– Os 12 grandes clubes brasileiros e Luxemburgo

Assisti dias atrás (e creio que deva ter sido na Fox, salvo engano) uma entrevista com Vanderlei Luxemburgo. Ele disse que até se aposentar terá tempo de terminar seu ciclo de grandes clubes trabalhando no São Paulo e no Internacional.

Ora, sabemos que Luxa trabalhou em quase todos os principais clubes brasileiros, além da passagem pelo Real Madrid e Seleção Brasileira, depois do seu “debute em títulos” no Bragantino, em 1990, na final caipira contra o Novorizontino.

Me chamou a atenção o seguinte: se temos 12 grandes times no Brasil (creio que há unanimidade nisso: 2 de MG, 2 do RS, 4 do RJ e 4 de SP), seu ciclo não terminaria com Inter-RS e SPFC!

Vanderlei trabalhou nos dois mineiros (Cruzeiro e Atlético), em 3 paulistas (Palmeiras, Corinthians e Santos), em 1 gaúcho (Grêmio) e em 2 cariocas (Flamengo e Fluminense). Se citou a esperança de completar sua trajetória em todos os grandes, por quê não citou Vasco da Gama e Botafogo?

Seria um lapso de memória, indisposição aos clubes não citados ou desconsideração da grandeza?

Creio na segunda hipótese… e você?

Aliás, parece-me que ele é o “bola da vez” para trabalhar como novo treinador do São Paulo FC, substituindo Muricy Ramalho. E o contrato com o Flamengo: como ficará?

(OPS: No começo de carreira, ainda desconhecido, Luxemburgo passou pelo Vasco da Gama por alguns poucos jogos, mas não era ainda a sua fase de “treinador de ponta”, como na dos demais rivais. Também trabalhou antes do estrelato na Ponte Preta e no Guarani; a exceção de clube pequeno durante o período vitorioso foi o Paraná Clube, em 1995).
bomba.jpg

– Queixas econômicas de quem entende!

O que atravanca o progresso econômico do Brasil?

A resposta é muito ampla. Mas Jorge Gerdau, o mega-empresário do aço (e que trabalhou no Governo Dilma), resumiu a dificuldade da competitividade das empresas brasileiras com as estrangeiras em 3 itens: impostos, juros e alta do dólar.

Sejamos justos: são componentes importantes, mas o principal, em, minha humilde opinião, é: a CORRUPÇÃO!
bomba.jpg

– O Maravilhoso Regulamento do Paulistão e suas distorções

Coisa de gênio: tendo apenas uma rodada do término da 1a fase do Campeonato Paulista da Série A1, o XV de Piracicaba, com 17 pontos, 7 derrotas, 5 vitórias e 2 empates e saldo de gols negativo, estaria classificado para as quartas de final, mesmo estando na 12a colocação (40,5% de aproveitamento). E Mogi Mirim (47,6%), Ituano (45,2%), Audax (45,2%), São Bento (42,9%), que estão à frente dele na tabela geral, estarão eliminados do torneio.

E a luta para as vagas à série D e Copa do Brasil, não ficam distorcidas? Quem foi melhor, não poderá pontuar mais. E quem pontuou menos, fica com mais chances!

Mais engraçado é o Penapolense, com 15 pontos. É o 3o colocado do seu grupo, e na sua chave, se hoje vencer e der uma determinada combinação de resultados, classifica-se à busca ao título. E se der outra combinação, é rebaixado para a série A2.

Dispensa comentários…
bomba.jpg