– Apaixonados por Lula e por Bolsonaro se calam contra o aumento do Fundo Partidário?

Enquanto bolsonaristas e lulistas brigam para se dizerem “arautos da justiça e da correção social”, os partidos políticos fazem a farra em Brasília.

Viram a imoralidade do aumento do Fundo Partidário, que tira recursos da Saúde e da Educação, dando mais dinheiro para as legendas?

Leia (extraído da Folha):

O aumento do fundo eleitoral para R$ 3,8 bilhões com corte de recursos em saúde, educação e infraestrutura uniu rivais como PSL e PT, além de ter sido respaldado por partidos do chamado centrão.
A medida teve o apoio de 13 partidos: PP, MDB, PTB, PT, PSL, PL, PSD, PSB, Republicanos, PSDB, PDT, DEM e Solidariedade. Eles representam 430 dos 513 deputados e 62 dos 81 senadores. Podemos, Cidadania, PSOL e Novo foram contra o aumento, mas não têm força política para barrar a investida
.”

Como não se revoltar com tamanho desrespeito? E aqueles que têm “políticos de estimação”, dirão o quê sobre essa imoralidade?

Pobre Brasil… Cadê MBL, CUT, os diversos movimentos de Esquerda e Direita extremistas?

É por isso que se deseja tanto montar novos partidos politicos. Entrar na Política parece ter virado um grande negócio…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.