– Fatores que se repetem todo ano no começo da temporada de futebol…

Ainda estamos em Janeiro, a primeira rodada dos estaduais aconteceu e sintomas de um futebol intolerante se repetem. Veja se todo ano esse tipo de notícia não é corriqueiro:

1. BRIGA ENTRE TORCIDAS: O Palmeiras foi jogar contra o Red Bull e ocorreu briga entre torcedores palmeirenses e… ponte-pretanos! Pode? Aliás, é o fim do respeito às instituições de segurança pública assistir São Paulo x Guarani num torneio de juniores (em Araraquara) com torcida única! A PM não dá conta de uma partida desse porte?

2. DEMISSÕES DE TREINADORES: O Comercial de Ribeirão Preto tirou do São José o treinador Ricardo Costa, de excelente campanha no ano passado. Fez pré-temporada, jogou diversos amistosos e, na 1a rodada, após perder seu jogo de estreia, demitiu o técnico! Ué, não devia demitir quem o contratou? Jogou fora toda a preparação? Time que demite profissional depois de deixá-lo trabalhar por tal período e só depois vê que não deu certo (se é que ele teve tempo para “dar certo”), é porque tem diretoria com competência questionável.

3. ÁRBITROS NA GELADEIRA: Já falamos aqui do erro da arbitragem no jogo entre Flamengo 2×1 Bangu. A FERJ afastou a árbitro assistente adicional Rejane Caetano da Silva (FIFA-RJ), por não ter visto a bola sair (e ter sido atropelada pelos jogadores que disputavam-a em velocidade, dando um carrinho). Mas o que fará a moça melhorar colocando-a na geladeira? Aliás, cartola do apito fica afastado? Não vejo dirigente de arbitragem, que insiste em apadrinhados e outros árbitros de seu círculo pessoal íntimo, serem punidos Brasil afora por má escala. Sobra só para o juizão (no caso, a juíza) e para quem não tem proteção / blindagem.

4. CONTRATAÇÕES POR PAIXÕES: O Corinthians quer a volta de Romarinho. Me lembro que Christian, quando voltou para o Timão, era lembrado por ter mostrado o dedo-do-meio à torcida adversária e não jogou nada (mas ganhou bem). Emerson Sheik, já em final de carreira, também veio por “agradecimento” aos bons serviços prestados no passado, mas não rendeu. Agora, é a vez de Romarinho (marcado pelos gols importantes de outrora) voltar. Será como da mesma forma que os demais?

Enfim: entra ano e sai ano, o futebol reprisa a mesma novela… Não está faltando profissionalismo por parte de todos os envolvidos?

Resultado de imagem para Calendário

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.