, vale lembrar as exceções à Regra: as recontratações! Vide Eduardo Barroca no Botafogo ou Rogério Ceni no Fortaleza. Assim, uma “burla” poder-se-ia quando o mesmo nome for contratado uma 2a vez (afinal, se fala de troca de outros profissionais, não os mesmos). Independente disso, a ideia é muito boa.

Outra medida seria ainda melhor: a de punir quem atrasa os salários! Isso evitaria situações vexatórias como a do Santos FC, SC Corinthians Paulista e de tantos outros.
Aliás, o Paulistão, anos atrás, havia introduzido essa medida. Porém… todos os clubes devem pagar em dia, afinal, ninguém perdeu ponto até hoje em qualquer das divisões.

Qual outra sugestão você teria para o Brasileirão?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.