– A diferença em estar Feliz e estar Alegre!

A liturgia de hoje nos fala de paz, trazendo no Evangelho o Cristo Ressuscitado, que se mostra aos discípulos em Emaús.

Mas o que é a PAZ? Paz de Espírito? Paz nas guerras? Ou seria… Mansidão? Confiança? Serenidade?

O Papa Francisco escreveu após sua homília diária que:

“O Evangelho de Hoje (Lc 24,35-48) é um dos meus preferidos: ‘A alegria lhes impedia de acreditar’ (v. 41). Estar repleto de alegria! Não é estar feliz, positivo, é outra coisa; é a plenitude da consolação, plenitude da presença do Senhor.”

Portanto, a PAZ verdadeira suplanta a Felicidade, pois você pode estar motivado ou desmotivado por algo, mas por algum tempo, temporariamente. E, como diz o Pontífice, a Paz que vem de Deus é: Plena, Incondicional, Confortadora (mesmo em tribulações).

EVANGELHO DE SÃO LUCAS, CAPÍTULO 24 (Versículos do 35 ao 48):

Naquele tempo, os discípulos de Emaús contaram o que lhes tinha acontecido pelo caminho, e como tinham reconhecido Jesus ao partir do pão. Estavam a contar estas coisas, quando Jesus apareceu no meio delese disse: “A paz esteja convosco.” Assustaram-se e ficaram cheios de medo, porque pensavam que era um fantasma. Mas Jesus disse-lhes: “Por que é que se assustam, e por que têm tantas dúvidas a meu respeito? Olhem para as minhas mãos e para os meus pés. Sou eu mesmo. Toquem-me e vejam, porque um espírito não tem carne nem ossos, como vêem que eu tenho.” Ao dizer isto, mostrou-lhes as mãos e os pés. Mas até lhes custava a acreditar, tão cheios de alegria e de admiração eles estavam! Então Jesus perguntou-lhes: “Têm aqui alguma coisa para comer?” E eles deram-lhe uma posta de peixe assado, que comeu à vista deles. Jesus acrescentou ainda: “O que eu vos tinha dito, quando andávamos juntos, é que tudo o que estava escrito a meu respeito na Lei de Moisés, nos livros dos profetas e nos Salmos, tinha de se cumprir.” Depois abriu-lhes o entendimento para compreenderem as Escrituras e disse-lhes:”É assim que está escrito: que o Messias tinha de morrer, e que ao terceiro dia havia de ressuscitar dos mortos, e que em seu nome se havia de pregar a mensagem sobre o arrependimento e o perdão dos pecados a todas as nações, começando em Jerusalém. São vocês as testemunhas destas coisas.

Cristo e os discípulos de Emaús

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.