– Quem disse que fechar a cidade emergencialmente não funciona? Média móvel de 103 para 47, contágio de 316 para 6.

Estou morando em Bragança Paulista há 4 meses. Aqui, o prefeito Jesus Chedid tomou medidas impopulares: fechou a cidade, mandou multar quem passeava a pé no Lago do Taboão, disse que quem estivesse lá deveria “levar varada de marmelo” e o comércio surtou.

Entretanto…

O número de casos (oficialmente) é de 215 mortes por Covid, sendo 70 somente em março (fonte: Dados abertos do Governo do Estado de São Paulo)! Na última 6a feira, estavam 111 pessoas internadas na cidade (lotação), 20 fora do município e outras 20 esperando leitos.

Com a medida, implantada desde 08 de março quando a média móvel atingiu 103 casos, despencou o índice para 47 (21/03/2021, fonte: Dados abertos do Governo do Estado de São Paulo).

Eu sei que todos nós não aguentamos mais a pandemia. Todos sentimos as dificuldades financeiras e sanitárias dessa crise e queremos trabalhar (afinal, empresas quebraram e pessoas ficaram desempregadas). Mas diante dos hospitais superlotados e vendo numericamente a redução de mortes e do número de contágios, não dá para negar a matemática pois os números não mentem (se analisados corretamente). Nos dados, outro número impressionante: em 03/03/2021, contabilizou-se 316 novos casos, contra 6 em 21/03/2021.

O problema continua sendo a agressividade e a letalidade desta nova cepa… (já que o tempo de internação é maior e há muita gente há semanas internada).

O sacrifício é de todos. São vidas e há de se pensar no coletivo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.