– Análise Pré-Jogo da Arbitragem para Capivariano x Paulista

Nesta 9a rodada da série A3, Capivariano x Paulista será apitado por Alester Clauri da Costa Tambelli.

O árbitro de 30 anos foi formado recentemente, em 2017. Com pouquíssimos jogos profissionais na carreira, me surpreende que, sem uma boa base nas categorias amadoras, já esteja na Terceirona. Faz parte da estratégia da FPF de acelerar a busca por novos nomes…

Enfim: que ele possa fazer um bom trabalho em Santa Bárbara do Oeste no confronto entre as duas centenárias equipes do Interior de SP. No papel, será um jogo difícil para ser arbitrado, devido à situação da tabela de classificação.

 

– O Deputado que quer proibir Glitter e Purpurina

Enquanto o Ceará vive uma guerra nas ruas, como visto nos últimos dias, um deputado cearense trabalha arduamente em Brasília para proibir o uso de Glitter e Purpurina fabricado de materiais ecologicamente incorretos.

Será que o povo que o elegeu, lá do querido Ceará, esperava que ele trabalhasse para essa causa ao invés do gravíssimo problema da Segurança Pública que o estado assiste?

Extraído de: https://ultimosegundo.ig.com.br/ciencia/meioambiente/2020-02-22/deputado-quer-proibir-uso-de-glitter-e-purpurina-com-microesfera-de-plastico.html

DEPUTADO QUER PROIBIR O USO DE GLITTER E PURPURINA COM MICROESFERA DE PLÁSTICO

Proposta do deputado Eduardo Bismarck (PDT-CE) tramita na Câmara dos Deputados e quer multar quem desrespeitar regras em 10 a 100 salários mínimos

O Projeto de Lei 347/20 proíbe, em todo o País, a manipulação, a fabricação, a importação, a comercialização e o uso de glitter ou purpurina que contenham microesferas de plástico . A proposta tramita na Câmara dos Deputados.

Pelo texto, quem desrespeitar a proibição do glitter e da purpurina estará sujeito a multas de dez a 100 salários mínimos. Em caso de reincidência, as multas serão aplicadas em dobro e acrescidas de 100% a cada nova infração.

Glitter e purpurina são compostos de microesferas de plástico comumente utilizados na confecção de fantasias, adereços e maquiagens, principalmente em épocas festivas, como o Carnaval. Para o autor do projeto, deputado Eduardo Bismarck ( PDT -CE), o uso deve ser restringido por razões ambientais.

“Tal material, por não ser biodegradável ou filtrável, não fica contido no tratamento de esgoto e vai parar na água potável e nos mares”, disse Bismarck. “Apesar de pesquisas indicarem que, na pele, as partículas não fazem mal, estudos de laboratório indicaram que as microesferas trazem efeitos adversos em organismos aquáticos.”

glitter

– Que isso, Felipe Melo? A entrada em Yuri Alberto em Santos x Palmeiras

Caramba, ao ver o lance em que Felipe Melo recebeu Cartão Amarelo, me assustei por 3 coisas:

  • A bobeada do árbitro Flávio Rodrigues de Souza, pois o lance é para Cartão Vermelho INDISCUTIVELMENTE. Nas Regras do Jogo, qualquer entrada com força / virilidade excessiva, ou lance frontal, ou carrinho que atinja o adversário, é para a expulsão.
  • No vídeo em velocidade normal, até quem assiste sente a dor do atleta do Santos FC. Mas pense: e se ele estivesse com o pé rijo, firme, preso no chão: o que aconteceria? Quebrava literalmente o jogador.
  • Por fim: a CARA-DE-PAU  de Felipe Melo, reclamando do Cartão Amarelo sofrido. É claro, que a declaração foi para desviar uma possível unanimidade de que deveria ter sido expulso, colocando em discussão uma suposta dúvida sobre o Amarelo ou não. Faltou inteligência para criar a polêmica…

Se Felipe Melo soubesse jogar apenas com a boa técnica que tem, esse rótulo de violência seria descartado. Mas pense: na 1a entrada um pouco mais forte que ele der, com um árbitro mais rigoroso em campo, teremos Cartão Amarelo ou Vermelho?

Fica a dica… ou melhor: a percepção do que o mundo do futebol reserva. Infelizmente, é assim que funciona: uma desforra no outro jogo para compensar ou não.

Resultado de imagem para Felipe Melo falta em santos fc

– Os cuidados de uma sala de internação em hospital com pacientes portadores de coronavírus:

Você sabia que os hospitais preparados para receber pacientes do COVID-19 tem cuidados desde a pressurização do quarto até detalhes com a maçaneta da porta?

Como funciona no Hospital Israelita Albert Einstein, que atendeu o primeiro caso confirmado no Brasil.

Em: https://super.abril.com.br/saude/coronavirus-no-brasil-as-medidas-do-hospital-para-evitar-que-a-infeccao-se-espalhe/

AS MEDIDAS DO HOSPITAL PARA EVITAR QUE A INFECÇÃO SE ESPALHE

por Rafael Battaglia

Na última quarta-feira (26), o Brasil confirmou o primeiro caso de coronavírus no país. O infectado é um homem de 61 anos, morador de São Paulo e que, recentemente, visitou o norte da Itália, país onde o novo vírus já matou 12 pessoas.

A informação, confirmada pelo Ministério da Saúde, foi divulgada após dois testes atestarem positivo para a presença do vírus 2019-nCov, o causador desse novo surto. Até o momento, o ministério contabiliza 20 casos suspeitos da doença (que se chama COVID-19), além de 59 casos descartados. É possível acompanhar a atualização dos números neste site.

O idoso portador do coronavírus está, agora, em quarentena domiciliar. Por alguns dias, ele esteve assintomático (isto é, não apresentou sintomas da doença), mas depois procurou um serviço de saúde por apresentar problemas respiratórios. Por conta disso, 30 familiares estão sob observação, além de 16 passageiros do seu voo.

Atualmente, existem 81.280 casos confirmados da COVID-19 no mundo todo. A doença já causou 2.770 mortes, mas mais de 30 mil pessoas conseguiram se livrar dela.

O hospital Albert Einstein, em São Paulo, foi quem realizou o primeiro teste para confirmar a suspeita de vírus no paciente brasileiro. A instituição elaborou um documento para orientar seus funcionários na lida com pacientes infectados, ou que tenham suspeita de infecção. Confira as principais medidas que devem ser adotadas:

Equipamentos de proteção

Durante o contato com pacientes com suspeita ou confirmação da COVID-19, é preciso usar o traje completo: luvas, aventais, máscaras e até óculos de proteção. Aventais e luvas são descartáveis. Já as máscaras (respiradores do tipo N95) só devem ser trocadas se estiverem sujas, úmidas ou com o filtro desgastado, dificultando a respiração.

Transporte de pacientes

O transporte de pacientes pelo hospital deve ser evitado ao máximo. Mas, quando não houver jeito, é montado todo um esquema de proteção. As roupas e equipamentos de proteção são trocados antes e depois do trajeto, e os funcionários responsáveis devem se higienizar em ambos os momentos.

Além disso, o mais curioso: existe um membro da equipe cuja única e exclusiva função é tocar superfícies como maçanetas, portas e botões de elevador, como forma de evitar a contaminação dos ambientes do hospital.

Limpeza dos quartos

Os pacientes devem ficar acomodados em quartos com pressão negativa, uma técnica usada em hospitais para prevenir contaminações entre um cômodo e outro. Funciona assim: usando um sistema de ventilação, dá para regular a pressão do ar dentro do quarto, de forma a deixá-la menor que a do ambiente externo.

Isso funciona porque o ar sempre vai de lugares de alta pressão para os de baixa pressão. Dessa forma, com a pressão negativa, é possível impedir que correntes de ar saiam do quarto. Esse controle é monitorado a cada seis horas, e deve ser mantido por algum tempo mesmo depois que o paciente deixar o hospital. O quarto, aliás, não pode receber imediatamente outra pessoa: é preciso aguardar uma higienização completa, que leva duas horas.

Visitas

Quem possui doenças ou condições que diminuem a imunidade (câncer, portadores de HIV, grávidas, pacientes de quimio ou radioterapia, etc.) não pode fazer visitas a casos suspeitos ou confirmados de coronavírus. Para os demais, as condições são: usar máscara, avental e luvas.

Como saber se estou com o novo coronavírus?

Caso você esteja com febre e com alguma sintoma respiratório (tosse, dificuldade para respirar, etc.), tenha viajado para alguma área de risco nos últimos 14 dias (ou esteve em contato com casos suspeitos ou confirmados da COVID-19), a recomendação é procurar um hospital e seguir as orientações médicas.

Caso você seja orientado a ficar em casa, sob quarentena, é muito importante:

• Manter distância dos demais familiares e não dividir o quarto com ninguém.

• Manter o ambiente da casa com ventilação natural.

• Usar máscara cirúrgica descartável (e trocá-la quando estiver úmida)

• Não frequentar escola, trabalho ou locais públicos – sair de casa, apenas em situações de emergência.

• Precisa tossir ou espirrar? Cubra a boca e o nariz com lenços descartáveis.

• Higienizar as mãos frequentemente com gel alcoólico com água e sabonete. Se você não tiver feito isso, evite tocar olhos, nariz e boca.

• Não compartilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal.

prevencao-hospital-corona-site

– Bom dia, 2a feira!

Bom dia!
Bem animado para a semana que começa, esperando que seja produtiva e abençoada, fica o convite: vamos para o #cooper diário?
Fui!
Clique 1:
#Fui #RunningForHealth #run #asics #underarmour #mizuno #corrida #sport #esporte #running

Imagem

Correndo e Meditando no 2o dia de #Março, mês de #SãoJosé:
“Ó #SagradaFamília, fazei a minha #casa tão santa como a de #Nazaré. #Amém.”
Clique 2:
#Fé #Santidade #Catolicismo #Jesus #Cristo #MãeDeDeus #Maria #NossaSenhora #PorUmMundoDePaz #Peace #Tolerância #Fraternidade

Imagem

Fim de #cooper!
Suado, cansado e feliz, alongando e curtindo a beleza das #flores. E nossas mini #rosas laranjas?
Clique 3:
#corrida #treino #flor #flower #flowers #pétalas #pétala #jardim #jardinagem #garden #flora #run #running #esporte #alongamento

Imagem

Desperte, #Jundiaí.
Que a #SegundaFeira possa valer a pena!
Clique 4:
#sol #sun #sky #céu #photo #nature #morning #alvorada #natureza #horizonte #fotografia #pictureoftheday #paisagem #inspiração #amanhecer #mobgraphy #mobgrafia

Imagem

Ôpa: e nossa #borboleta que fez pose para ser fotografada? Viva a #natureza, nos inspirando com suas maravilhas!
Clique 5:
#mobgrafia #foto #pictureoftheday #photo #inspiration #nature #foto

Imagem

Ótima jornada para todos!

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby