– A punição para Gatito Fernandes, do Botafogo: terá que defender o VAR que o criticou?

O STJD puniu o goleiro botafoguense Gatito Fernandes por ter chutado o equipamento do VAR dias atrás. Mas a punição surgiu de um acordo com a defesa, resumindo-se basicamente em 3 jogos de suspensão, multa e… gravação de um vídeo defendendo o uso do VAR!

E aí, o que você acha desse vídeo? Sincero não será; mas servirá como algo educativo ou somente punitivo?

Extraído de: https://www.fogaonet.com/noticia-em-destaque/stjd-suspende-gatito-botafogo-tres-jogos-chute-var/

STJD SUSPENDE GATITO

A Procuradoria da Justiça Desportiva ofereceu Transação Disciplinar ao goleiro Gatito Fernandez, do Botafogo. Denunciado por chutar e danificar o equipamento do VAR em partida da Série A do Campeonato Brasileiro, o goleiro do Botafogo acolheu a oferta de Transação da Procuradoria e terá que cumprir três partidas de suspensão no Brasileirão, além de arcar com pouco mais de R$ 26 mil pelo ressarcimento à CBF pelos danos causados ao equipamento. A proposta de Transação Disciplinar foi homologada nesta sexta, dia 13 de novembro, pelo vice-presidente administrativo e auditor do Pleno, Felipe Bevilacqua.

Gatito foi denunciado pela Procuradoria por infração cometida na partida entre Botafogo e Internacional. Na partida o clube carioca teve dois gols anulados pelo árbitro de vídeo e, após o apito final, enquanto deixava o campo de jogo em direção ao vestiário, o goleiro Gatito Fernandez chutou e derrubou a cabine do VAR.

Além do fato ter sido narrado na súmula da partida, o relatório do jogo enviado ao STJD do Futebol relata que o equipamento foi danificado, além de apresentar fotos e informar o custo aproximado de USD 9.500 para importação de uma nova aparelhagem.

Pelos fatos narrados a Procuradoria denunciou o goleiro do Botafogo por infração ao artigo 219 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

Art. 219. Danificar praça de desportos, sede ou dependência de entidade de prática desportiva. PENA: suspensão de 30 a 180 dias, podendo ser cumulada com multa de R$ 100 a R$ 100 mil, além de indenização pelos danos causados, a ser fixada pelo órgão judicante competente.

O processo entrou em pauta para julgamento na Quarta Comissão Disciplinar no dia 10 de setembro, porém foi adiado após deferimento do pedido do clube para a realização de prova pericial. Antes da realização da perícia, a Procuradoria apresentou proposta de Transação nos seguintes termos:

– O atleta Gatito Fernandez deverá cumprir suspensão de três partidas consecutivas no Campeonato Brasileiro Série A/2020, como infração ao artigo 258 do CBJD.

– A partir da homologação, o atleta fará um vídeo se retratando.

– Gatito Fernandez pagará à CBF a quantia de R$ 26,6 mil para ressarcimento dos prejuízos causados ao equipamento do VAR, de forma que o Botafogo concorda em responder de forma solidária para pagamento da referida quantia. O pagamento será realizado em duas parcelas com vencimentos em 18/11 e 18/12.

Após a oferta da Procuradoria a transação foi aceita pelo Botafogo. Vice-presidente administrativo do STJD, o auditor Felipe Bevilacqua foi sorteado relator do processo e homologou a transação nesta sexta.

Fonte: Site do STJD

Gatito Fernández puede ser suspendido por 180 días en Brasil | Paraguayos  en el exterior, Gatito Fernández, Botafogo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.