– Orchids / Orquídeas.

Orquídeas para terminar a noite! Que flores incríveis elas são…

Fotografar tal beleza não tem preço…

Imagem

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby

– Vamos terminar o dia com uma oração?

A devoção católica ao Anjo da Guarda é uma maravilhosa riqueza que possuímos. Todos nós, quando nascemos, ganhamos um amigo angelical para nos guardar.

Vamos rezar a ele a fim que tenhamos um bom dia de vida? Abaixo:

“Santo Anjo da Guarda, obrigado porque acompanhou-me por mais um dia, ó amigo inigualável que nunca me abandonou (mesmo quando eu lhe esqueço). Obrigado por estar ao meu lado no combate espiritual. Hoje, como toda noite, peço-lhe que me livre das trevas do pecado e guie-me no caminho da Luz Divina. Ajude-me para que eu tenha uma santa noite e um bom descanso.”

Um modelo de oração para o dia que começa, em: https://professorrafaelporcari.com/2021/06/13/oracao-da-noite-15/

O Anjo da Guarda e a Chama Divina (2019) de Vince Pietrov | Tela para  Quadro na Santhatela

– Não insista em permanecer onde o sofrimento te maltrata.

Não insista com a infelicidade!

Mudar de lugar / acomodação / situação se faz necessário. Precisamos de saúde emocional, e para isso, retirar-se do lugar nocivo é importante.

Gostei da mensagem abaixo:

Continuar lendo

– Publicações descuidadas nas redes sociais

Cada vez mais as Redes Sociais podem trazer constrangimentos, saias-justas ou problemas diversos de quem não toma cuidado com elas.

Quer exemplos?

Dias atrás, a grande impressa publicou que o INSS cortou o benefício para uma pessoa afastada do trabalho por se sentir depressiva. Peritos entraram no Facebook dela e encontraram fotos de confraternizações, passeios e legendas como “não me agüento de tanta felicidade. Sendo assim, perceberam que a depressão não era mais um problema (ou nunca tinha sido).

Para a contratação de funcionários, além da obviedade do LinkedIn, selecionadores acabam por “fuçar” a vida do candidato em outros canais. Publicações em situações constrangedoras, fotos marcadas com imagens que demonstram bebedeiras, retuítes de mensagens de apologia a causas polêmicasTudo isso é levado em conta na hora da contratação. 

E o que dizer de bate-papos abertos e descuidados? Dias desses presenciei uma pessoa fazendo publicidade de seu negócio e nos comentários a cobrança de alguém: que bom que te encontrei nessa comunidade, você não atende minhas ligações, pague o que me deve pois preciso receber essa dívida“.

Talvez a mais complicada das publicações são as de ostentação! Claro, ninguém tem o direito de criticar o que o outro tem, mas o exibicionismo e a vaidade tornam-se perigosos em dias de tamanha insegurança.

E os desabafos? E as brigas de casais? E as alfinetadas em quem não se gosta?

Instagram, Twitter, Facebook, Google Plus… Tudo isso é muito legal, desde que use com parcimônia e no devido limite de tempo. 

Aliás, perceberam quanto tempo a gente gasta nelas? De maneira produtiva/construtiva, de entretenimento ou desperdiçada?

Vale a reflexão.

Veja as principais atualizações das redes sociais em 2019 - Blog ...

– Sunset.

Olhe o tamanho desse sol!

Temos um entardecer motivante pelo retrovisor. Que beleza!

Como não se inspirar com a natureza?

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#fotografia #sun #sky #céu #nature #horizonte #paisagem #landscape #inspiração #mobgrafia #XôStress #entardecer

– Pérolas Catalogadas por Ross e Petras

Repost de 2015:

Um sucesso por aí é a obra: “Antologia das Maiores Besteiras já Ditas”, dos irmãos Ross e Petras. Eles catalogaram frases interessantes de personalidades, mostrando curiosas infelicidades ditas. Por exemplo:

Perdemos porque não ganhamos” – Ronaldo Nazário, jogador, após ser questionado por uma derrota (categoria “Não Dá Para Discutir com estas Declarações”)

Vou fazer desse país uma democracia, e se alguém for contra eu prendo e arrebento.” – João Batista Figueiredo, último presidente militar brasileiro, falando da abertura democrática que ele pretendia (categoria: “Mais Idiotas Repetições Ideológicas”)

Fácil. Ganhei tudo na loteria. Ganhei 123 vezes nos últimos dois anos”. – João Alves, deputado acusado de corrupção, justificando seu enriquecimento (categoria: “Menos Convincentes Desculpas e Explicações Que Não Colam”)

Vida de rico em geral é muito chata”. – Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente, contando sobre o dia-a-dia (categoria: “Coisas Mais Inacreditavelmente Irritantes Ditas por Pessoas Ricas”)

Extraído de: http://is.gd/BFPw9Q

ANTOLOGIAS DAS MAIORES BESTEIRAS JÁ DITAS

Por Mauricio Stycer, Crítico do UOL

Os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso e João Baptista Figueiredo, o ex-deputado João Alves e o ex-jogador Ronaldo estão entre as personalidades mundiais que ganharam lugar numa obra de grande relevância: o “Livro das Maiores Besteiras Já Ditas” (“Book of All-Time Stupidest Top 10 Lists”).

Os autores são os irmãos Ross e Kathryn Petras, que se definem como “especialistas em besteiras”. Desde 1993 dedicam-se ao duro ofício de reunir e dar publicidade às abobrinhas e aos absurdos ditos por celebridades, políticos, esportistas e jornalistas.

A primeira coletânea foi “The 776 Stupidest Things Ever Said” (“As 776 Maiores Besteiras Já Ditas”). O sucesso do livro levou a um segundo, depois a um terceiro… O calendário diário (com 365 besteiras) que publicam há 18 anos já vendeu mais de 4 milhões de exemplares. Não falta material.

Este ano, reuniram o supra-sumo das besteiras num volume especial. Agruparam as frases estúpidas em listas de “10 mais”. FHC, por exemplo, conquistou um lugar na lista das “Coisas Mais Inacreditavelmente Irritantes Ditas por Pessoas Ricas” com uma reflexão feita em 1998, quando era presidente: “Vida de rico em geral é muito chata”.

Figueiredo figura na lista das “Mais Idiotas Repetições Ideológicas” com um dos muitos absurdos que falou em sua presidência, entre 1979 e 85: “Vou fazer desse pais uma democracia, e se alguém for contra eu prendo e arrebento.”

Já João Alves tem lugar de honra na lista das “Menos Convincentes Desculpas e Explicações Que Não Colam”. Questionado numa CPI, em 1993, sobre o seu incrível enriquecimento, ele explicou: “Fácil. Ganhei tudo na loteria. Ganhei 123 vezes nos últimos dois anos”.

O ex-craque Ronaldo é citado numa lista muito boa – “Não Dá Para Discutir com estas Declarações”. Foi a sua singela explicação para uma derrota: “Perdemos porque não ganhamos”.

Este novo livro dos irmãos Petras reúne mais de duas mil pérolas, a grande maioria dita por americanos. É verdade que muitos outros brasileiros mereciam figurar na antologia, mas os quatro citados não fazem feio e representam bem o país. O livro pode ser adquirido na Amazon (por US$ 8,76).

3 motivos para "calar a boca" no mundo dos negócios - Pequenas ...

– Do alto da cidade…

A cidade de Jundiaí vista do alto do Golden Office. Como tu és bela, ó Terra da Uva!

Aliás… crescendo para cima e para os lados. Vide o número de prédios e os bairros ficando populosos.

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby

– No lamento, pense em Deus!

Já ouviu aquela cantiga popular sobre os “Escravos de Jó, que jogavam caxangá”?

é um personagem bíblico que nos traz a mensagem da confiança incontestável em Deus. Ele foi um homem temente ao Senhor, mas que foi perturbado pelo diabo que lhe tirava tudo na vida causando muito sofrimento.  Não entendia o porquê de tantas dores e angústias, mas vencia o inimigo confiando que, independente da razão ou não, confiava em Deus.

Vi essa figura “perdida na web” (abaixo) e me recordei dele. Impossível não nos questionarmos quantas vezes sofremos (ou achamos que sofremos) como Jó e nos lamentarmos. Conforme o versículo bíblico:

“Jó nunca viu a razão do seu sofrimento. Ele viu Deus e isso bastou”.

Entendemo-nos? Sem lamúrias desnecessárias e confiemos na Providência Divina.

Resultado de imagem para Jó nunca viu a razão

– Como discernir infração ou não (em referência a bola que bate inesperadamente no corpo e na mão), como o ocorrido em Universidad Católica x Palmeiras.

Ontem, falamos sobre o erro na marcação do pênalti a favor do Palmeiras no Chile contra a Universidad Católica (Raphael Veiga marcou de pênalti, em lance oriundo de polêmica: a bola bateu acidentalmente na mão de Lanaro, desviada na própria perna, após cruzamento de Deyerson).

A explicação da regra com a circular 22/2021 da CBF traduzida, onde se define o que é “movimento antinatural”, em: https://professorrafaelporcari.com/2021/07/14/nao-foi-penalti-para-o-palmeiras-contra-a-catolica/.

Um lance muito parecido (de bola que vem inesperada, toca no corpo do próprio jogador e sem intenção alguma bate na mão) ocorreu em Palmeiras x Internacional. Abordamos aqui: https://pergunteaoarbitro.wordpress.com/2020/09/03/o-penalti-de-palmeiras-1×1-internacional/.

Nestes casos, para facilitar a compreensão se é infração ou não, lembre-se:

1- A regra da mão na bola só fala de intenção e movimento antinatural. Lances de imprudência e movimento natural NÃO SÃO INFRAÇÕES nesse caso.

2- Mãos de apoio do corpo, mão de proteção para não atingir rosto / partes íntimas e mão acidental, não são infrações.

3- O braço aberto ou fechado não significa absolutamente nada, caso a bola bata ali acidentalmente por ser um lance desviado e rápido (o atleta chileno tinha como evitar o contato, após a bola bater em sua perna)?

Por fim: André Matonte, árbitro uruguaio, está no quadro da FIFA pela disponibilidade da vaga no país dele, não pelo mérito. Sabidamente, não tem experiência suficiente em jogos internacionais… aliás, como os nomes principais da arbitragem sul-americana estão descansando devido a Copa América, os “2ªs linhas” entraram em campo.

Com as mudanças constantes (e pouco explicadas) nas Regras, precisamos de atualizações constantes…

– Rubem Alves e seu lema!

Lembrando o escritor, filósofo e educador Rubem AlvesÉ dele o dito:

Não economize para o amanhã, viva hoje o presente“.

Uma espécie de “Carpe Diem”, o famoso “aproveite o dia”. Mas é bem por aí: a gente se preocupa tanto com o futuro que se esquece do agora. Claro, não é para sermos irresponsáveis com o amanhã, mas mais atuantes no dia-a-dia.

3159891452_a14bb0c655.jpg

– Infinito!

Sem filtros!

A quinta-feira está muito bonita. Veja a perfeição da natureza.

Aqui: divisa de Bragança Paulista com Itatiba. Viva o Interior Paulista!

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#sky #céu #nature #horizonte #fotografia #paisagem #inspiração #mobgrafia #XôStress #NoFilter