– Um indecente troca-troca de técnicos na reta final do Brasileirão!

Que coisa a “dança das cadeiras” dos treinadores brasileiros.

Abel Braga perdeu para o CSA e saiu do Cruzeiro; o Cruzeiro trouxe Adilson Baptista, demitido do Ceará na rodada anterior; e o Ceará trouxe Argel Fuks, que estava no CSA. Por lógica, o CSA deveria trazer Abel Braga?

Claro que é ilógico. Mas com os 3 times lutando contra o rebaixamento, crer que Adilson fará o que Abel não fez com esse elenco complicado da Raposa, é utopia (sendo que o próprio Adilson estava na mesma zona de queda com o Ceará).

Pior do que isso somente a deselegância de Argel em abandonar o CSA e ir para o rival, em condições idênticas, e alegar “outro patamar”.

Clubes e treinadores, no fundo, quando vêem a necessidade, pulam do barco igualmente. O clube “empurrando o treinador ao mar”, ou o treinador “vazando o bote”.

Resultado de imagem para CSA Cearar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.