– Um emprego dos sonhos?

Ser advogado de político em Brasília parece que é um bom negócio. Viram os milhões que cada um deles cobra para defender os larápios do colarinho branco?

Nada contra eles, afinal, são profissionais do Direito e exercem o seu ofício. Se eles pedem valores absurdos (você não leu errado acima: milhões de reais, não milhares), é porque há quem pode pagar. E se contratou, é sinal de que está de acordo.

Pense: se um político entrou pobre e ficou milionário, como justificar que com o seu soldo recebido honestamente conquistou tanta posse? Que mágica é essa? Mais ainda: de onde vem a grana para pagar os honorários advocatícios?

Tomara que a resposta para isso não seja a de que o crime compensa sim…”

bomba.jpg

Anúncios

– Proibido o uso de celular mesmo quando o carro estiver parado no acostamento

Na França, devido a situações que envolveram acidentes, os motoristas que estiverem com o carro parado, mas usando o telefone celular, levarão multa idêntica àqueles que estão dirigindo.

E se fosse aqui no Brasil? Cairia no gosto popular essa lei?

Extraído de: https://blogdoiphone.com/2018/02/nova-lei-francesa-proibe-motorista-de-usar-celular-mesmo-com-o-carro-parado/

NOVA LEI FRANCESA PROÍBE MOTORISTA DE USAR CELULAR MESMO COM O CARRO PARADO

O celular hoje faz parte integrante de nossas vidas, pois se transformou em uma ferramenta múltipla que nos permite fazer muitas coisas. Porém, esta integração muitas vezes é exagerada pois não queremos largar do mundo online nem em momentos que precisamos prestar atenção em outra coisa, como em um jantar, no cinema ou ao dirigir um carro. Este último é bem mais grave, pois pode custar vidas ou, na mais leve das consequências, atrapalhar o trânsito.

Em todos os países há leis que proíbem o uso do celular enquanto se dirige, mas a França resolveu ser ainda mais radical: mesmo se você parar o carro e desligar o motor, pode ser multado se usar o celular no volante.

A lei em si continua a mesma: “O uso de um telefone nas mãos de um motorista de um veículo em circulação é proibido”. O que mudou na lei foi o conceito de veículo em circulação. Se o motorista simplesmente parar em um acostamento ou na beira de uma rua, o carro continua sendo considerado em circulação, mesmo se o motor for desligado. Isto significa que nem mesmo aquele tempinho parado no semáforo servirá para mexer no celular.

Para evitar a multa e a perda de pontos na carteira, o motorista que quiser usar o celular terá que estacionar o carro em lugar específico de estacionamento (vale também zona azul) para o veículo não mais ser considerado em circulação. A exceção vale em casos de acidentes ou quando o carro tem alguma pane; neste caso, o motorista pode ligar para o socorro.

O assunto é cada vez mais relevante e digno de atenção por parte de todos. Usar o celular no volante é uma péssima ideia sempre, mesmo quando “é rapidinho, nem vai atrapalhar“. Um levantamento da Abramet (Associação Brasileira de Medicina de Tráfego) mostra que o uso de celular na condução de veículos é responsável por pelo menos 150 mortes por dia nas ruas do país. Trata-se da terceira causa mais frequente, atrás apenas de excesso de velocidade e embriaguez.

No início do ano passado, uma família entrou com processo contra a Apple por causa de um homem que usava o iPhone enquanto dirigia. Coincidência ou não, após isso a empresa incorporou no iOS 11 uma função chamada Não Perturbe ao Dirigir, que dificulta o acesso ao celular quando o aparelho identifica que você está em um carro em movimento.

Fixar o celular no painel ou usar um sistema integrado ao som do carro ajuda bastante a diminuir o perigo, desde que você mantenha as duas mãos no volante e olho constantemente na estrada. Mas nada disso adianta se você continuar mexendo nele para ler mensagens ou acessar menus. Nestes casos, sempre pare o carro para fazer isso. Afinal, mexer no celular com o carro parado ainda não é proibido no Brasil.

bomba.jpg

– O pênalti corretamente assinalado e a trolagem erroneamente disseminada.

Justiça seja feita: muitas vezes critiquei as razoáveis / ruins atuações do árbitro Adriano de Assis Miranda, mas ele foi bem no Morumbi na partida entre São Paulo x Bragantino. O Tricolor venceu o Massa Bruta com um gol de pênalti cobrado por Nenê.

Sobre o pênalti, corretamente assinalado no be-a-bá perfeito da arbitragem: próximo à jogada, no posicionamento correto em que o árbitro deve estar, Adriano percebeu que a perna do são-paulino foi atingida pelo chute do adversário de Bragança e a bola não foi adiantada para se crer em simulação. Aliás, o movimento dela é bem significativo, mostra que quem a conduzia foi interceptado e sua velocidade se mantém “à espera de querer ser chutada”. Enfim: todos os indícios para se marcar pênalti.

Se o jogo foi fraquinho dentro de campo, uma polêmica desnecessariamente criada ocorreu fora dele: a brincadeira do Canal a Cabo Esporte Interativo no qual há um veado para anunciar o começo do jogo no Morumbi. Isso provocou a ira dos torcedores nas Redes Sociais e virou um tremendo antimarketing para a emissora.

Em São Paulo, os mascotes dos clubes são confundidos por gozações de mascotes das torcidas impostos pelos adversários. O Santos tem a figura de uma baleia e o apelido é Peixe; mas os rivais ironizam como sardinha. O Corinthians é o Mosqueteiro, mas os adversários impuseram o termo gambá para a torcida. O Palmeiras, tradicional Periquito com a figura do papagaio Zé Carioca, tinha seus torcedores sarcasticamente chamados de Porco – e a torcida assumiu orgulhosamente o apelido e a bolinagem ficou sem sentido. O São Paulo, representado pelo santo homônimo com auréola e a batina com as faixas da camisa 1, tem como apelido jocoso recente atribuído de Bambi, em referência ao personagem infantil de Walt Disney que é um doce filhote de veado campeiro. Claro que o veado animal é para lembrar o termo pejorativo viado, que se refere aos homossexuais, querendo dizer que são-paulinos são “bichas”.

Evidentemente o torcedor do SPFC detesta essa brincadeira, que nos nossos tempos politicamente corretos se torna fruto de homofobia, caso algum homossexual queira se queixar fora do contexto inserido. Mas a grande pergunta é: será que se o São Paulo Futebol Clube tivesse acertado seus direitos de transmissão com o Esporte Interativo (como fizeram tantos outros clubes, deixando a Rede Globo de lado), a emissora colocaria esse “veadinho” nas Redes Sociais mesmo assim?
Trolagem de torcedores, se entende devido a realidade social (não quer dizer que concordo, mas entendo). Só que uma emissora de TV fazer isso gratuitamente é pisar na bola!

O SPFC divulgou uma nota repudiando. O EI pediu desculpas alegando erro de um funcionário. E você, o que pensa sobre tudo isso?

Leia as notas do time e da emissora, em: https://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/2018/02/08/esporte-interativo-usa-meme-de-veado-em-jogo-do-sp-e-clube-lamenta-postura/

Abaixo a imagem do Twitter do canal:

bomba.jpg

– Como o nosso dinheiro dos impostos é mal gasto pelos senadores

Mais de meio milhão de reais: esse é o valor gasto pelo Senado para configurar Smartphones!

Pois é. Na última edição da Revista Superinteressante (pg 18 – Jan/2018), está a prestação de contas que mostra: existem 340 linhas de celular disponíveis, fornecidas pela Claro, que necessitam de 6 técnicos à disposição dos Senadores (Aécio, Gleise, Jucá, Renan e seus colegas) mais seus Assessores. O custo absurdo de R$ 553.000,00 / anuais é, segundo resposta do Senado Federal à revista:

Para que os técnicos realizem tarefas importantes, como configurar e sincronizar agendas e e-mails, ativar e desativar roaming internacional e medir a qualidade do sinal da casa“.

Repararam que essa conta é para o serviço de assessoria técnica? E quanto será que eles não gastam em ligações telefônicas?

bomba.jpg

– Ser fumante é sofrer até o último dia de vida, segundo o respeitado jornalista

José Paulo de Andrade, veterano e admirado profissional do Grupo Bandeirantes de Rádio e TV, tem saído várias vezes do ar por problemas de saúde. Vez ou outra é internado devido aos malefícios do cigarro – na qual ele já testemunhou em seus programas por diversas vezes o arrependimento quando fumou pela 1a vez.

Ontem, quarta-feira, “Zé Paulo” se manifestou pelo Twitter agradecendo as mensagens de apoio e acrescentou ao seu “obrigado” que:

Reitero minha pregação antitabagista: o fim do fumante é sofrer até o último dia. Dramático? Não, realista.

Pois é. Como vamos contestar o depoimento de um ex-fumante, que gosta de trabalhar mas não pode devido às complicações causadas pelo fumo?

bomba.jpg

– Bom dia, 5a feira – em 5 cliques para despertar a manhã!

Olá Amigos. Mais um dia para viver: trabalhando, rezando, curtindo a família e desejando estar longe de lamúrias…

Para começar bem o dia, fui para o costumeiro cooper matinal. Vale suar para gastar a adrenalina acumulada (que parece não esgotar). Clique Motivacional 1:

bomba.jpg

Durante a corrida, pensando nas coisas do alto. Hoje, pedindo a Deus que nos faça missionários da sua messe, pois há gente de boa vontade, mas insuficiente para a obra do Senhor. Clique Meditacional 2:

bomba.jpg

Pós-treino, alongando entre as flores do jardim. Neste dia, com as rosas vermelhas (aqui realcei com um aplicativo bacana, o Line Camera). Clique Contemplativo 3:

 

bomba.jpg

Enfim, na hora de trabalhar, pegando a estrada e contemplando a alvorada que surgiu tão bela. Clique Inspiracional 4:

bomba.jpg

Ops: não posso deixar de esquecer do sorriso inocente que fica em meu lar! Minha Estelinha com suas bochechas e covinhas não se canse de sorrir na rede…. Clique Fofurice 5:

bomba.jpg

Ótima quinta-feira a todos.