– A Experiência ou a Jovialidade para treinador do Palmeiras?

Miguel Ángel Ramirez tem 35 anos e títulos no Equador. É o atual campeão da Copa Sulamericana, nasceu na Espanha e tem o ânimo e o desejo de conhecimento da juventude. É considerado um técnico moderno.

Vanderlei Luxemburgo tem 67 anos, foi um dos maiores estrategistas do futebol brasileiro e o acusam de ultrapassado. Multicampeão, conhece a fundo o Palmeiras e o trato com jogadores cascudos.

Quem seria melhor: o jovem campeão ou o experiente que quer voltar a ganhar?

A única coisa aparentemente certa é: Sampaoli não vem!

ATUALIZANDO: LUXEMBURGO ACABOU DE ACERTAR COM O PALMEIRAS!

Resultado de imagem para treinador do Palmeiras

– Como se compra alguém… Parabéns, Tostão!

Tostão foi excepcional jogador de futebol. Fora de campo, é um brilhante analista na sua coluna na Folha de São Paulo. Tornou-se, para mim, alguém de maior respeito ainda ao recusar o convite da CBF, feito por Walter Feldman, para ser embaixador da entidade num jogo do Mineirão entre Brasil x Argentina, em 2016.

E é justamente esse o modo de operar que a CBF (e a maior parte de suas filiadas) faz: a quem critica, realiza convites para massagear ou ego ou até mesmo de natureza financeira. Muitos aceitam e mudam de lado. Outros resistem. Tite, por exemplo (outro a quem admiro – ou admirava) sucumbiu ao sonho de dirigir a Seleção mesmo tendo assinado o manifesto anti-Del Nero tempos atrás. E nessa virada de ano, com muitos novos políticos e gente “precisando de emprego”… Cuidado!

Não pensem que os convites são apenas para figurões ou “cobras”. Eu mesmo, humilde “minhoquinha”, já recebi convites com passagens pagas para ir à Cidade Maravilhosa ou mesmo tomar café na Barra Funda. Muitos que conheci aliviam depois dessa “social”. Dessa forma, vale praticar o que sempre aprendi: passarinho, de tanto andar com morcego, um dia dirão que dormiu deitado (mesmo que ele não durma). Ou ainda, se preferir, o dito: “diga-me com quem tu andas que direi quem tu és”.

Entendeu? Insisto: CUIDADO COM OS CONVITES NESTE FINAL DE ANO.

Parabéns a todos que resistem à tentação, especialmente ao Eduardo “Tostão” Gonçalves de Andrade.

bomba.jpg

– O Domingo da Alegria (ou Domingo Gaudete)


Estamos no 3o domingo do tempo do Advento, à espera do Natal do Senhor Jesus.

Para quem foi à Missa, verá que das 4 velas que compõe a Coroa desse período litúrgico, 3 são roxas (simbolizando dia mais sérios, introspectivos) e que a de hoje é lilás (para diferenciar dos demais).

Em si, a liturgia nos mostra que é tempo de Esperança, de Espera, dAquele que já veio mas recordaremos a data de que há de vir; é o chamado “Domingo da Alegria”.

Especialmente hoje, lembremo-nos da Palavra de Deus:

“Alegrai-vos; alegrai-vos sempre no Senhor”.

Assim, alegremo-nos em Cristo Jesus hoje e sempre!

Resultado de imagem para Domingo da Alegria

– A Origem dos “Pés Rapados”

Quando o cara é pobre, jocosamente se chama ele de “pé-rapado”. Mas por quê?

Por um fato histórico da cultura de nosso país, onde o termo correto seria “pé raspado” e que por vício de linguagem virou “rapado”.

Ainda assim: independente de ser “raspado” ou “rapado”, como surgiu?

Muito curiosa a explicação que remonta ao tempo do Brasil Colônia, extraída de “O POVO” on line.

(Link em: https://www.opovo.com.br/noticias/curiosidades/2018/07/voce-sabe-como-surgiu-a-expressao-pe-rapado.amp.html)

COMO SURGIU A EXPRESSÃO PÉ-RAPADO

Sinônimo de pessoa de origem humilde, “pé rapado” é uma expressão utilizada há muito tempo pelos brasileiros. Mas você sabe como surgiu o termo?

Apesar de não ter uma data específica que possa identificar o início da expressão, na segunda metade do século XVII o poeta Gregório de Matos dedicou esses versos a uma mulher baiana que lhe havia pedido um cruzado para consertar os sapatos:

“Se tens o cruzado, Anica,
Manda tirar os sapatos,
E senão lembra-te o tempo
Que andaste de pé rapado”

Os mais pobres eram os que tinham os pés mais sujos de barro, afinal os que tinham mais condições se locomoviam à cavalo, de charrete ou de liteira, precisando andar bem menos. Aqueles que eram muito mais pobres raspavam a sola do próprio pé, afinal andavam descalços. Dai surge a expressão, primeiramente nas zonas rurais.

Durante a Guerra dos Mascates, em 1710, o termo era ulilizado para se referir de forma depreciativa às tropas da aristocracia ruralista, pois estas combatiam o exército português descalços, enquanto a cavalaría ostentava botas que combinavam com o uniforme. 

O pesquisador regionalista Luís da Câmara Cascudo escreveu em seu livro Locuções Tradicionais do Brasil que o termo é um sinônimo de “descalço, de pés nus, pé no chão”, uma metonímia para designar a população de origem mais humilde.

unnamed

– Generoso Vencedor e Generoso Perdedor

Normalmente em nossas aulas às turmas de Administração de Empresas, falamos muito sobre as qualidades de um líder. E um dos tópicos tratados se tornou matéria de capa da Revista Época desta semana (Ed 817, pg 70-74, por Marcos Coronato), que é a Generosidade dos Chefes.

Mas aqui se fala sobre dois tipos de Generosos: o Vencedor e o Perdedor Organizacional.

Compartilho:

GENEROSO TRIUNFANTE

– tem metas, é ambicioso, sabe o que quer e define um rumo;

– organiza-se, compartilha como forma de trabalhar, não como interrupção ou distração;

– Usa bem o tempo, preservando ele para dedicar a seus interesses profissionais e pessoais;

– Escolhe o que com quem compartilha, em especial sobre os recursos que tenham impacto para o beneficiado; e o faz até para desconhecidos.

GENEROSO ESGOTADO

– é disperso, desvia-se de seus objetivos para ajudar os outros;

– produz pouco ao atender a muitos pedidos, tornando-se improdutivo;

– não controla o tempo e trabalha demais, permitindo que todos invadam seu tempo pessoal;

– Compartilha tudo com todos, atraindo pessoas que tentar extrair vantagem do relacionamento.

E você? Como líder generoso, em qual dos dois modelos você se encaixa?

optimismo-300x225.jpg

– Um motivante domingo!

Bom dia! S’imbora correr?

Inspirando a corrida no clique 1:

Imagem

Durante o treino, conversando com Deus. Já foi à Missa hoje?

Meditando no clique 2:

Imagem

Pós-treino, alongando entre as flores do jardim.

Contemplando no clique 3:

Imagem

Despertando um novo dia!

Admirando o céu amarelo no clique 4:

Imagem

Ótimo domingo a todos!

#FOTOGRAFIAéNOSSOHobby