– Uma vitória ao recomeço da Qualidade de Vida

Somos reféns dia-a-dia dos relógios, smartphones, computadores e, principalmente, dos afazeres em horários marcados e de outros inesperados.

Talvez a maior dificuldade que eu sinta é: administrar o tempo! Não que eu não o faça, mas cansa fazer.

Pois bem: em busca da qualidade de vida e de poder tentar o gozo de uma jornada mais “vivida” e menos “tão trabalhada”, dei-me ao luxo (sim, é ironia) de passar o dia de ontem sem relógio!

Ufa, que alívio. Tentar viver o dia sem se preocupar com “que horas são”, é maravilhoso!

A próxima etapa a ser vencida: passar um dia sem telefone!!!