– Que a bola processe a todos!

Dias atrás, ouvi o jornalista Flávio Prado brincar que o último Majestoso do Paulistão foi tão feio que a bola deveria processar os jogadores, de tanto que a judiaram. PERFEITO!

Parafraseio o Flávio para falar sobre o primeiro jogo entre Corinthians 0x1 Palmeiras da Final. Foi um jogo que simboliza perfeitamente o Brasil de hoje: ninguém quer jogar bola, todo mundo quer reclamar, falta competência e quando se consegue alguma coisa, acomoda-se!

Cadê o futebol brasileiro de outrora? Me recordo que quando se falava de futebol inglês, imediatamente se pensava no “chuveirinho” e no jogo monótono. Hoje, que diremos?

Corinthians e Palmeiras maltrataram a bola. Leandro Bizzio Marinho maltratou o apito; ou melhor, os cartões. O árbitro demorou para se acertar na parte disciplinar, e quando o fez, deu um cartão atrás do outro. Quanto a parte técnica, nada a reclamar, afinal, não foi exigido (pois jogo-jogado, não teve).

Meu medo é esse: como as crianças se animarão em vestir a camisa dos times nacionais com esse show de horrores, ao invés das do Barcelona, Manchester City e PSG?

Pobre futebol brasileiro… e com a cartolagem atual, nada vai mudar.

bolamurcha

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.