– A força dos clubes de futebol nordestinos não pode ser sazonal.

Nos anos 80/90, o estado da Bahia viveu um ápice no seu futebol: o Bahia de Bobô foi Campeão Brasileiro de 88 e mais à frente o Vitória de Mário Sérgio foi vice (e que caiu para a 3a divisão dias atrás).

Nos anos 2000, foi a vez de Pernambuco: o Sport Recife fez bonito, jogando a Libertadores da América, indo às finais da Copa do Brasil e se engrandecendo (e agora foi rebaixado para a 2a divisão). Naquela época, houve a volta do Santa Cruz e do Náutico às divisões maiores do Brasileirão, já que estavam tão sumidos.

O estado “bola da vez” agora é o Ceará, com Fortaleza e Ceará. O primeiro fez bonito e está classificado para a Libertadores da América por vaga direta. O segundo está indo quase tão bem quanto o seu arqui-rival.

Torçamos para que não seja somente uma boa fase, como ocorreu com seus co-irmãos nordestinos. Enfim: pela perenidade e não sazonalidade dos clubes da Região Nordeste.

Foto/ Reprodução: FOX Sports, extraída de https://futebolcearense.net/2020/06/10/sem-futebol-ceara-e-fortaleza-se-reinventam-para-seguir-movimentando-suas-redes-sociais/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.