– Desisti!

Ao acompanhar o julgamento do STF e suportar o Gilmar Mendes cansando com sua vaidade (aliás, TODOS os juízes se mostram vaidosos demais), e depois ter que aguentar o incompreensível juridiquês da Rosa Weber, desliguei o rádio!

Aff. A clareza deveria ser OBRIGATÓRIA nos julgamentos – ainda mais essa importante decisão do Habeas Corpus do Lula.

bomba.jpg

– Uma vergonha para Jundiaí: a Cracolândia da Terra da Uva

Triste realidade retratada pelo Jornal de Jundiaí: como é o dia-a-dia da Cracolândia de Jundiaí (sim, infelizmente nosso município possui uma área assim).

Extraído de: http://www.jj.com.br/noticias/usuarios-tomam-conta-de-morro-na-cracolandia-jundiaiense/

USUÁRIOS TOMAM CONTA DE MORRO DA CRACOLÂNDIA JUNDIAIENSE

Estacas de madeira fincadas no chão. Pedaços de telha na lateral para proteger dos ventos e a lona grossa para cobrir da chuva. No chão, pedaços de entulho se misturam à terra e alguns tufos de grama do solo íngreme de um morro particular. É nesse cenário e local, entre a Vila Aparecida e o Jardim São Camilo, que pessoas usuárias de crack montam os seus barracos e mantém o vício no dia a dia. Homens e mulheres que deixaram o terreno onde foi construída uma avenida de passagem no São Camilo.

No bairro, o Jornal de Jundiaí ouviu três comerciantes e dois moradores do entorno da chamada “cracolândia jundiaiense”, e todos foram unânimes ao afirmar que notam a presença dos usuários no dia a dia, mas que já estão acostumados com o problema social.

“Eles sempre estão ali, já há anos. Fazem algumas bagunças de vez em quando, mas não mexem com a gente”, diz uma comerciante. Um morador do bairro diz que nunca teve problemas com os usuários, mas conhece pessoas que já foram assaltadas. “A gente está acostumado, né.”
Outro comerciante revela que alguns sempre vão à sua loja. “Tem dia que preciso pedir para eles respeitarem mais, mas fora isso pouco acontece. Não sinto insegurança por isso”, diz.

Procurada, a Prefeitura de Jundiaí emitiu nota reiterando alguns pontos em relação aos usuários de droga entre o São Camilo e a Vila Aparecida. De acordo com a prefeitura, as pessoas usuárias de drogas são alvo de ações regulares de cuidados com a saúde, todas realizadas pela equipe do Consultório na Rua, projeto da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS).

Nas ações, segundo a nota, são realizadas avaliações das condições de saúde destes usuários, além de encaminhamentos para exames e procedimentos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

A Prefeitura também encaminha as pessoas para os Centros de Atendimento Psicossocial (Caps), onde há atendimento composto por enfermeiros, psicólogos, médicos e agentes redutores de danos. O trabalho é feito em conjunto com a Unidade de Gestão de Assistência e Desenvolvimento Social (UGADS).

Ainda de acordo com administração municipal, há também o oferecimento do trabalho realizado pelo Centro Pop (que fica na rua Marechal Deodoro da Fonseca) e pela Casa de Passagem (que fica na rua Prudente de Moraes, 1830). Ambas atuam na reinserção da pessoa na sociedade, além de trabalhar o resgate de vínculos familiares.

SEGURANÇA

Segundo a Prefeitura de Jundiaí, a Guarda Municipal de Jundiaí realiza patrulhamento diário no local e em outras regiões, inclusive nos finais de semana. De acordo com números da GMJ, oito pessoas procuradas pela Justiça ou com apreensão de entorpecentes foram encontradas no local – cinco em janeiro, três em fevereiro e nenhuma em março.

A administração municipal destaca também que a área atualmente ocupada pelos usuários de droga entre a Vila Aparecida e o Jardim São Camilo é particular.

bomba.jpg

– Por quê Argote não deu o pênalti em Deyverson no Palmeiras 2 x 0 Alianza Lima?

Quando vejo árbitro da Venezuela em escala de time brasileiro, já imagino que teremos lambança para qualquer um dos lados, devido à baixa qualidade técnica dos juízes do nosso vizinho país (de pouca tradição no esporte bretão).

No futebol de alto nível, não se permite mais erros primários de posicionamento como o de José Argote Vega no Allianz Parque na noite desta 3ª feira. O juizão estava longe do lance, bem em linha reta do zagueiro do time peruano e ficou encoberto pelo próprio corpo do atleta infrator no pênalti reclamado aos 45 minutos do 2o tempo. Se estivesse mais próximo e à esquerda do lance, observaria que Araújo atinge a bola com a perna esquerda e simultaneamente o atleta brasileiro Deyverson com a perna direita. Bola e adversário atingidos significam tiro penal, não marcado ao time palmeirense.

Claro que o time Alviverde venceu, mas fará ou não falta esse possível gol que poderia ser marcado na hora da classificação final dessa fase da Libertadores da América?

bomba.jpg

– Chegou a Hora de Passar o Brasil a Limpo ou Não? Doa a quem doer (na Esquerda e na Direita).

Será que hoje estaremos dando um pontapé ainda maior na consolidação da Democracia e na esperança do fim da Impunidade?

Tomara que sim, mas não pode ficar somente no Lula e no PT, tem que ir para cima, sem vacilar, em Aécio e Temer, respectivamente do PSDB e PMDB.

O que entristece é ver jovens que não viveram a ditadura militar apoiando o tuíte do general Villa Boas, dando uma indireta “ameaçada” nas instituições democráticas.

Já fui jovem também (sou ainda de espírito) e sei bem do radicalismo que essa faixa etária nos proporciona…

bomba.jpg

– Olá, 4a feira!

🧠 #Desestressando em #clicks, pois #fotografia é nosso #hobby, já que há a necessidade de “men sana in corpore sano”.
Ótima 4a feira a todos, com esse lindo #amanhecer em #Jundiaí, clicado abaixo:
#️⃣ #sol #sun #sky #céu #natureza #horizonte #paisagem #inspiração #mobgrafia #landscapes #morning #XôStress

bomba.jpg