– Curtir as crianças faz bem!

Momento pai e filha:

1 – “Papi, eu cuido dos animais. Sou boazinha.

2 – “Papi, eu cuido das plantinhas. Sou boazinha.”

3 – “Papi, você acreditou que eu não ia te molhar?

Como eu amo essa menininha…

– Depende do ângulo…

Dependendo de como você vê uma imagem ou ouve uma história, a percepção de algo se cria e você começa a crer naquilo.

Calma lá: veja, escute e leia todas as percepções para não criar julgamentos e preconceitos.

A imagem abaixo mostra bem isso: o animal está comendo um filhote? Não! Ele está salvando um indefeso…

– A Vitamina VAR!

O VAR (árbitro de vídeo) é ótimo para legitimar o resultado no esporte. Basta saber usar.

Em que pese o volume das reclamações da última rodada pela demora (e que são justas queixas), penso que ele, “VAR no futebol é como “uma vitamina no nosso corpo”:

– Se você tomar uma vitamina, terá boa saúde. Se não tomar, terá deficiência e sentirá hipovitaminose. Se tomar demais, fará mal pois terá hipervitaminose.

Usemos o VAR na DOSE CERTA.

– A liturgia da Missa deste domingo entendida e vivida:

Para quem foi à Missa hoje, reparou que na Segunda Leitura (Carta aos Romanos) São Paulo nos alerta que:

“Não vos conformeis com o mundo, mas transformai-vos, renovando vossa maneira de pensar e de julgar, para que possais distinguir o que é da vontade de Deus, isto é, o que é bom, o que lhe agrada, o que é perfeito.”

Já repararam que é um desafio de 2000 anos atualíssimo? O mundo (o materialismo mundano e as tentações) tenta subverter nossas ideias e nosso coração. Acostumamo-nos com os pecados atuais (como a mentira, a corrupção, a libertinagem), achando que eles “são normais”. Alguns até caem na desgraça (des-Graça, falta da Graça de Deus) de acharem que a vida é feita das coisas boas que lhes convém, ditadas pelo comportamento do mundo e prazeres diversos, crendo que o sofrimento que enfrentamos é algo para nos prejudicar por si só, não para enfrentarmos e crescermos.

Enfim: é nos dito que o “legal é buscar uma vida fácil”. E isso nos engana: a vida é cheia de desafios, de renúncias, onde o verdadeiro conceito de felicidade é discutível. Diante de tudo isso, lembremo-nos da Primeira Leitura da mesma liturgia, onde o Profeta Jeremias, que estava tão desgostoso e descrente, sente o fogo abrasador e sedutor que o capacita (assim como Deus faz conosco também) a viver e a levar a mensagem da Salvação.

Reflitamos essa luta entre a espiritualidade e o materialismo no próprio Evangelho, onde lembra-nos o Cristo:

“Se alguém quer me seguir, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e me siga. Pois, quem quiser salvar a sua vida vai perdê-la; e quem perder a sua vida por causa de mim, vai encontrá-la. De fato, que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro, mas perder a sua vida? O que poderá alguém dar em troca de sua vida? Porque o Filho do Homem virá na glória do seu Pai, com os seus anjos, e então retribuirá a cada um de acordo com sua conduta”.

Evangelho de São Mateus, Cap 16, 21-27.

Mais clara do que essa Boa Nova, impossível.

Pin de Thay 🦋 em Espiritualidade | Cristo, Imagens de jesus, Fotos de  nossa senhora

– Treinador se acomoda com o nome? Sobre Luxemburgo no Palmeiras

Treinador de Seleção, por melhor que seja, se não treinar com frequência, enferruja.

Treinador de Clube, se não se reciclar, se desatualiza.

Treinador Vencedor e Badalado, se não ambicionar, se acomoda.

Treinador de Futebol em Geral, se não tiver disposição de enfrentar desavenças, fica impaciente e faz o básico.

Vanderlei Luxemburgo, que dispensa apresentações, foi um estrategista indiscutível nos anos 90. Ganhou “quase tudo” em seus times, exceto Libertadores e Mundial. Rivalizou com outro gênio (muito menos estrategista, mas disciplinador e adepto do futebol-arte), Telê Santana. Nos anos de 2010, “Luxa” se perdeu em algum momento no rumo de sua carreira, dando declarações desastrosas (como a crítica feita a Pep Guardiola no auge de suas conquistas) e outras coisas que desagradavam.

Em determinado período, Luxemburgo ficou fora do mercado de trabalho. No Sport, foi muito ruim. Ganhou sobrevida no Vasco onde mostrou toda a sua competência. No Palmeiras atual, parece “faltar algo”…

Seria gana? Ambição? É justo lembrar que ele teve Rivaldo, Edmundo e Evair no time que marcou uma geração, e que hoje tem Lucas Lima, Roni e Gustavo Scarpa.

Ninguém desaprende a andar de bicicleta, mas quando se acostuma a andar de carro e ter facilidades nas coisas que conquistou, deixa o ciclismo de lado do seu cotidiano. E por isso falta PACIÊNCIA para algumas coisas. Assim, estaria o treinador sem disposição para “comprar brigas” como fazia no Palmeiras ou no Corinthians? Ao invés de otimizar o time e trabalhar intensamente pelo futebol-total que pregava, se contenta com o “arroz-feijão resultadista”?

Acho que Vanderlei Luxemburgo (que pregava preferir 3 pontos conquistados com a ousadia de buscar o gol, mesmo sendo 1V e 2D, do que ter os 3 pontos surgidos de 3E) está “sem saco” no Palmeiras. Não sei se é acomodação ou impaciência. Só sei que: ô, como joga feio esse time… não parece um time treinado por ele (repito, independente do elenco).

Estes 6 caras marcaram a história do Bragantino

– Essa tal de Carla Zambelli…

Uma senhora completamente fora da realidade, apoiando causas indevidas como “a Venezuela de Maduro é uma Democracia” ou “Lula é um preso político”, é a petista Gleise Hofmann. Aqui, independe de ideologia, é a constatação de um fanatismo que cega.

Do outro lado, uma versão “Gleise de Direita”, é a bolsonarista Carla Zambelli. Como ela gosta de “pagar mico”! Sempre com um discurso imaculado ao Governo, já publicou coisas que viraram memes pelas bizarrices (como a exaltação do curriculum do “Ministro da Educação que nunca foi” ou do WhatsApp trocado com Sérgio Moro).

Dias atrás, li que Zambelli estava com Covid_19, e bombou uma publicação onde ela “conversava com ela própria” nas Redes Sociais, desejando boa recuperação. Mas…

Não é que ela nunca teve Coronavírus, segundo o Hospital que ela se internou? Que coisa… e depois negou que tinha dito que estava.

Meio maluquinha a moça, não?

Carla Zambelli não teve covid-19, diz hospital | Poder360

– Tin-tin? Quando, de novo?

Há 5 anos, eu e meu querido pai (o “Seo Lili”) passeávamos em Holambra. Dia maravilhoso em família para se recordar e brindar, curtindo as crianças e realizando sempre um hábito valoroso: estarmos juntos todo final de semana.

Com a pandemia e o isolamento… passear, nunca mais!

Claro, hoje estamos ainda em família, mas distanciados. Que volte logo o NORMAL (não o “Novo Normal”).

Imagem

– Botafogo 0x2 Internacional: sobrou para o equipamento eletrônico?

O goleiro botafoguense Gatito Fernández ficou bravo no Engenhão, não? Nervoso com as marcações da arbitragem e a anulação de dois gols da sua equipe, “desforrou” na cabine do VAR.

Mas ele estava com a razão?

NÃO! Vamos aos lances reclamados: Matheus Babi e Bruno Nazário tiveram seus gols anulados. Sobre eles,

1- O de Matheus Babi, por impedimento difícil. Acertou a arbitragem após informação do VAR.

2 – O de Bruno Nazário, após infração em lance anterior ao gol, também com acerto da equipe de arbitragem. E sobre ele, vale uma explanação didática:

Uma bola que estava com Patrick (SCI) é disputada com infração por Matheus Babi (BFR). Existe a falta, mas o árbitro Thiago Duarte Peixoto a ignora e permite a sequência do lance. Não existe nenhuma paralisação neste interim, e eis que a bola sobra para o próprio infrator cruzar para o tento de Bruno Nazário. Na revisão, o árbitro é avisado pelo VAR da existência da falta e o gol não é validado.

Cadê o erro aqui? Nenhum, a não ser da qualidade técnica do árbitro que não estava atento à infração. Por mais que se possa dizer que ele interpretou como “normal a jogada”, nem isso lhe é permitido, pois há clareza da infração e, além disso, as duas coisas mais relevantes:

A – Sem a bola ter saído de jogo e com ato contínuo, o VAR tem a OBRIGAÇÃO de rever o lance todo. É protocolo.

B – Justamente o infrator é quem tem participação direta no gol!

O VAR, que merece os aplausos, é o árbitro José Cláudio da Rocha Filho, o mesmo que corretamente chamou a responsabilidade para ele na informação relevante da mão na bola de Alison na semana passada, em Palmeiras 2×1 Santos. Portanto, em duas rodadas, duas participações certeiras de cumprimento do protocolo do árbitro de vídeo e comprometimento à Regra do Jogo.

Por fim, duas observações:

– Thiago já foi infeliz em muitas partidas nos últimos tempos, assim como a vida tem sido infeliz com ele em contrapartida. Mas é necessário separar as coisas e entender que o árbitro – bom sujeito, mas tecnicamente comum – tem inúmeras chances na carreira e sempre há um contratempo. Me parece um “Léo Feldman do século 21″… (e isso não é ofensa, mas mera comparação respeitosa, pois o bom Léo Feldman era azarado dentro de campo; se um dia caísse um urubu na hora do gol e a ave impedisse a bola de entrar na meta, seria, certamente, no jogo dele – quem é árbitro da década de 90 entende bem isso).

– Muita gente está confundindo a orientação de “imediatez na confirmação de um gol quando bate na mão do atacante”, crendo que “o VAR só vale para lances de falta na imediatez da jogada”. Nada disso, são coisas diferentes! Por duas oportunidades, árbitros do futebol amador me questionaram de “imediatez de infrações avaliadas pelo árbitro de vídeo”, acreditando que em lances mais longe da meta, pelo tempo da chegada ao gol, não deveriam ser revistos. Árbitro do Campeonato Brasileiro não pode fazer essa confusão: o VAR avalia os gols até o retrocesso da última paralisação / derradeiro reinício da jogada. O lance de Matheus Babi foi preponderante na construção do gol.

Mesmo se os dois gols estivessem errados, nada disso justifica o vandalismo ao equipamento eletrônico, não é verdade?

Gatito, do Botafogo, derruba equipamento do VAR após partida contra o Internacional — Foto: Reprodução

– Dia Nacional do Catequista!

Parabéns às pessoas de boa vontade que de coração se dedicam à Catequese e ensino religioso, sem esperar recompensa ou algo em troca, a não ser, a fé!

Hoje se celebra o Dia do Catequista (último domingo de Agosto), e o texto (abaixo) é de anos anteriores, mas está bem atual.

Extraído de: http://cancaonova.com/portal/canais/formacao/internas.php?e=11993

DIA DO CATEQUISTA

Ide e pregai o Evangelho a toda criatura!

A Igreja Católica celebra neste dia 25 o dia nacional do catequista. Na ação pastoral da vida eclesial é tão importante a missão do catequista, verdadeiros evangelizadores, que Jesus, antes de começar sua pregação, escolheu seus doze discípulos, que deveriam se espalhar pelo mundo inteiro, anunciando a boa nova, isto é, evangelizando as pessoas.

O número 12, na Sagrada Escritura, tem um sentido de totalidade, plenitude e, realmente, esses doze discípulos se multiplicaram em progressão geométrica e, entre eles, nós temos os catequistas, homens e mulheres dispostos a levar às crianças, aos adolescentes, aos jovens e aos adultos a mensagem de Cristo, promovendo a catequese renovada, à luz do Concílio Vaticano II.

Os catequistas e as catequistas lembram o próprio Senhor Jesus, pois, além de apresentarem o projeto do Pai a outras pessoas, pretendem formar novos discípulos missionários.

Nosso Senhor Jesus Cristo nos ajuda em seus métodos de evangelização, catequese e apostolado: Ele começa pela vida, em seus aspectos comuns, de forma a levar o povo à revelação do seu Evangelho.

Quando Ele disse a seus discípulos: “Ide e pregai o Evangelho a toda criatura”, estava iniciando com eles um trabalho de catequese, que foi multiplicado até os dias de hoje.

O mundo está tão conturbado com guerras, violência, ganância, egoísmo que pouca gente quer escutar a Palavra de Deus. É por isto que é muito louvável o trabalho do catequista nos nossos dias porque ele precisa abrir os olhos e os ouvidos das pessoas para a realidade sempre atual, em todos os tempos, da Palavra de Deus.

Que Deus, com largueza e profusão, abençoe nossos catequistas, homens e mulheres que, espontaneamente, se dedicam a transmitir ensinamentos cristãos. Que eles continuem no seu propósito de evangelizar e que consigam formar novos operários para a messe do Senhor, na escola da nova evangelização de discípulos-missionários.

Dom Eurico dos Santos Veloso, Arcebispo Emérito de Juiz de Fora (MG)

url.jpg

– Neymar deixa a Nike. Vai para a Puma ou para a Adidas?

Um negócio de milhões: Neymar não aceita renovar seu contrato com a Nike pelas bases em negociação e deixará de ser garoto-propaganda da empresa norte-americana.

Certamente, será um mega-negócio financeiro.

Abaixo, extraído de: https://www.mktesportivo.com/2020/08/nike-oficializa-o-fim-de-acordo-de-patrocinio-com-neymar/

NIKE OFICIALIZA O FIM DO ACORDO DE PATROCÍNIO COM NEYMAR

Jogador não será mais embaixador da marca americana a partir de 1° de setembro

Neymar não será mais embaixador da Nike a partir de 1° de setembro. A empresa confirmou ao MKTEsportivo que a parceria será encerrada. O futuro do jogador é incerto, ainda que a principal especulação seja que ele fechará com a PUMA.

“Neymar Jr não é mais atleta Nike a partir de 31 de agosto de 2020”, afirmou a empresa. O UOL destaca que uma divergência financeira motivou o fim da relação.

Patrocinado pela marca desde os 13 anos, Neymar fez parte de uma conhecida estratégia da Nike de fechar com jovens promessas do futebol. Foi o mesmo com Rodrygo, atualmente no Real Madrid. Nesta semana, por exemplo, a companhia fechou acordo com Enzo Peterson, de apenas 10 anos, que atua na base do São Paulo. Já Willian Nascimento, do Flamengo, também com 10 anos, seguiu o mesmo caminho.

Em 2011, Neymar renovou o acordo com o swoosh até 2022, sendo este o contrato vigente será encerrado. Por conta de sua chegada no futebol francês, o próprio Paris Saint-Germain obteve um incremento no seu contrato, dada a força da imagem do jogador e o seu potencial de vender camisas.

Recentemente, Neymar não figurou em campanhas globais da marca. No vídeo “Nada pode parar do esporte”, lançado há um mês, a Nike usou a imagem de Cristiano Ronaldo e Kylian Mbappé, sem contar com a presença do brasileiro.

O fim do acordo foi divulgado inicialmente pelo site Diário do Peixe.

Neymar deve anunciar rescisão com Nike, sua patrocinadora desde os 13 anos

– A nova lei de isenção para carros novos às Pessoas com Deficiência

Tenho muito medo quando se fala sobre recadastramento de alguém ou de algo, sob suspeita de corrupção. Não seria melhor barrar quem está errado fiscalizando, do que atingir aos que estão dentro da lei e pedir aos mesmos que façam um recadastro?

Surge uma conversa de que o Governo do Estado de SP poderia convocar os motoristas PCD para uma “prova de deficiência”, mas confesso que não achei nada oficial. Portanto, fica na especulação.

O certo é: os tipos de deficiência para isenção de impostos para a compra de veículos mudará!

Abaixo, extraído de: https://jornaldocarro.estadao.com.br/servicos/pcd-confaz-nova-regra-carro-zero-km/

PESSOAS COM DEFICIÊNCIA (PCD) TÊM NOVAS REGRAS PARA COMPRA DE CARRO

Desconto no IPI e ICMS para compra de carro PCD pode passar a valer apenas para pessoas com deficiências de grau moderado ou grave

As isenções para compra de veículos PCD passam a valer apenas para quem tem deficiências de grau moderado ou grave. As novas regras alteradas pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) foram publicadas na segunda-feira (3), no Diário Oficial da União (DOU).

Se enquadram na categoria pessoas com deficiências que causem limitação parcial ou total de áreas do corpo que envolvam a segurança durante a condução do veículo. No novo texto que regulamenta as isenções estão especificadas “forma de paraplegia, paraparesia, monoplegia, monoparesia, nanismo, tetraplegia, tetraparesia, triplegia, triparesia, hemiplegia, hemiparesia, amputação ou ausência de membro, paralisia cerebral, membros com deformidade congênita ou adquirida, exceto as deformidades estéticas e as que não produzam dificuldades para o desempenho de funções”.

Para ter validade, a medida deve ser aprovada pelos Estados. O prazo é de até 15 dias após a publicação no DOU. Isso porque a mudança envolve o recolhimento de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), que é federal; e do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), que é estadual. A entrada em vigor será em 1º de janeiro de 2021.

Como ocorria anteriormente, a isenção está atrelada à apresentação de laudo médico que constate a deficiência “total ou parcial” para dirigir. A nova regra mantém até três condutores autorizados a guiar o veículo. Isso porque muitos beneficiários têm limitações que os impedem de dirigir.

Até então, o número de doenças que garantiam as isenções fiscais era considerado muito amplo. O texto da lei nº 8.989/1995 permitia interpretações variadas. Incluía, por exemplo, problemas neurológicos, câncer, diabetes, portadores do vírus HIV, esclerose múltipla e doenças degenerativas, entre outros.

Na prática, qualquer pessoa que apresentasse sequelas motoras ou tivesse alguma doença que pudesse causar perda de força ou limitação ao movimento tinha direito ao benefício. É o caso, por exemplo, de artrose e tendinite, problemas que afetam um grande número de brasileiros. Pela nova regra, esses motoristas deverão perder o direito às isenções.

Prof. Pós Dr. especialista em direito de pessoas vulneráveis, Marcelo Válio diz que a medida representa um retrocesso. “O novo convênio fere o principio da igualdade, pois trata pessoas iguais de forma desigual”. De acordo com ele, a mudança também fere os princípios da dignidade da pessoa humana e, eventualmente, do direito adquirido.

Convivendo com pessoas com deficiência

– Mantenha hábitos saudáveis contra o Novo Coronavírus

PREVENINDO DO VÍRUS: ficar meia hora recebendo os raios do sol da manhã, pensando em Deus e controlando a respiração! É vitamina pura…

Não é receita médica contra a Covid_19, mas sim um conselho para vida mais saudável.

Claro: coloque máscaras, evite aglomerações e use álcool gel também!

– Dois momentos iluminados da manhã de domingo:

Fotografia é nosso hobby, certo? Então, aqui vai o sol muito bonito de natureza e beleza indescritíveis neste dia de descanso.

Obrigado, Mãe Terra, pelo brilho do Astro-Rei!

Dois momentos para você escolher, abaixo:

– Um mais bucólico:

– Outro mais vibrante:

Se preferir, fique com ambos! Mas o mais importante: curta essa luz.

☀️ #sun #morning