– E os Sparrings do Paulistão? O que fazer quando o campeonato acaba?

Assistindo os jogos do Campeonato Paulista, reconheçamos: deve-se encarar o torneio como pré-temporada, pois os clubes estão se formando para voos em competições mais altas.

O problema é que: se o time grande não ganha, tem que aguentar a pressão. É sacanagem cobrar, por exemplo, Carille e Dorival Jr na primeira rodada (ambos perderam seus jogos).

Se for encarado o Paulistão como um torneio curto e preparatório, surge outro percalço: o que serão dos seus sparrings (os clubes do Interior)? Farão o quê, já que boa parte só tem time profissional por 3 meses (ou menos). E depois? Jogarão por algum tempo a deficitária Copa Paulista (e que nem todos jogam)?

Insisto o que já disse outra vez (em: https://wp.me/p4RTuC-dXS) – temos que transformar os regionais em divisões inferiores do Brasileirão URGENTEMENTE, a fim de dar calendário anual a todos!

Enfim: não se pode mais usar a desculpa de que o Paulistão, por exemplo, deve ser a sobrevivência para os times pequenos. Há de se dar sobrevida de outra forma, mais perene e rentável, sem precisar de que os 4 grandes paulistas arquem com a responsabilidade de jogar o torneio com força máxima.

Digo isso como apaixonado caipira do Interior Paulista, mas lúcido administrador que sabe o quão é custoso para os pequenos manterem as portas abertas.

bomba.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.