– Situação e Oposição querem salvar Aécio? A união de PT, PMDB e PSDB

Justamente ontem questionamos os motivos aos quais Lula e Aécio Neves não estavam ainda no Xilindró (vide aqui: https://professorrafaelporcari.com/2017/09/27/os-recibos-de-lula-e-a-pergunta-por-que-ele-e-aecio-estao-soltos).

Hoje, leio que Governo e seus Opositores estão unidos para evitarem a Prisão de Aécio Neves.

Por quê se uniram, não?

Seria solidariedade ao amigo, medo de que outros senadores passem por isso, ou, no fundo, todos fazem parte da mesma quadrilha?

Impera a picaretagem na Política Nacional, infelizmente…

bomba.jpg

Anúncios

– Quando o STF resolverá o imbróglio Brasil?

Hoje começará o julgamento da chapa Dilma + Temer. Na ocasião, PT e PMDB estavam unidos umbilicalmente, não existe o que contestar. Mas depois que brigaram e Temer assumiu o poder, o PSDB tomou proveito e se uniu ao peemedebista.

Agora, leio que os tucanos esperam a decisão (que acho que será demorada) para “desembarcar” do Governo ou não.

Quer dizer que o cara se torna errado do dia para a noite, dependendo da decisão da Justiça? Tem duvida ainda?

No fundo, se analisarmos, a culpa do PMDB estar no poder é exclusivamente de dois partidos: PT e PSDB; o primeiro por namorar e casar com o apoio do Temer; o segundo por se aproveitar da situação e querer ser poder.

bomba.jpg

– Aécio e Serra como Lula e José Dirceu. E agora, radicais?

Política no Brasil é algo assustador. O que tem de radical, fanático, “torcedor”, “doente por político”, chega a ser ridículo.

Sabemos que a turma do PT está suja até o pescoço (isso é comprovado). E desconfiávamos da turma do PSDB quase que na mesma medida. Com as ultimas delações premiadas, ficou certo de que todos são farinha do mesmo saco!

Aliás, viram a capa da Veja dessa semana? Todos os podres revelados sobre Aécio…

bomba.jpg

– Dilma, Lula, Aécio e Serra na Lista da PGR! E tem tonto que briga por políticos…

Quando algum fanático radical de qualquer legenda política discutir e defender com unhas e dentes o candidato X ou Y do partido A ou B, lhe mostre a Lista do Rodrigo Janot, Procurador Geral da República.

O documento de incríveis 500 gigabytes com o material analisado de 950 termos de 78 delatores, trouxe como nomes de destaque na corrupção brasileira:

  1. – Os ex-presidentes Lula e Dilma (PT),

  2. – Os ex-candidatos a presidência Serra e Aécio (PSDB),

  3. – Os senadores Edison Lobão, Romero Jucá e Renan Calheiros (PMDB),

  4. – Os atuais presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia e Eunício de Oliveira (PMDB),

  5. – Os atuais ministro de Temer: Aloysio Nunes Ferreira e Bruno Araújo (PSDB), Moreira Franco e Eliseu Padilha (PMDB) e Gilberto Kassab (PSD).

  6. – Os ex-ministros do Governo Dilma: Antonio Palocci e Guido Mantega (PT).

Será que todos eles vão para o Xilindró?

E ainda há maluco (ou tonto) que defenda essa gente bandida. Ou quem pratica corrupção e quebra o país não é criminoso de colarinho branco?

bomba.jpg

– Farto de fanáticos políticos? Eu sim!

Se você cansou de ver amigos brigando por política (e há os que acham seus candidatos os “ideais”, “perfeitos” e “incorruptíveis”), saiba que eu estou contigo!

Assusta o fanatismo de direita e o de esquerda. E na semana passada, Kim Kataguiri (do Movimento Brasil Livre – de direita) e Thiago Pará (do Levante Popular da Juventude – de esquerda) travaram um debate interessantíssimo na Rádio Jovem Pan.

Vale a pena assistir e ver como é importante ter momentos de ponderação (como houve em  algumas falas) e como se deve evitar o fanatismo que cega a razão (presente em muitas discussões aqui).

Abaixo, ou em: https://www.youtube.com/watch?v=AmavB-RjER8&t=1840s

– Muito Blabláblá de Defensores e Opositores do Governo

A radicalização fanático-religiosa do Brasil está assustando. Muito discurso furado. Gente que fala bonito iludindo a população, como a presidente Dilma se comparando à vítima do Nazismo (que Deus a perdoe) ou movimento de atores que recebem verbas federais para defendê-la.

Do outro lado, pessoal que até marcou data para o impeachment, falando sobre a mudança de direção da nação (esquecendo-se que Temer é do mesmo pacote: já beijou a mão do PSDB e usufruiu o quanto pode do PT).

Prefiro a moderação. Quero um país menos corrupto, livre de políticos profissionais e sedentos de poder. E que os bandidos de colarinho branco (de Lula a Aécio, se tudo for provado) sejam presos (e devolvam a grana, logicamente).

Uma coisa é certa: há muito blábláblá, lenga lenga e o povo continua sofrendo.

bomba.jpg

– Que os Canalhas que desviaram Dinheiro da Merenda sejam presos!

Ufa, realmente o Brasil parece que está sendo passado a limpo. Depois da Federal “pegar de jeito” um bando de petistas, agora a Civil faz o mesmo com um bando de peessedebistas que desviaram recursos da merenda escolar (Leonel Júnior, ao lado de Alckmin, na foto abaixo).

Doa a quem doer, lugar de político corrupto é no xilindró. E não venha fanático-partidário defender essa ou aquela legenda.

Extraído do Bom Dia/ Diário de São Paulo, em: http://www.diariosp.com.br/noticia/detalhe/91186/alba-branca-prende-6-por-fraude-de-merenda-escolar

EX-PRESIDENTE DA ALESP É PRESO

A Polícia Civil e o Ministério Público Estadual (MP-SP) prenderam o ex-presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Leonel Julio, em mais uma fase da Operação Alba Branca, deflagrada na manhã desta terça-feira (29). A investigação é a respeito de casos suspeitos de fraudes em licitações para o fornecimento de merenda escolar em 22 cidades do Estado.

Com os mandados de prisão expedidos pela Justiça da cidade de Bebedouro, no interior paulista, a força-tarefa já prendeu Leonel Julio e mais seis pessoas em diversas cidades do interior paulista e na capital. Dentre os capturados estão o ex-vendedor da Cooperativa Orgânica Agrícola Familiar (Coaf), Emerson Girardi, e o presidente da União dos Vereadores do Estado (Uvesp), Sebastião Miziara.

Além disso, mandados de busca e apreensão também estão sendo cumpridos pela polícia.

Fernando Capez, atual presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, é um dos alvos da investigação. Porém, ele tem foro privilegiado e, por isso, o caso está em curso no Tribunal de Justiça do Estado.

O esquema envolve funcionários públicos e deputados que recebiam pagamento de propina para que licitações destinadas à compra de merenda escolar fossem fraudadas em favor da Coaf, que tem sede em Bebedouro.

bomba.jpg

– As Delações e as Listas de Corruptos Multipartidários. Em quem confiar?

Delcídio Amaral citou em delação premiada políticos em atitudes corruptas das mais diversas ideologias: de Lula a Aécio, de Norte a Sul!

Na lista oficial de propina da Odebrecht, descobriu-se quase 300 políticos de mais de 20 partidos, de comunistas aos neo-liberais.

Aí fiquem pensando: e os radicais “torcedores” do PT que se matam nas redes sociais contra os radicais “torcedores” do PSDB? Nem assim os dois grupos de eleitores se mancam que a briga é pelo poder e pelo dinheiro, não pelo povo?

Esses militantes profissionais me trazem dúvida: alienados ou fanáticos?

Não aguento mais escrever ou falar sobre política. O Brasil, politicamente falando, é um antro de perdição e está falido moralmente.

O que será do nosso país? Onde achar um nome sequer honesto para presidi-lo?

bomba.jpg

– As corretas frases de Lula repaginadas em atos concretos e contraditórios, somadas as infelizes tiradas dele próprio.

Em 2010, quando Julian Assange, o fundador do Wikileaks, divulgou vários documentos sigilosos que continham crimes de pessoas e governos importantes, Luís Inácio Lula da Silva declarou:

Aparece o tal do WikiLeaks e desnuda a diplomacia que parecia inatingível, parecia a mais certa do mundo, e aí começa uma busca. Se ele leu, é porque alguém escreveu. O culpado não é quem divulgou, o culpado é quem escreveu. Portanto, em vez de culpar quem divulgou, culpem quem fez a bobagem, porque senão não teria o escândalo que tem”.

Repetindo: “Quem divulga não é culpado”, pois o problema é o ato criminoso cometido e que ficaria encoberto.

Certo?

Mas quando é com ele… o discurso mudou?

Em 1988, no Governo Sarney, em entrevista ao “O Globo”, Lula se referiu a políticos corruptos que ficavam impunes dizendo:

No Brasil é assim: quando um pobre rouba, ele vai para a cadeia, mas quando um rico rouba ele vira ministro“.

Que ironia do destino… Lula, acusado de corrupção, foi chamado às pressas para ser ministro. E não um simples ministro, mas um super ministro, praticamente para governar a nação e que depois foi impedido por se descobrir por grampos telefônicos que era um esquema de evitar sua provável prisão e ter foro privilegiado.

Em referência aos grampos, fica a pergunta: que baixeza foi a fala de Lula ao dizer que o PT precisava das mulheres de grelo duro”? Que linguajar chulo! Pior: sobre Clara Ant, diretora do Instituto Lula, ele disse que quando a diretora viu 5 Policiais Federais, “achou que era um presente de Deus”.

Se ele trata assim as pessoas próximas a ele, imagine aos adversários?

Mais do que isso: a troca de gargalhadas entre Eduardo Paes e Lula sobre o sítio de Atibaia (sítio negado por ele), ironizando como “lugar cafona” de quem tem “mania de se fazer de pobre”.

Quando achamos que o fundo do poço chegou, vemos que ele está longe ainda…

Desse atual episódio onde a Lava Jato está corretamente indo a fundo, tiramos duas conclusões:

– A Oposição é fraca e parece estar indo (ou melhor, já foi) para o mesmo caminho: e as contas e podres de Aécio Neves? Não dá para ignorá-las também!

– Não há um líder político como opção. Quem pode subir em um palanque e conclamar o povo para mudança nesse momento turbulento? Quem é o político-símbolo de honestidade hoje? Infelizmente, não há…

bomba.jpg

– O Brasil Político da Esquerda Mentirosa e da Direita Oportunista: quero achar um chefe de estado honesto!

Tivemos nesse domingo as manifestações contra a Corrupção, contra o Governo Dilma e contra o Lula-Petismo!

Impossível ignorar as pessoas nas ruas. Foram milhões de brasileiros em diversas cidades, revoltados com o abandono do país.

Correto. Temos uma Esquerda capitaneada pelo PT e pelos seus “partidos satélites”, que nos anos 80 pregava a ética e a lisura, mas que quando entrou no poder se corrompeu com os mais graves escândalos de roubo da nação, como Mensalão e Petrolão. Quem diz o contrário, é fanático-partidário.

Já a Direita é fraca, não sabe ser oposição e permitiu esse “status quo”. Formada por caciques do PSDB, foi omissa na maior parte dos casos e tentou se aproveitar de visibilidade no último protesto, sendo Alckmin e Aécio vaiados pela massa de 1,4 milhões de paulistanos na mais paulista das avenidas. Inclua-se na lista a agora peemedebista Marta Suplicy e outros tantos ex-petistas que abandonaram o barco para perder menos votos no próximo pleito.

Não me empolgo com nenhum partido ou nome de candidato. Todos são iguais perante o dinheiro público, infelizmente. E é o que temo: precisamos mudar esse Governo corrupto e prender os cabeças, como prioridade; depois ir para cima dos pseudo-salvadores da nação, tão envolvidos em outras maracutaias quanto os mandatários atuais. Todos devem ser investigados, doa a quem doer, pela ordem de importância dos seus crimes. MAS SOBRARÁ QUEM?

Sérgio Moro, corretamente, se tornou herói nacional. Ótimo, mas provavelmente quer distância do Planalto por ser honesto demais. Vai que perde a incorruptibilidade…

O duro é ver que muitos dos apoiadores do impeachment de Fernando Collor, que lesou menos o Brasil do que Dilma + Lula, são contrários ao impeachment atual. Será por que nomes como Sarney (o ícone do coronealismo), Collor (tirado do poder também por eles próprios mas hoje senador) e Maluf (o “rouba mas faz”) tem seus partidos integrando a base aliada?

bomba.jpg

– Dilma, o Partido e o País dividido!

Alguém duvida que o Brasil está ao Deus-dará?

Se desde as Eleições o país rachou entre Dilma e Aécio, ou entre PT e PSDB (e parece ser um crime dizer que você não simpatiza nem com um ou nem com outro), onde ser esquerda tornou-se “petralha” e ser direita virou “coxinha” (durma-se com um barulho desses) e que bipolarizou-se forçadamente as ideologias, agora vemos um cenário inimaginável: o PT abandona Dilma através de discursos negativos, e a presidente diz que não governa para o PT mas sim para o país.

Estratégia política ou de fato estão brigados?

Algo que irrita: por quê ao se referir ao Lula, Dilma frequentemente o chama de presidente, ao invés de Ex- Presidente, como os demais?

bomba.jpg

– 13 de 68 e 13 de 15: democracia de conveniência?

Ontem ocorreram manifestações contra o Governo Dilma Rousseff, pedindo o impeachment da presidente e o fim da administração do PT. Tudo feito de maneira ordeira. Aliás, uma versão de Direita dos protestos que nos acostumamos a ver quando a Esquerda era oposição.

Agora, ao contrário dos protestos que incentivavam, petistas como Rui Falcão dentre tantos outros tripudiaram, dizendo que era “em louvor ao dia 13 de dezembro de 1968, a favor da ditadura militar“.

Quanta bobagem… quando é protesto pró-PT, é democracia. Quando é contra, é golpe?

De fato, os conceitos de democracia variam conforme os interesses.

bomba.jpg

– Como assim, Aécio e PT?

1) Como assim PT?

O Partido dos Trabalhadores anunciou que expulsará seus membros envolvidos em corrupção. Mas só vale a partir de agora. Portanto: Genoíno, Dirceu, Vaccari e tantos outros permanecem numa boa na legenda. 

Cadê o PT da fundação, da ética e da moral? Nessa, Marta Suplicy está com a razão em reclamar sobre esses princípios (se bem que ela abandonou o partido por falta de espaço político).

2) Como assim Aécio?

A Folha de SP noticia que, mesmo depois de deixar o governo do estado de MG, Aécio Neves continuou a usar o “avião do governador”, tudo bancado com dinheiro público

Cadê o Aécio da campanha, da ética e da moral? 

                       …É por isso que não me iludo com políticos…
bomba.jpg