– Mais um capítulo sobre a venda ou não de Mando de Campo no Brasileirão: Brasília pode sede do Flamengo?

Em 2015, repercutiu bastante na Inglaterra o fato do Tottenham desejar ter sedes alternativas durante a temporada da Premier League, já que reformava seu estádio. Não pode, pois discutiu-se um único local em nome do “respeito e igualdade de condições na disputa contra os adversários”. Relembre essa discussão por lá neste link: https://wp.me/p4RTuC-cKd.

Eu sei que os clubes precisam de dinheiro e muitas receitas alternativas para bancarem suas despesas. Jogar fora do seu estádio pode ser uma atração muito grande nas bilheterias não costumeiras, embora, se o time é pequeno, torna-se quase que uma “inversão de mando”, pois a torcida contrária será maior (além da discussão de que, se o torcedor do time pequeno assistiu confrontos contra os outros pequenos e foi “fiel em jogo ruim”, quando vem um grandão, ele deveria ter o privilégio de assistir em sua praça.

Aqui no Brasil, a Portuguesa quase jogou contra o São Paulo no Estádio Ninho dos Pássaros, na China, em 2013, a troco de uma bolada. Não foi possível (vide em: https://wp.me/p4RTuC-5Jv). E essa internacionalização de jogos domésticos em países estrangeiros (imaginaram Real Madrid x Barcelona em Nova York pela LaLiga?) faz parte do processo de Globalização, é inevitável (embora a FIFA seja contrária a esse tipo de situação).

Agora, imitando o Santos que jogará na Vila Belmiro e no Pacaembu pelo Campeonato Brasileiro (ou seja, nas cidades de Santos e de São Paulo, reconhecidamente pelas características da sua torcida), através da intermediação do Governo do DF (o governador Ibaneis Rocha viajou para a CBF e pediu, segundo o Correio Braziliense), o Flamengo jogará em duas sedes: Rio de Janeiro e Brasília, pelos mesmos motivos.

E aí, o que você acha: joga onde o clube quer, ou, por ser um campeonato (e não em formato de Copa) todos os adversários devem encarar um time no mesmo estádio, com o mesmo gramado, mesmo público e mesmo clima (embora eles também sejam variáveis devido à época do ano e horário, economia do país e data de pagamento)?

Resultado de imagem para Flamengo no Brasileirão

 

Um comentário sobre “– Mais um capítulo sobre a venda ou não de Mando de Campo no Brasileirão: Brasília pode sede do Flamengo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.