– O WhatsApp de Moro e a caricatura de Carla Zambelli

É difícil crer que ainda há aqueles que estejam apaixonados por Jair Bolsonaro e, cegos pelo fanatismo, consigam criticar Sérgio Moro e poupar o atual presidente. 

Todo o discurso de nova política, sem negociatas, vai-se embora com as denúncias do agora ex-Ministro da Justiça (falamos sobre isso ontem, em: https://wp.me/p4RTuC-pxH). E, inteligente como é, Moro guardou as conversas de WhatsApp como prova do pedido do presidente Bolsonaro no sentido de se “preservar de investigações alguns de seus deputados aliados bolsonaristas”. Além dessa, outra conversa (lamentável ao extremo) da deputada Carla Zambelli pedindo para que se aceite um novo chefe para a Polícia Federal em troca de uma indicação ao STF (com a resposta não vacilante de “NÃO ESTOU A VENDA”).

Moro prendeu Lula, muitos políticos corruptos e não queria preservar, ao que se deu para entender, nem mesmo os supostos corruptos que possam estar ao lado de Bolsonaro. Parabéns pela integridade! Mas há aqueles que ainda, iludidos por homens públicos, dirão que Moro é comunista e que traiu o presidente… durma-se com um barulho desses!

Em tempo: que horrorosa a entrevista coletiva para tentar justificar as denúncias! Bolsonaro se enrolou, falou do filho 04, piscina aquecida e outras coisas sem sentido. Perdidinho…

Torço para o Brasil e não tenho político de estimação. Lamento pela decepção que está se mostrando nesses últimos dias.

conversa-de-whatsapp-entre-sergio-moro-e-carla-zambelli-234771-article

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.