– CF 2021: Fraternidade e Diálogo, Compromisso de Amor. Mas é isso o que está ocorrendo?

A Campanha da Fraternidade, normalmente organizada pela Igreja Católica no Brasil através da CNBB, em 2021 será elaborada pelo CONIC (Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil), e terá (como em algumas outras oportunidades) o caráter ecumênico.

Sobre o Tema: “Fraternidade e Diálogo, Compromisso de Amor”, usando o Lema: “Cristo é a nossa paz. Do que era dividido, fez uma unidade.” (usando a passagem de Ef 2,14ª), a ideia é levar a unidade na diversidade. E isso tem causado tanta polêmica…

Embora existam várias igrejas cristãs, um só é o Senhor Jesus Cristo. Adorá-lo e segui-lo na igualdade se faz necessário, sabendo mesmo assim que há de se respeitar as interpretações diferentes. Estar em unidade no que se comunga, separando do que se diverge, é necessário para um mundo mais unido e tolerante.

Em 2021, a temática aborda a urgente carência de conversar com todos os fiéis e não fiéis, pois “ser cristão é amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo”. Se eu desrespeito o marginalizado, como posso me intitular um “novo Cristo”? Lembremo-nos que insistentemente Jesus falava que os sadios não precisavam de médico, mas sim os doentes. Recordemo-nos ainda que Ele não julgou a prostituta, nem os cobradores de impostos (pessoas malquistas em seu tempo), nem condenou o tributo a César, mas chamava a todos à uma vida nova, “dando a Deus o que é de Deus, a César o que é de César”.

A grande preocupação é que, muitos extremistas conservadores, acabaram por taxar tal iniciativa como “comunista”, “anticristã” e “sacrilegial”, pois se busca conversar com aqueles que estão fora do Catolicismo – de outras crenças não cristãs a ateus, de comportamentos não tradicionais e de marginalizados. Inclua-se, ainda, o grito contra a violência aos LGBTs e outras comunidades discriminadas.

Ora, a caridade cristã constitui-se no amor indistinto, puro, verdadeiro e desinteressado. Cristo não anunciaria a todos eles também? Lembremo-nos da Samaritana! Ou, se preferir, reflita no lema da Campanha: “Cristo é a nossa paz. Do que era dividido, fez uma unidade”.

Que reino permanece firme se for dividido? Que sociedade teremos se formos todos separados por “categorias de humanos”?

As pessoas estão confundindo respeito à dignidade humana com apologia à práticas diversas. E isso é péssimo… nada de radicalismo que deturpa a própria fé

Vivamos e aprendamos acolhendo nossos irmãos nessa CF 2021!

O que me assusta, confesso: pessoas que se dizem católicas atacando a Igreja Católica no Brasil por tal campanha, e por empolgação criticando o clero e o Papa Francisco! Será que elas realmente são católicas, ou estão cegas pelo fanatismo? Ou pelo contrário: rasas pelo desconhecimento da Missão Social da Igreja e do legado de Jesus Cristo em si?

3 comentários sobre “– CF 2021: Fraternidade e Diálogo, Compromisso de Amor. Mas é isso o que está ocorrendo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.