– A expulsão de Abel no clássico Palmeiras 1×0 Santos.

Nova expulsão do treinador Abel Ferreira. Nova entrevista reclamando da arbitragem. Nova série de lamentos e suposições de que “é tudo contra ele”.

Bobagem. Abel reclama acima do que acontece na realidade (mesmo com arbitragens ruins) e passa do ponto. Ele não tem a noção real do limite de até onde pode pressionar o árbitro ou seus assistentes. Alguém acredita que ele teria esse comportamento na Premier League?

Me recordo de Telê Santana. Seu Telê reclamava o jogo inteiro com o bandeira, ficava ao pé-do-ouvido falando com o assistente sem teatralizar as queixas ou ficar gritando palavrões. Quem viveu os anos 90, se lembra que Valter José dos Reis, assistente da FIFA que por muitos anos trabalhou nos principais jogos do Brasil, era constantemente escalado como bandeira 1 no Morumbi. Motivo: sabia “ser surdo” com o Telê… pois ele queria, muitas vezes, atenção!

Abel gesticula, fala o que quer, pressiona de todas as formas. Se não existisse a expulsão por segundo amarelo, em várias partidas Abel tomaria 3 ou 4 cartões num único jogo… ele não permite que o bandeira seja “surdo como o Valter” era. Até porquê quando ele ameniza nas queixas, a sua comissão técnica reveza nas reclamações.

Para um treinador tão competente e jovem como o português, há tempo para corrigir o mau comportamento.

Confira como foi a transmissão da Jovem Pan do jogo entre Palmeiras e Santos  | Jovem Pan

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.